Jerboa-de-orelha-longa

Quem olha um exemplar de Jerboa-de-orelha-longa (Euchoreutes naso) tem a impressão de estar diante de uma quimera composta por orelhas de coelho, perfil de roedor e pernas de canguru. O curioso e raro animal é um mamífero que encontra-se em perigo de extinção e que tem origem em países como China e Mongólia. Sua raridade reflete no pouco estudo empreendido sobre a espécie.

Alimentação

As orelhas grandes em relação à proporção com o corpo lhe conferem excelente audição que facilita na hora de se alimentar de insetos. As pernas alongadas conferem a esse animal a capacidade de dar saltos em distâncias consideráveis tornando a caçada mais bem-sucedida. No momento de se alimentar esse ratinho fica apoiado nas suas patas traseiras e segura a presa com as suas patas dianteiras.

Hábitos dos Jerboas

São animais com hábitos sumariamente noturnos sendo que escavam tocas nas regiões de deserto que habitam para passar o dia. Algo curioso sobre os Jerboas é que eles não bebem água diretamente sobrevivendo a partir da água dos alimentos que ingerem.

Animais que medem menos do que 10 cm são conhecidos como Jerboas pigmeus. Devido a sua aparência esse animal é comercializado como bicho de estimação em alguns lugares do mundo, mas fica a discussão de quanto isso é pertinente uma vez que  a espécie está ameaçada de extinção.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pequenos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *