Dicas de Banho Para Gatos

Quem tem gato em casa sabe que os bichanos não são lá muito amigos de água, não é mesmo? Porém, isso não significa que eles não precisem tomar banho. Para ajudar os donos de gatinhos que estão empenhados em conseguir levar os amigos de quatro patas para a bacia seguem algumas dicas de banho. Confira as dicas e esteja pronto para cumprir essa tarefa que não precisa ser nada árdua.

Banho de Gato

Uma das principais dúvidas que donos de gatos tem diz respeito ao tal banho de gato, ou seja, a limpeza que os próprios bichanos fazem em si. Realmente os gatos se mantém limpos por natureza e dessa forma não é necessário dar banhos com muita frequência. Vale ressaltar que existem algumas situações em que gatinhos precisam ser levados par o banho.

Quando Dar Banho nos Gatos?

Dar banho nos gatos se torna uma necessidade em duas situações, a primeira é quando o bichano está bem sujo. Isso pode acontecer se, por exemplo, seu gatinho tem o hábito de passear fora de casa ou mesmo se jogar em campos de terra. Se isso acontecer é necessário dar um banho nele antes que ele suje toda a sua casa.

A outra situação que pode implicar em banho é quando o animal pega pulgas ou tem outros problemas de pele que exijam o uso de shampoos medicinais. Além disso, existem situações extraordinárias e mais raras como, por exemplo, no caso dos gatos de idade mais avançada em que o animal tem doenças como artrite entre outras e não consegue fazer a sua higiene sozinho. Quando isso acontece é necessário dar banho no gato com mais frequência.

Cuidado com a Frequência dos Banhos

Em gatos saudáveis e jovens não é bom dar banhos com muita frequência, os intervalos não podem ser menores do que cada seis semanas. Isso porque a pele dos animais tendo a ficar seca o que causa grande desconforto para os mesmos. Há ainda a questão de que os bichanos não gostam muito de água e tomar banho pode ser um processo quase de tortura para eles.

Os Materiais Necessários – Para Banho e Pós-Banho

A primeira coisa que você deve fazer quando for dar banho no seu gato é separar os materiais de banho e pós-banho. Tudo deve estar ao seu alcance durante o processo e depois dele, pois assim você evita que o seu gato fique exposto a longas e desnecessárias pausas. O banho rápido ajuda a não tirar a paciência do felino.

Tapete: Use um tapete antiderrapante na banheira em que você irá dar banho no gato, isso vai ajudar o seu amigo felino a se sentir mais confortável e a não escorregar enquanto o banho é dado.

Shampoo: Compre um shampoo específico para gatos, nunca use o seu shampoo para isso. Produtos que não são adequados para a pele do gato podem lhe fazer mal além de serem tóxicos para o seu pele. Uma dica é pedir uma indicação de produto do veterinário do seu amigo, assim você encontra o produto ideal para ele.

Manchas: Pode acontecer de o seu gato ficar tão sujo que o pelo acabe ficando com algumas marcas de óleo ou gorduras. Nesses casos para deixá-lo bem limpinho você deverá lavar bem o seu gato e no local em que estão as manchas faça uma massagem com uma gordura que seja mais forte como, por exemplo, manteiga ou óleo vegetal. Massageie até perceber que as gorduras se misturaram.

Depois de fazer isso não use água e sim um pano seco. Se as manchas do seu bichano são muito grandes pode ser necessário fazer o processo de novo. Faça até que as manchas saiam. Após terminar de retirar as manchas você pode dar banho normalmente no seu gato.

Pente: O pente deve ser usado para desfazer nós e embaraçados no pelo do seu amigo de quatro patas. Passe o pente antes de lavar o seu amigo, mas tenha cuidado para passá-lo suavemente. Se o pelo do gato estiver muito embaraçado e cheio de nós tente desfazer alguns com os dedos.

Copo e Bacia: O banho do seu gatinho é mais confortável numa banheira, mas mesmo tendo a banheira é legal ter por perto um copo para te ajudar a remover o shampoo dele e uma bacia com água morna. A água morna é a melhor opção para não assustá-lo.

Toalha e Secador: Depois de terminar de dar banho no seu gato você deverá colocá-lo numa toalha para remover o excedente de água. Se for usar um secador para terminar de secar o pelo do seu gato tenha o cuidado de não fazer muito barulho com o aparelho para que ele não se assuste. Tente não usar o secador na potencia máxima para secá-lo evitando assim que ele fique doente por causa das correntes de ar.

Dicas Práticas Para Dar Banho em Gato

Esteja Protegido: Dar banho em gatos pode ser uma tarefa bem difícil em especial nos casos de gatos que tem medo ou histórico ruim com água. Na hora de dar banho no seu amiguinho use uma roupa velha e da não qual não goste muito. Cuidado para não deixar muita pele a mostra, pois se o seu gato ficar irritado pode ir direto com as unhas nos locais a mostra.

Tenha Ajuda: Assuma que dar banho num gato é uma tarefa complicada e peça ajuda, assim enquanto você dá banho nele outra pessoa pode segurá-lo e cuidar de deixá-lo mais calmo.

Preparação da Água: O seu gato é assim como um bebê, ou seja, na hora de dar banho não é só encher a banheira e colocar ele lá dentro. Verifique se a água não está nem quente demais e nem fria de mais. A altura da água deve ser no máximo a altura da barriga do gato. Nunca lave o gato em água corrente como do chuveiro, por exemplo, pois isso o assustará.

Tenha Calma: O processo de dar banho no gato deve ser feito com calma e sempre usando um tom de voz baixo para tranqüilizar o animal. Nunca comece o banho jogando água na cabeça do gato, pois isso desestabiliza e assusta o animal.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cuidados

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *