Martes Flavigula

Conhecida popularmente como Marta da Garganta Amarela, a Martes flavigula, é o maio espécime de Marta da Europa. Essa variedade não se encontra sob ameaça de extinção por sua intensa distribuição assim como por viver em áreas protegidas. Mais da metade do comprimento dessa Marta – também chamada de Kharza em alguns locais – é constituído por seu rabo. Conheça um pouco mais sobre esse curioso animal mamífero mustelídeo.

Características Físicas da Martes flavigula

Dona de uma anatomia diferenciada a Martes flavigula é um animal dotado de robusta e flexível musculatura assim como um tórax demasiadamente alongado. O seu nome popular se deve a coloração amarela presente em seu pescoço. A cauda é bastante longa podendo chegar a representar 2/3 do seu corpo.

Os membros da Martes flavigula podem ser considerados curiosos anatomicamente observando que são relativamente pequenos e seus pés são largos e cobertos por pelos grossos e longos. As orelhas tem formato arredondado nas pontas sendo largas e grandes. Essa é a maior Marta do Velho Mundo e se caracteriza especialmente por ter duas glândulas em seu ânus que são capazes de secretar um líquido com odor bastante forte para afastar as ameaças.

Pelagem da Martes flavigula

Algo interessante é que o pelo muda de características no inverno e no verão para manter o animal protegido das baixas temperaturas ou mais fresco. A pelagem do topo da cabeça tem uma tonalidade castanha-avermelhada que possui alguns toques de brilhos. Já na região das bochechas possuem certo rubor produzido pela pelagem avermelhada que encontra alguns pelos brancos. A parte interna das orelhas apresenta coloração cinza amarelada enquanto a parte de trás é preta.

A sua pele possui uma tonalidade castanha de fundo amarelo com leve toque de dourado. A barriga apresenta um tom de amarelo com bastante brilho. Na parte traseira do corpo os pelos se tornam mais escuros chegando a uma tonalidade próxima de preto. Em geral esses animais apresentam marcas na cabeça e no pescoço que são atribuídas a marcas de conhecimento.

Curiosidade

Os especialistas observam grandes semelhanças entre a Marta da Garganta Amarela e a Marta de Faia, contudo, o cérebro da primeira é maior em relação à última. Outra questão relevante diz respeito ao fato de que a Martes flavigula provavelmente é o tipo mais antigo de animal dessa espécie do planeta tendo se originado no Piloceno.

Martes flavigula – Animal Bastante Ativo

O comportamento da Martes flavigula é bastante ativo sendo que um indivíduo dessa espécie pode percorrer num único dia até 20 km. Trata-se de um animal vigilante em relação ao seu território assim como tem a capacidade de escalar árvores e saltar entre 8 e 9 metros de uma vez. O único momento do ano em que esse animal se torna menos ativo é depois da queda da neve em março.

Base Alimentar

A Martes flavigula é uma espécie onívora que tem como principais alimentos de sua base frutas, néctar e pequenos animais. Em algumas situações esse animal já foi observado se alimentando de restos humanos, porém, não é dado a ataques a pessoas. Pode se tornar presa de cobras, faisões e outros animais de maior porte.

Reprodução

A Marta da Garganta Amarela tem dois períodos reprodutivos por ano sendo o primeiro deles entre fevereiro e março e o segundo entre junho e agosto. Na etapa reprodutiva os machos disputam entre si para conseguir ter acesso às fêmeas. Normalmente a cada gestação nascem dois ou três filhotes. Em raros casos podem nascer quatro filhotes.


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pequenos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *