Dermatite Canina: O Que é e Como Tratar

Assim como os homens, os cães podem sofrer de doenças de pele que causam problemas sérios em seu corpo. Uma das doenças possíveis é a dermatite, que assim como nos homens é uma doença de pele que pode surgir nos cães em qualquer momento de suas vidas.

Se o seu sempre começa a se coçar e morder o corpo, ele pode estar com uma dermatite. A dermatite é um termo amplo que se refere à coceira inflamatória na pele. Ela pode ser crônica ou temporária. Esta doença é simples e de baixa gravidade e pode ser causada por fatores diversos como sensibilidade a alguns produtos, alergias, uma bactéria ou vírus, ou uma má nutrição. Dependendo da causa da dermatite do seu cão, o tratamento pode ser simples ou envolver medicação.

Dermatite De Contato Em Cães

A dermatite de contato é uma doença de pele canina causada pelo efeito direto de um produto químico ou algum item irritante a sua pele. Ela ocorre em áreas onde a pele não está bem protegida por pelos como as patas, queixo, nariz, joelhos, a parte inferior do corpo, incluindo o escroto. A dermatite de contato irritativa pode ocorrer após uma única exposição ou exposição repetida do animal ao produto.

A dermatite de contato irritativa causa no animal coceira constante, inchaços vermelhos e inflamação da pele. O dono pode notar a região úmida, o surgimento de manchas, bolhas, e crostas. A pele torna-se áspera e descamativa e o pelo começa a cair.

Muitos produtos químicos que podem causar a dermatite canina como ácidos, detergentes, solventes, sabonetes e produtos derivados de petróleo. Menos comumente a pele fica sensível a um determinado produto químico e um tipo de reação de hipersensibilidade retardada se desenvolve. Esta é chamada de dermatite de contato alérgica. Esta erupção é indistinguível da dermatite de contato irritativa, mas aparece após exposição repetida no animal.

Este tipo de dermatite pode ser causada ainda por produtos químicos encontrados em sabões, coleiras de pulgas, xampus para cachorros, lã e fibras sintéticas, couro, pratos de plástico e de borracha, polens, insecticidas, tintas, corantes e conservantes, tapete de borracha e de madeira.

Produtos químicos usados para limpar o tapete são uma fonte frequente de irritação. O neomicina, encontrado em muitos medicamentos pode produzir dermatite de contato alérgica, como outras drogas e medicamentos tanto de uso adulto como veterinário.

Os Sintomas Da Dermatite Em Cachorros

Os sinais clínicos deste tipo de dermatite em um cão incluem vermelhidão, perda de cabelo na região afetada do corpo do animal, o desenvolvimento de escoriações e crosta.

Dermatite Atópica Em Cães

A dermatite atópica é uma doença com uma tendência hereditária para o animal desenvolver anticorpos. Esta doença de pele é extremamente comum, mas afeta apenas cerca de 10% dos cães. Sua principal característica é quando o animal começa a desenvolver uma alergia que veio de pai para filho.

A dermatite começa a dar os primeiros sinais em cães com entre um e três anos de idade. As raças suscetíveis incluem Golden Retrievers, Labrador, Lhasa Apso, Wire Fox Terrier, West Highland White Terrier, Dálmatas, poodles, Setters Inglês, Setter Irlandês, Boxers, Bulldogs e, entre outros, apesar de que qualquer cão pode ser afetado. Mesmo raças mistas podem sofrer de atopia.

Os Sintomas Da Dermatite Atópica Em Cães

Os sinais clínicos de um cachorro com dermatite atópica geralmente aparecem pela primeira vez ao mesmo tempo, como uma alergia a uma planta que o pai do animal já tinha. O cão começa a reagir a lã, pó da casa, moldes, penas, fibras de plantas, e assim por diante ao mesmo tempo e com os mesmos sintomas. Com a exposição prolongada ao que lhe faz mal, o animal começa a se sentir mal e pode precisar de medicação.

No início de atopia canina coceira é eventual e a pele parece normal. Cães costumam arranhar as orelhas e embaixo do corpo, mas costumam fazer isso quando estão sem banho e por isso a alergia pode passar despercebida. A coceira é muitas vezes acompanhada por espirros, corrimento nasal e olhos lacrimejantes.

Quando a doença faz um progresso surgem escoriações na pele do animal, perda de cabelo na região irritada, descamação, crostas e infecção bacteriana secundária. Com o tempo, a pele se torna espessa e pigmentada. Pode surgir ainda no canal auditivo algumas infecções. As abas de orelha ficam vermelhas e inflamadas e os canais adutivos são preenchidos com uma cera castanha que eventualmente causa otites bacterianas ou de levedura.

O Tratamento Para a Dermatite Em Cães

O mais eficaz para tratar uma dermatite em cães é procurar uma solução de longo prazo. Uma boa dica é mudar as condições de vida do cão para evitar o efeito alergênico. O cão com dermatite é normalmente alérgico a diversas coisas. No entanto, muitas vezes não é possível evitar a exposição a todos eles. Um veterinário deve ser procurado para que os animais sejam tratados com os medicamentos adequados e descubra o que causa a dermatite e o mal possa ser combatido.

Mantenha seu cão longe de substâncias irritantes a sua pele. Se o seu cão ainda está se coçando depois de ter feito um tratamento contra pulgas, pode ser algo no seu quintal que está deixando a pele inflamada. Verifique se há veneno de carvalho e urtigas ou plantas que deixam a pele humana sensível, pois podem ter o mesmo efeito em seu cachorro.

Preste atenção quando ele parece estar sofrendo mais com a coceira. É depois que você mudou o lençol, ou algo que o animal tenha contato sempre. Mantendo o seu cão longe dessas coisas, você vai curar a dermatite do animal com mais rapidez. Além disso, certifique-se de remover os itens de sua casa o mais breve possível.

Faça uma mudança na alimentação do seu cão. Alguns tipos dermatite são causados por uma má nutrição. Certifique-se de que você está comprando alimentos que tenham uma grande quantidade de ingredientes naturais. Confira a lista de ingredientes para descobrir. Pergunte ao seu veterinário como escolher um alimento de alta qualidade para sua raça particular de cão.

Um bom banho em seu animal semanal ou a cada três dias pode ajudar no problema também. Adicione um ingrediente calmante a água como farinha de aveia. Um banho com o uso de uma escova vai calmar a pele do seu cão e irá remover os itens irritantes como pulgas e sujeira. Apenas certifique-se de banhar o seu cão com frequência, especialmente depois que a dermatite for embora.


Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • minha cadela podool esta com uma mancha que caiu o pelo mas faz tempo e nao aumentou mas permanece la eu gostaria de saber de tem algum medicamento uma pomada para passar.

    carla fernanda michelon salin 21 de novembro de 2013 9:45
  • Meu dog com alergia

    paulo roberto 6 de dezembro de 2013 15:54
  • Boa tarde meu cachorro apresentou algumas dermatites faz algum tempo começou com escamação na orelha e ferida na cabeça e na barriga, levamos ao veterinario, ele deu tratamento com remedios. ITL e antibioticos.. mais nao apresentou melhora esta com feridas entre os dedos da pata em baixo e ao redor da boca. o veterinario acha que é ansiedade. o que devo fazer?procurar outro veterinario pela nao melhora do meu cachorro ele é da raça lhasa apso tem 8 meses.. obrigada

    janaina passos 11 de janeiro de 2014 14:02
  • Minha cadela esta com vermelhidao um pouco abaixo da nuca os pelos estao caindo e esta tipo uma crosta e esta sensível se assopra doi oq devo fazzer tem alguma pomada q eu possa passar

    Jonathan 25 de março de 2014 7:32
  • Ola li sua postagem e não tenho certeza meu cachorro é filhote tem 8 meses é uma mistura de vira-lata com labrador e as patas dele tem inxado e sai puz delas por favor me ajudem preciso saber o que é e como posso previnr tenho medo de ficar grave e ele acaber morrendo não quero isso preciso de ajuda

    João antonio 28 de março de 2014 23:11
  • A minha cachorra meg de 2 anos e 3 meses está com esse problema…. apareceu depois que ela foi tomar banho em um pet shop…. depois disso o problema veio aumentando…. procurei o veterinário , passou as medicações e nada se resolveu… procurei um outro veterinário e nada se resolveu também…. Estou tratando dela em casa,e a dermatite some e depois de algum tempo ela volta…. evito o máximo de usar produtos que fazem mal para ela…. e quando uso lavo bem o local….. Ela é da raça shitzu ….. já não sei mais o que fazer e não aguento ver ela com esse sofrimento causados pelas coçeiras…. Por favor me ajudem a encontrar uma maneira de combater essa doença…. Adorei o site de vocês….. Agradeço pela atenção….

    Aline Yumiko Tamashiro 31 de março de 2014 17:09
  • A dermatite e um problema muito serio, Primeiro passo tosar o cachorro, shampoo neutro dar banho a cada 3 dias
    não passar perfume de cachorro NADA de cheiros fortes na casa; como veja produtos de limpeza limpar somente com água sanitária ATENÇÃO A ALIMENTAÇÃO DO SEU CACHORRO

    luciana gomes 4 de setembro de 2014 15:38
  • Bom dia meu cachorro apresentou algumas dermatites faz algum tempo começou com escamação na orelha e ferida na cabeça, patas e pescoço, levamos ao veterinario, ele deu tratamento com remedios. predinisona e antibióticos. mais não apresentou melhora esta com feridas no pescoço na parte traseira, na cabeça em baixo e ao redor do olho. O que devo fazer?procurar outro veterinario pela nao melhora do meu cachorro ele é da raça pitbull e tem 3 anos. obrigada

    celia 14 de setembro de 2014 12:08
  • Olá!

    Minha tia tem uma cachorra de 3 anos que acredito que tenha dermatite, ela apresenta os mesmos sintomas, só que está no corpo inteiro, eles estava tratando com um shampoo q a vet. receitou, mas depois que começaram a construir uma casa nos fundo isso piorou e muito. Ela quer que eu leve para a minha casa, mas eu já tenho 5 cachorros, posso pegar, mas estou com medo de passar isso para o quintal e para os meus outros cachorros. Esta doença é contagiosa? Com estes sintomas pode ser outra doença??

    raiza 20 de outubro de 2014 11:42
  • Ola,tenho um buldog ingles,depois q ele veio do pet,nao para de se cocar e se lamber as patas,nao sei oque fazer,as patas estao vermelhas ,e ele ta perdendo pelo

    Thaigra bairros 18 de janeiro de 2015 10:18
  • bom dia.meu cão tem no corpo todo como fosse espinhas, já levei em quatros veterinários , e nada. me ajude ele é meu companheiro , ele está sofrendo muito e eu também.muito obrigado.

    Deborah Cristina Maruco 15 de fevereiro de 2015 8:19
  • bom dia …meu cachorro é raça indefinida de porte médio grande estar umas bolhas no queixo nas bochechas tipo furunculos e feridas nas orelhas por favor me ajude ele é o meu companheiro o amo muito obrigada.

    maria lúcia da silva 14/04/2015 11:28 15 de abril de 2015 11:37
  • Tenho uma cachorra SRD com aproximadamente 3 anos, já faz 3 semanas que ela vem apresentando os sintomas de dermatite, já levei ela ao veterinário e dei toda a medicação corretamente, dei uma geral no ambiente em que ela fica e lavei os brinquedos, lençóis e cobertores que ela usa, dei banho nela na ultima sexta feira, durante o banho ela fica mais calma porque a coceira alivia. Como nada disso adiantou, procurei uma agropecuária e o dono me disse que nada vai adiantar se ela continuar lambendo as feridas, então voltei a medicação, coloquei o cone nela (pra evitar que ela lamba), e também comecei a passar uma pomada que é utilizada para tratar dermatite humana. Hoje ela está se sentindo bem melhor, antes de passar a pomada eu molho um algodão no soro para limpar a pele, refrescar e retirar a pomada que passei antes, fazendo isso em dois dias já começou a sumir a vermelhidão e as feridas estão ficando bem sequinhas, e ela já está até brincando novamente, algo que eu achei importante também para ajuda-lá foi leva-la para passear, embora o ambiente que ela fica seja grande, ela fica muito estressada quando não vai passear, então o passeio alivia o estresse e a ajuda esquecer um pouco a coceira. Espero ter ajudado alguns de vocês a ajudar seus cãezinhos,pois sei o quanto é triste vê-los sofrer e tentarmos de tudo sem ter resultado.

    Raquel 18 de maio de 2015 15:29

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *