Filhotes: Dicas De Como Amamentá-los

Sempre acontece de em algum momento estarmos com um ou vários filhotes recém nascidos, sejam de cachorro ou gato. Ou porque alguém abandonou, ou a mãe faleceu durante o nascimento dos bebês.

Uma metodologia criada por veterinários ajuda quem está precisando alimentar filhotes recém-nascidos tanto de cão quanto de gato. Vale à pena aprender e tentar.

Assim que a mãe morre depois do nascimento dos filhotes, fêmeas doentes ou até mesmo quando as fêmeas abandonam a prole depois do parto, devido a pouco instinto materno que não se desenvolveu muito, e seus filhotes grandes, são causas freqüentes de filhotes órfãos. Esse tipo de coisa é considerado como catástrofe, e pode ser superado com sucesso, conforme todas as necessidades de cada filhote sejam de quaisquer espécies por suprida através de outros meios.

É uma tarefa que exige bastante, e é necessário pessoas que se apliquem com muita dedicação até que o resultado seja satisfatório.

Medidas Que Salvam Vidas

Existem ainda algumas medidas que podem diminuir a mortalidade dos recém nascidos órfãos, sendo uma dessas alternativas mais óbvias, que á substituição da mãe verdadeira, porém ausente, por outra que esteja em estado de lactação apropriado. Trata-se de uma das medidas mais viáveis, embora nem sempre seja possível, pois requer uma certa coincidência para que essa substituição aconteça ou um grande intercâmbio de criadores, além existir algumas espécies ou algumas fêmeas que rejeitam filhotes desconhecidos.

Esse é um tipo de problema que pode ser facilmente amenizado, esfregando os recém nascidos com um pano com o cheiro da mãe adotiva e em seguida na secreção de seus filhotes. Caso a adoção seja muito eficiente ou no período de lactação adequado, quaisquer outros cuidados são dispensáveis, uma vez que essa nova mãe adotiva os fará.

Agora, caso a fêmea adotiva não seja eficiente, o proprietário deverá substituir as funções da mãe. Estas funções abrangem a nutrição dos filhotes, manutenção da temperatura corpórea e estímulos que garantam a realização das funções vitais dos recém nascidos.

Em casos de abandono ou morte da mãe, os proprietários devem realizar logo após o nascimento, a estimulação da respiração. Para isso, o que deve ser feito é a limpeza do focinho dos filhotes recém nascidos e uma massagem de forma circular e cuidadosa no tórax. Após o estabelecimento dos movimentos respiratórios, os quais são facilmente observados pelo criador através do choro ou gritos e o volume que aumenta e diminui do tamanho do tórax, deve ser feito o estímulo da circulação periférica do animal.

Esse método substituiria o estímulo que a mãe provoca no filhote com as lambeduras em todo o seu corpo, essa massagem pode ser realizada delicadamente, com a ajuda de um pano limpo e seco.

Os cuidados com a temperatura corporal dos filhotes também é importante e devem ser bastante observados. Para isso, alguns tipos de lâmpadas incandescentes, são usados para manter os filhotes aquecidos com a temperatura de 30 a 32°C durante os primeiros 5 dias de vida sendo que gradualmente ela vai diminuindo até os 24°C durante as próximas 4 semanas. O proprietário deve ter o cuidado, durante o aquecimento dos filhotes, para não causar também o superaquecimento e até queimaduras nos bebês, devido ao contato direto com a lâmpada. Para controlar melhor essa temperatura, você pode utilizar de termômetros simples mesmo.

Os filhotes não podem ficar em contato direto com superfícies frias ou que favoreçam a perda de temperatura corporal. Para que isso não aconteça você pode usar panos e jornais velhos, que devem ser trocados periodicamente para garantir também a higienização dos filhotes.

A prole recém nascida também sofre de processos graves de desidratação, o que pode ser evitado esfregando-se na região ventral de cada filhote, seja na barriga ou no peito, óleo de bebê, com intervalo de 2 ou 3 dias.

Independente da espécie de filhotes que você tiver em mãos, sendo mamíferos, a ingestão inicial do colostro é de fundamental importância para a imunidade, ajudando a combater diversas doenças. Nos casos que os bebês não tenham mamado o colostro, eles devem ser levados a um médico veterinário para que a esse profissional a partir de um banco de colostro ou até mesmo outras medidas, possa realizar a imunização dos filhotes.

A alimentação da prole também deve ser realizada pelos proprietários de forma artificial, diante do fornecimento de leite com uma fórmula já preestabelecida. Deve-se ter em mente que os filhotes se alimentam com a cadela, em pequenas quantidades, já que seu estômago não suporta tanta quantidade de alimento. Sendo assim, eles devem ser alimentados várias vezes ao dia, o que requer bastante paciência e dedicação do tratador.

Receita De Leite Artificial (Para Fazer 1 Litro)

  • 800 ml de leite integral
  • 200 ml de creme de leite
  • 4 colheres e sopa de Calcigenol
  • 1 colher de sopa de Vitaminar líquido

Até os primeiros 15 dias, você pode adicionar uma colher de sopa de óleo de fígado de bacalhau, e depois desse período suspender.

Da terceira até a quarta semana de vida, engrosse um pouco mais o leite, é só aumentar umas 3 colheres de sopa de leite em pó para um copo de leite de vaca. O leite da cadela geralmente é mais forte que o de vaca, pois os cães mamam por menos tempo e precisam ganhar peso mais rápido, imagine então sem a manutenção dos cuidados maternos.

O leite artificial pode ser armazenado na geladeira até durante uma semana, mas deve ser tirado em pequenas quantidades para ser aquecido até os 40°C antes de ser usado. Depois de estimuladas as funções vitais dos filhotes (sendo temperatura e alimentação), o tratador deve ainda estimular os reflexos de urina e de defecação. Pode ser feito da seguinte maneira, com a ajuda de um algodão e água morna ou o próprio óleo de bebê deve-se massagear o ânus e as genitais dos filhotes várias vezes ao dia, logo depois da alimentação, do mesmo jeito que a mãe faria.

Os médicos veterinários devem ser consultados sempre que o processo de cuidados com os filhotes órfãos estiverem em situações em que o tratador observe qualquer alteração na saúde de seus filhotes.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Alimentação

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • muito bom mas estou procurando cachorros na adoçao e nao encontro

    paloma souza 30 de março de 2013 21:16

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *