Como Cuidar Do Cachorro No Verão

Quando os dias de verão começam a se aproximar é natural que você passe a usar roupas mais leves e a beber mais água. Saiba que assim o ser humano o cachorro também precisa de cuidados diferenciados nos dias de calor. Esses cuidados diferenciados nos dias de calor ajudam a manter o seu pet sempre saudável. Muitos donos de cães não sabem bem como devem ser esses cuidados com os seus amigos pets e por isso mesmo elaboramos uma lista completa com todos os cuidados. Deixe o seu amigo cão muito mais saudável e bem cuidado, ele agradecerá lhe dando ainda mais carinho.

Cuidados Especiais Com Cachorros Durante o Verão

Hidratação

Os animais em geral precisam de bastante água durante o verão principalmente aqueles que têm mais pelos. Nos dias de sol os pets podem ficar desidratados, por isso a dica é ter certeza que o seu amigo de quatro patas está bebendo bastante água. Uma dica para evitar que o seu cão deixe de beber água devido a preguiça é deixar mais de um pote de água pela casa. Durante os passeios é importante levar uma garrafa de água para o seu cão. Observe o pet quando perceber que ele está com a língua de fora é sinal de que precisa beber água. Deixe que ele beba o quanto precisar, para facilitar a ingestão de água leve um potinho para colocar a água.

Cuidado Com Passeios

Os passeios são essenciais para a saúde do seu amigo cão, mas não é bom levá-lo passear nos horários mais quentes do dia. Quando o sol está a pino os cães sofrem mais, o ideal é evitar os horários entre 10h e 17h. Sendo assim saia passear com o seu cachorro de manhã ou no final da tarde. Isso vai ser bom para você também, pois caminhar no sol não faz bem nem para você e nem para o seu pet.

Vacinação

Quando o verão chega às famílias decidem viajar e muitas levam os cães junto. Viajando ou não tenha certeza que as vacinas do seu amigo pet estão em dia, vale lembrar que quando o cachorro está num ambiente diferente daquele a que está acostumado tem mais chances de contrair doenças. Com as vacinas em dia é mais fácil ter certeza de ele não irá contrair doenças.

Nada De Água Da Torneira

Se você viajou com o seu amigo de quatro patas para a praia, por exemplo, evite dar a ele água da torneira. Infelizmente algumas regiões litorâneas do Brasil ainda sofrem com um abastecimento de água inadequada para o consumo. Nesses lugares em que não há como ter certeza a respeito da qualidade da água o mais indicado é usar água filtrada.

Evite As Focinheiras

As focinheiras atrapalham a troca de calor do animal fazendo com que ele tenha que respirar mais rapidamente. Se no local em que você mora ou para onde viajou é necessário sair com o cão usando focinheira opte por modelos que sejam mais leves que não atrapalhem tanto a respiração do pet.

Filtro Solar

Por mais curioso que possa parecer existe protetor solar para cães. Atualmente, muitas marcas trabalham com esse tipo de produto. Basicamente o protetor solar deve ser usado em áreas que tenham uma cobertura menor de pelos como a barriga, o focinho e as pontas das orelhas. Jamais use protetor solar humano em animais, pois isso é muito perigoso e pode até mesmo levar o animal a morte. Na dúvida consulte o veterinário e peça recomendações dos produtos feitos para animais.

Redução De Apetite

O animal doméstico pode comer menos durante o verão, pois assim como os seres humanos os pets também sentem uma necessidade menor de alimentos em dias muito quentes. Sendo assim se ele comer menos não é motivo de preocupação, mas não descuide da água, pois ele precisar estar bem hidratado.

Tosa Para Que Te Quero

Imagine sair num dia de sol usando um casaco pesado, é mais ou menos assim que o seu cão se sente quando não é tosado no verão. Tenha o cuidado de manter o cão tosado nos dias de verão principalmente nos casos dos animais que são muito peludos.

Não Deixe o Cão No Carro

Alguns donos de cães gostam de passear com os amigos de quatro patas de carro durante o verão. Se o animal gosta desse tipo de transporte não há nada de errado, desde que você siga as recomendações dos órgãos de trânsito. Porém, se aparecer a necessidade de sair, mesmo que apenas por um instante do carro, jamais deixe o seu amigo sozinho. Durante o verão os termômetros sobem muito e assim alguns poucos minutinhos dentro de um lugar fechado sob o sol a pino podem ser fatais para o cachorro. O animal pode sofrer com uma insolação e em alguns casos podem até mesmo vir a falecer. Os cães como o buldog e o pug, por exemplo, tem dificuldade de respirar e por isso alguns minutos nessa situação extrema podem ser o que basta para lhes levar ao óbito.

Cuidado Com Insetos e Parasitas

Passear com o seu cachorro por locais diferentes como a praia ou montanhas é sempre agradável, mas não esqueça que durante o verão a incidência de insetos e parasitas aumenta bastante o que torna o seu amigo mais vulnerável. Preste atenção a cuidados de prevenção de pulgas e carrapatos. Use repelentes e consulte um veterinário para saber quais são as outras medidas cabíveis no caso do seu cão.

De Olho Na Insolação

Fique de olho no seu cachorro, pois ele pode ser vítima de insolação. Vale a pena ficar de olho no comportamento dele. Se perceber que ele está parecendo muito cansado, desanimado ou mesmo com o hábito de puxar a língua para fora constantemente é necessário reduzir a temperatura do corpo dele. Esses são sintomas bem comuns da insolação em animais. Para ajudá-lo leve-o para um lugar de sombra e molhe-o com água fresca em abundância. Passe a água principalmente na sua cabeça, torso e pescoço. Faça com que ele beba bastante água. Assim que o animal estiver um pouco melhor leve-o para uma consulta com um veterinário.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cuidados

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *