Curiosidades Sobre os Elefantes: Animais de Peso

O mundo animal sempre chamou muito a atenção das pessoas, tanto que desde o começo da humanidade as pessoas vêm observando os animais e estudando suas espécies, atualmente existe uma lista imensa de todos os animais que já viveram e ainda vivem em todo o mundo.

Alguns desses animais atraem muito a atenção das pessoas devido a seu tamanho e também sua forma de viver, como no caso do elefante, um animal de porte grande e que dependendo do caso pode ser um animal muito dócil, principalmente se bem tratado pelo proprietário e se acostumar com os seres humanos.

Existem alguns países que tratam o elefante como um animal dos deuses, sendo feito tudo pelos animais, já outros utilizam o animal como um bicho de estimação, ensinando truques como se fosse um pet que criamos dentro de nossa residência.

Por ser um animal de grande porte, as pessoas acabam não tendo uma ideia da dimensão desse animal até se deparar com um elefante pessoalmente, somente nesse momento é necessário ter ideia da dimensão de seu tamanho. Mas assim como qualquer outro animal o elefante também tem algumas curiosidades que são desconhecidas pela maioria das pessoas, porém países onde o elefante tem contato direto com as pessoas, essas curiosidades já são populares e praticamente todas as pessoas sabem das informações que iremos colocar nesse artigo.

Algumas Curiosidades dos Elefantes

As pessoas devem saber que existem duas espécies de elefantes, sendo uma informação que muitas pessoas desconheciam mas que é verdade. A primeira espécie é a africana, sendo também a mais popular e a mais conhecida em todo o mundo, o grande diferencial dessa espécie é o tamanho, tanto de seu corpo quanto das presas e orelhas.

A segunda espécie é a asiática que de uma forma geral lembra muito a espécie africana, porém a grande diferença fica no tamanho do corpo, presa e orelhas, sendo que na espécie asiática essas partes são bem menores.

Os elefantes vivem em média 60 anos, alguns podem morrer mais cedo e outros viverem mais do que 60 anos, porém isso depende muito dos cuidados e também de sua alimentação. Os desenhos animados criaram uma cultura referente ao medo do elefante, por isso muitas pessoas também acreditam que elefante tem medo de rato, quando na realidade o elefante tem medo de abelhas, esse sim é o verdadeiro medo do elefante. Os elefantes gostam muito de água, se possíveis estão sempre dentro da água e mesmo com seu grande peso o animal consegue ser um ótimo nadador.

Para conseguir manter seu corpo funcionando a todo vapor, o elefante ingere diariamente cerca de 100 a 200 quilos de alimentos, sendo principalmente frutas. Diferente de outras espécies onde o macho é sempre o líder e existem algumas brigas por essa liderança, os elefantes tem como principal líder uma matriarca que na maioria das vezes é a mais velha do grupo, sendo responsável por guiar toda a manada e indicar os melhores locais quando essa manada está mudando de região. Por ser um animal de grande porte, a gestação também não poderia ser diferente, sendo que a gestação comum de um elefante dura 22 meses.

Diferente de outras espécies o elefante tem apoio na hora de dar a luz ao filhote, as tias mais velhas são responsáveis por acompanhar a mãe durante a gestação e também oferecem apoio como se fosse uma parteira. O filhote ao nascer já pesa em média de 100 a 120 quilos, sendo que a fêmea costuma ser menos pesada do que se comparada com os filhos machos, porém sempre mantém essa média de preços. A tromba é o nariz do elefante, sendo uma informação que algumas pessoas ainda desconhecem.

Mais Algumas Curiosidades

Mesmo sendo o nariz do elefante, o animal consegue armazenar até 10 litros de água nessa tromba e com a força de sua respiração consegue lançar essa água com uma pressão incrível. A presa de um elefante adulto da espécie africana pode pesar até mais de 100 quilos, dependendo do tamanho e do desenvolvimento desse elefante. De todos os animais terrestres, os elefantes são os que têm maior cérebro, sendo esse um dos motivos pela sua memória tão apurada, sendo que em alguns casos o animal consegue lembrar-se de uma pessoa ou outro elefante durante vários anos.

Ainda não foi confirmado cientificamente, porém alguns zoológicos tocam heavy metal para acalmar os elefantes jovens que realmente ficam calmos quando começam ouvir o som pesado das guitarras e bateria. O marfim é um produto bastante cobiçado em todo o mundo, servindo para fazer bolas de bilhar, teclas de piano e vários outros produtos, sendo também um dos principais responsáveis pela morte dos elefantes, pois muitos caçadores caçam o animal apenas para tirar sua presa. Os mamutes são os parentes primitivos mais próximos dos elefantes, viveram em locais gelados, como no caso da Sibéria.

Uma curiosidade muito interessante é em relação a grande quantidade de mamutes que viveram na Sibéria, o país conta com tantos fosseis desse animal que até hoje exporte marfim para outros países. O primeiro objeto utilizando o marfim foi feito a mais de 27 mil anos atrás, na época foi utilizado as presas de um mamute. A caça do elefante é proibida em quase todos os países, porém existem algumas regiões que ainda permitem a caça do elefante e nesse caso praticamente todas as partes do elefante são utilizadas, como no caso de suas presas que servem para criação de produtos de decoração.

Com o seu couro são feitos bolsas e sapatos, sua carne é congelada para não perder as propriedades e sabor, seus pelos são utilizados para criação de pulseiras e vários outros produtos são criados utilizado o elefante. Em boa parte da África existem ficais que estão diariamente em vigilância para evitar mortes de elefantes, pois na maioria das vezes é encontrado o corpo do elefante inteiro, sendo retirado somente as presas para venda ilegal do marfim.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Grandes

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • As orelhas dos elefantes sao sua impressao digital . As abas enormes tem nao apenas formas unicas mas cavidades e riscas inconfundiveis.

    african cat names the letter Z 24 de Fevereiro de 2016 2:29

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *