Insuficiência Renal Em Cães

Os rins são os órgãos responsáveis pela filtragem do sangue e funcionam como o principal órgão do aparelho urinário, tanto de nós seres humanos, como em outros animais – por exemplo: os cães.

Os rins fazem parte do sistema de excreção (eliminação), fazendo com que a corrente sanguínea seja limpa dos resíduos e toxinas existentes no organismo através da urina.

Os rins fazem a produção de hormônios que atuam no controle da pressão sanguínea e pela produção de hemácias e glóbulos vermelhos.

O Que é a Insuficiência Renal?

A Insuficiência Renal consiste na incapacidade dos rins em realizar a filtragem do sangue. Devido a essa condição de incapacidade dos rins, passa a existir um acumulo de resíduos e toxinas no organismo.

A Insuficiência Renal Nos Cães Pode Acontecer De 02 (Duas) Maneiras:

  1. Insuficiência Renal Aguda – a doença age de maneira rápida e agressiva, de forma súbita;
  2. Insuficiência Renal Crônica – a doença age de maneira progressiva e lenta, de forma crônica;

Nos cães, a diminuição da capacidade de funcionamento dos rins, geralmente acontece a medida que o tempo passa e os cães passam a ter uma idade avançada, os rins se deterioram e não funcionam mais como antigamente.

Os rins dos cães que se encontram doentes, perdem a capacidade de realizar a concentração da urina (esta fica mais diluída) e o organismo do cão passa a apresentar em sua corrente sanguínea a retenção de toxinas (exemplo: creatinina e ureia). Ao invés de eliminar as toxinas que fazem mal para a saúde do cachorro, a urina faz a eliminação de água (o que torna a urina diluída), proteínas e vitaminas, que são elementos importantes para a manutenção da saúde do cachorro.

Como Se Desenvolve a Insuficiência Renal Nos Cães

A medida que o cachorro vai ficando com a idade avançada e envelhecendo, os seus rins vão perdendo a sua capacidade de funcionamento, e não trabalham como antes.

No entanto, é comum essa situação não gerar problemas para o cachorro e ele continuar levando uma vida normal, sem nenhum tipo de complicação, porém é de suma importância que o dono preste atenção em seu cachorro, de forma que ele perceba qualquer diferença comportamental no seu cachorro para que ele não tenha sofrimento com as doenças dos rins.

Quando o proprietário do cachorro percebe os sinais e sintomas que os rins de seu animal não funcionam mais de maneira adequada, a doença do animal tem um diagnóstico logo no início o que pode ajudar o cachorro a ter o tratamento adequado e apresente condições de ficar plenamente curado desse mal que aflige os seus rins.

Porém, quando o dono percebe a alteração comportamental do cão tardiamente e o mesmo já está com a insuficiência dos rins em um estágio avançado, o máximo que os veterinários irão poder fazer é procurar realizar o controle dos hábitos do animal, para que ele possua um tempo de vida maior e sem sofrer tanto, pois quando a enfermidade está em um nível avançado e o cachorro tende a sofrer com a perda de muito liquido e a qualidade de vida do bichinho é prejudicada, fazendo com que o animal passe por sofrimentos físicos.

Na grande maioria dos casos, os proprietários de cães só percebem que o animal está com problema renal, quando a urina tem cor e cheiro diferentes do habitual, e quando esses sintomas se destacam geralmente o cachorro já está sofrendo com a insuficiência renal em estágio crônico.

Quando um cachorro sofre com problemas renais, ele passa a ter retenção de toxinas no organismo e por isso o animal passar a ter anemia, vômitos, diarreia, hipertensão, convulsões, desidratação e caso não seja tratado de maneira certa, o animal pode chegar a morrer.

Além Da Idade Avançada, São Causas Para o Surgimento De Doenças Renais Nos Cachorros:

  1. O uso de medicamentos que contenham substâncias danosas para os rins;
  2. As doenças que são transmitidas pelos carrapatos;
  3. A existência de problemas cardíacos no cachorro;
  4. O cachorro apresente cálculos e obstruções urinárias;
  5. A existência de doenças inflamatórias e infecciosas;

O Diagnóstico Da Insuficiência Renal Nos Cachorros

Para diagnosticar a Insuficiência Renal nos cães precisa ser feitos exames de sangue e de urina. Uma dica dada pelos especialistas é que após o cachorro completar 06 (seis) anos, os seus donos devem levar seus animais uma vez por ano ao veterinário com o objetivo de fazer os exames de controle da função renal de maneira preventiva.

Entre os exames realizados para detectar algum problema no funcionamento dos rins dos cães estão: o hemograma, a creatinina, urina, pressão arterial sistêmica, ureia, ultrassom, ph do sangue e exames bioquímicos.

Os Sintomas Da Existência De Doenças Renais Nos Cachorros

Existe uma série de sintomas que podem ser indícios que o cachorro esteja sofrendo de insuficiência renal. Caso seja observado que o animal está emagrecendo, bebendo muita água para repor o liquido que está perdendo,  apresentando sede excessiva e urinando muito e com a cor muito clara, leve seu cachorro para fazer os exames, pois a probabilidade de ter problema renal é alta.

O cachorro ainda pode apresentar outros sintomas como: apatia, diarreia, fezes escuras, mau hálito, vômitos e a diminuição do seu apetite.

Quanto mais rápido o dono do animal perceber e levar ao médico para o diagnostico da doença, o tratamento irá surtir efeito e ajudará na recuperação da saúde do seu cachorro.

O Tratamento Das Doenças Renais Nos Cachorros

Apesar de a Insuficiência Renal ser considerada uma doença grave para os cães, a medicina animal possui tratamento para essa enfermidade.

O tratamento é feito conforme o estágio da insuficiência renal diagnosticada no cachorro. No entanto, um dos passos realizados é a mudança na alimentação do animal, fazendo com que este consuma uma ração adequada para a situação enfrentada.

Para os cães que possuem algum tipo de insuficiência renal, a alimentação deve ter quantidades controladas de proteínas e o nível de fósforo deve ser baixo.

O tratamento também inclui medicação para controlar a pressão arterial; hormônios para combater a anemia e gerar o aumento na produção de glóbulos vermelhos; e até mesmo antibióticos para combater a infecção urinaria.

Em casos graves de insuficiência renal, o cachorro pode ficar internado para tratamento de fluidoterapia intravenosa para reduzir a quantidade de toxina existente no organismo.

Porém, quando o cachorro se encontra em um estágio avançado de insuficiência renal, o tratamento vai amenizar os efeitos da doença, para que o animal não sofra em excesso, no entanto a doença só poderá ser curada em caso de diagnóstico no seu começo.

A Prevenção Das Doenças Renais Em Cachorros

Apesar de serem doenças relativamente comuns nos cachorros, às doenças renais podem ser prevenidas e combatidas antes de surgirem, bastando que sejam feitas algumas atitudes como fazer com que o seu cão tenha vida e hábitos saudáveis – faça passeios diários e dê uma alimentação saudável e balanceada.

A partir da prevenção e da observação contínua do seu cachorro, você pode amenizar e até mesmo impedir que a doença renal se desenvolva em seu animal.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *