Como Construir um Canil

Todos que gostam de animais, especialmente os cães, sempre têm inúmeras dúvidas quanto à criação dos mesmos e onde deixá-los em casa e isso ocorre tanto com os novos proprietários, quanto com aqueles que pretendem abrir uma criação de animais. A dúvida mais cruel está relacionada à construção do canil, que deve estar de acordo com o ambiente que se tem disponível, conforme a quantidade de cachorros que se pretende ter, e ainda com orçamento à mão, levando em consideração uma possível perspectiva de crescimento do negócio.

Para auxiliar os possíveis criadores e donos de cães, vamos apontar duas ideias interessantes de como construir um canil e ainda outras dicas que podem fazer toda a diferença, inclusive para a manutenção da saúde do animal. Os modelos de canis propostos em situações em que a pessoa seja um criador, porém queira proporcionar aos animais uma maior probabilidade de conforto e abrigo, são os ideais.

Caso tencione fazer a construção de um canil que siga o estilo profissional, ou seja, para aqueles que possuam uma criação intensiva, um número excessivo de cachorros, é possível verificar artigos na internet, como os de Bruno Tausz, ou ainda se basear em desenhos simples, e fazer a multiplicação pelo número total de baias desejado.

A Construção do Canil

Sempre que pensamos na construção de um canil, é necessário considerar além do isolamento, espaço físico, manejo, limpeza, também a ventilação. O mais aconselhável é que se construa o canil seguindo a direção leste-oeste. Desta maneira, o sol sempre incidirá parte do dia na área do quintal e a outra parte na parte coberta do canil, com isso, os cães poderão ficar parte do dia no local coberto e a outra se aquecendo ao sol.

Solário: O solário, também chamado de área externa, deve ser construído a partir de grades ou alambrado. Os materiais usados no caso permitirão uma visão e ventilação mais adequada e os animais poderão observar o que ocorre à sua volta, proporcionando uma maior distração da mente, deixando-os mais dóceis.

Acabamento:  O piso a ser destinado para recobrir a área do canil deve ser um pouco áspero para que os animais não escorreguem, especialmente quando o mesmo estiver molhado, porém, num grau bem leve, senão irá acumular sujeira demais o que dificultará a limpeza. Um bom exemplo de piso usado é o cimento queimado.

Como os cães ficarão grande parte do tempo no local, o piso correto também auxiliará na prevenção de futuras complicações, como displasias e problemas articulares.
Já para a parte de dentro do canil, a área coberta, azulejos na parede e piso frio no chão, melhorarão a limpeza, bem como num controle maior dos parasitas.

Altura das paredes: para construir um canil que seja o mais confortável possível para os animais, o melhor é que o pé direito da área coberta tenha aproximadamente 02 metros, o que ocasionará numa temperatura mais adequada e tornará o manejo mais fácil. Também é preciso instalar dois ralos, uma na parte interna e outro na externa e uma torneira, para ajudar na hora da limpeza.

As instalações: a porta do canil deve ser fabricada a partir um material de grande resistência, para que os cães não possam estragá-la com facilidade. O mais recomendado é que seja feito de madeira maciça, já que, além de abafar mais os sons emanados do canil, ainda é bem resistente. A porta inserida no interior, que deve ser executada através do sistema de guilhotina, irá fazer com que o animal fique trancado do lado de fora quando a parte interna estiver passando por uma limpeza, e vice-versa.

Esse princípio de abre-fecha com roldanas e cabo, dá maior segurança aos donos, que podem trancar o animal em qualquer um dos compartimentos, ainda que o faça de fora do canil. Esse sistema se mostra ideal para o trato com animais bravos, já que qualquer pessoa poderá cuidar dos mesmos, oferecendo comida e água e ainda fazer a limpeza do canil.

A comida e a água e a comida quando dispostas na parte coberta ficarão protegidas do sol e da chuva e levarão os cães a fazer sujeira apenas na parte de fora, que depois da limpeza ficará mais seco com rapidez por meio da ação do vento e do sol.

Os animais, quando já adultos, podem controlar melhor seu intestino e bexiga, com isso, preferem que o local da refeição esteja limpo e da mesma forma, o lugar onde descansam.

Para finalizar o processo de construção, é recomendado que na parte oeste do canil seja plantado o Neen indiano, que irá proporcionar um maior conforto à tarde, alem de atuar como um perfeito repelente de insetos. Diversas touceiras de plantas citronela, dispostas em volta do canil ainda intensificam da ação repelente.

Mais Dicas

Perca bastante tempo com o planejamento do projeto antes de partir para finalização do mesmo. Depois que já tiver construído, fica muito mais custoso fazer correções e modificações futuras.

Qual a melhor localização do canil no espaço destinado? Quais os pormenores que precisam ser observados? Há espaço suficiente para que haja uma ampliação futura?

Para partir para um planejamento mais adequado, visite anteriormente outros canis, assim a observação dos detalhes, dos prós e contras. Busque informações, de outros canis, especialmente aqueles melhores construídos e, se precisar, procure por informações mais detalhadas dos criadores.

Antes de construir, tenha em mãos um desenho pormenorizado de todo o projeto, e depois contrate o profissional para executá-lo. O melhor é que esse desenho seja técnico, e disposto tanto em papel quanto no computador, para que a visualização seja mais adequada.

Converse com o profissional e passe as explicações pertinentes ao processo de execução. Lembre-se que grande parte dos pedreiros não está acostumada a fazer a construção de canis.

Por isso é importante que tenha paciência redobrada, e que esteja sempre próximo durante a execução de projeto e, caso seja preciso, intervenha nos detalhes, para que nada passe em branco e que futuramente precise ser refeito.

Antes de construir, faça uma cotação nas lojas de materiais e procure comprar aqueles que se mostram mais resistentes.

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Informações

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *