Coelho Angorá

Alguns animais extrapolam o termômetro de fofura, não é mesmo? Certamente o coelho angorá é uma dessas espécies que enchem os olhos de quem os observa. Mas, além de lindo e esperto esse coelho tem outras características que o tornam uma das espécies de coelhos domésticos mais famosos do mundo. O nome angorá é uma referência a Ankara, capital da Turquia e que antes era chamada de Angorá, cidade de origem dessa espécie de coelhos.

Outros animais que levam angorá no nome, como a gato e a cabra também são originários dessa cidade. No século XVIII os coelhos angorá eram animais domésticos bastante comuns de encontrar nas casas da Turquia e aos poucos foram se espalhando pela Europa como um todo. Os Estados Unidos viu os primeiros coelhos angorá no começo do século XX.

Um dos motivos que despertou grande interesse em criação de coelhos angorá foi a sua lã que é muito macia e apreciada. A lã angorá pode ser removida do animal através de corte, penteado ou mesmo arrancando. As quatro raças de coelhos angorá que são reconhecidas pela Associação de Criadores de Coelhos Americana (ARBA) são: Giant, Cetim, Inglês e Francês.

Coelho Angorá – Produtor de Lã

Como destacamos acima os coelhos angorá são reconhecidos no mundo todo por sua lã de toque macio que é mais fina que a caxemira. Um indivíduo da espécie costuma ser tosquiado a cada três ou quatro meses. Grande parte desses animais apresenta docilidade e são tranquilos. Dentre os principais cuidados que os criadores devem ter é a manutenção da higiene com os coelhos.

A Dieta do Coelho Angorá

Assim como outros coelhos de pelo comprido, o coelho angorá, necessita de uma dieta que tenha pelo menos 13% de fibras. É essencial que o bichinho receba uma quantidade grande de feno no seu dia a dia para que mantenha o seu organismo em pleno funcionamento. A água potável também é fundamental para evitar um quadro de desidratação que pode impactar negativamente na produção de lã.

Atenção ao Bloco de Lã

Mesmo quem tem um coelho angorá somente como animal de estimação, sem objetivo do uso da sua lã, deve tosquiá-lo a cada três meses para evitar o que se conhece como bloco de lã. Esses animais tendem a ingerir a própria lã enquanto estão realizando a sua autolimpeza e o acúmulo da lã pode prejudicar o bom funcionamento do seu organismo. Uma forma de ajudar o organismo do coelho a eliminar a lã ingerida é lhe oferecer um suplemento dietético de mamão.

Quando o quadro de bloco de lã no estômago do coelho angorá não é devidamente tratado pode acarretar até mesmo na morte do animal. Nem sempre o coelho consegue eliminar essa lã por vômito ou tosse. A lã que não é eliminada acaba ficando no trato digestivo do coelho impedindo que ele se alimente como deveria e isso pode causar a sua morte.

Exercícios

Para quem deseja ter um coelho angorá é essencial prever um bom espaço para que ele possa se mover e assim se exercitar. Uma gaiola grande oferecerá a ele espaço para que se movimente com destreza e com isso evite que seu trato intestinal fique congestionado.

Expectativa de Vida do Coelho Angorá

Quando os animais são criados em casa com os devidos cuidados podem ter como expectativa de vida entre 7 e 12 anos. Já no caso dos animais que estão livres na natureza essa expectativa costuma ser menor. Contudo, é essencial que se diga que o coelho angorá necessita de uma série de cuidados especiais para que possa viver com saúde.

Coelho Angorá – De Produtor de Lã a Animal Doméstico

Inicialmente os coelhos angorá eram criados devido a sua lã que é muito apreciada para o fabrico de tecidos, porém, não se pode negar que se trata de um animal muito bonito. Tal característica fez com que esses coelhos passassem a ser criados como animais de estimação. O marco dessa reviravolta se deu no século XVIII, atualmente, a espécie se difundiu pelo mundo.

Tipos de Coelho Angorá

Como citamos no início desse texto os coelhos angorá são divididos em quatro tipos reconhecidos oficialmente pela ARBA que são: Inglês, Francês, Cetim e Giant. Todos esses tipos de coelhos angorá possuem pelos fartos, no entanto, existem diferenças de cores, textura do pelo e volume.

  • Coelho Angorá Inglês – Pelagem branca e olhos cor de rubi.
  • Coelho Angorá Francês – Pelagem branca (em alguns casos castanha) e olhos castanhos.
  • Coelho Angorá Giant – Pelagem branca e olhos cor de rubi. O nome se deve ao fato de ser muito maior que os demais tipos de coelho angorá.
  • Coelho Angorá Cetim – Pelagem branca e olhos azuis.

Nada de Espirros

Você é alérgico a pelos de animais e por isso não tem um bichinho de estimação? Saiba que esse problema pode ser facilmente resolvido com um coelho angorá uma vez que a constituição do pelo desses animais é diferente dos pelos de outros animais não criando quadro alérgico. Quem sofre com alergia a pelos de animais na verdade tem reação alérgica a substâncias impregnadas nos pelos e não ao pelo em si, o pelo do angorá não tem muitas dessas substâncias.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pequenos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • ola,

    joice, estou doando um coelho mini angora, voce aceita?

    katia 19 de setembro de 2010 13:30
  • gostaria de ver foto e saber os cuidados

    marcela prudencio 15 de outubro de 2011 20:02
  • gostei muito dele meu filho se encantou

    marcela prudencio 15 de outubro de 2011 20:05
  • qual tipo de comentario

    marcela prudencio 15 de outubro de 2011 20:07
  • Lindos,queria ter um assim,tenho um coelho,hamster,e tres cachorras,amo meus animais…mais do que o meu marido,rsrsrsrsr!

    mariaalice 24 de outubro de 2011 21:01
  • Gostaria de ter um coelho angora.
    Onde consigo?

    EDNA 9 de setembro de 2012 9:59
  • Estou doando uma Coelha Angorá , por motivo de mudança , interessados fazer contato via email, ou pelo tel 11- 78022176. Grato.

    Valter Aparecido Pedro 3 de outubro de 2013 20:52
  • Obrigado .

    Valter Aparecido Pedro 3 de outubro de 2013 20:54
  • Valter você já deu o coelho ,?

    Eu tenho um coelho anão da raça Lion Header, macho, e queria uma fêmea pra fazer companhia pra ele

    Se quiser me dar eu aceito

    Patricia 3 de fevereiro de 2014 6:58

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *