Uacari Preto

É um primata, um macaco pertencente a classe Mammalia, da ordem Primates, Família Cebidae, cujo nome científico é Cacajao Melanocephalus, popurlamente chamado de uacari-preto. São encontrados normalmente na américa do sul, em países com Colômbia, Venezuela e no Brasil, esse último localizado na floresta tropical amazônica.

Características

A face do macaco é desprovida de pelos, sendo esta de coloração escura, cor preta. Mas os pelos presentes no seu corpo são longos e lisos de cor castanho claro com tons de bege puxados para branco. O seu ventre apresenta cores pardo amarelas com tons claros que se estendem desde o dorso até a parte da cauda, sua parte superior.

Macaco

Sendo que a reprodução é de um por ano, somente dá a luz a um filhote por ano. Quanto ao comprimento podem chegar a atingir até setenta e cinco centímetros, sendo sessenta destes somente de corpo e quinze de cauda. Ainda esse animal pode vir a pesar desde de dois quilos até dois quilos e oitocentos, e até mesmo três quilos.

Dieta

Este animal dificilmente desce do topo das árvores, pois quase que o tempo todo fica no topo destas. São habitantes de florestas tropicais e em sua dieta esta incluso sementes, brotos, insetos, néctar, vertebrados de pequeno porte como pássaros e lagartos e ainda alimentam se de frutas de preferência os de casca dura, pois neste há maior índice de proteínas.

Hábitos

Habitam em grupos de até cinquenta indivíduos. O habitat é em florestas perto de rios, como em árvores que ficam a margem dos rios branco, negro e do rio Japurá. Apesar de a área que ocupam é relativamente extensa são considerados animais raros e difíceis de ser encontrados.

Grupo

São animais que possuem o costume de acordar bem cedo indo sempre em busca de alimentos, pois passam o dia todo comendo. E ao por do sol, essas animais procuram um lugar para descansar, em galhos mais altos.

Reprodução

Pouco se sabe sobre a reprodução, como já dito anteriormente o animal na maioria das vezes dá a luz somente a um filhote, passando por uma gestação que dura em média de cinco a seis meses, sendo que quando nascem, estes são remetidos aos cuidados da mãe. E quando os filhotes atingem em torno de seis meses de idade começam a se afastar das mães, mas não totalmente.

Uma Cria

O problema que cerca essa espécie nem são caçadores, pois por ter uma face semelhante ao humano, estes deixam de caça lós, assim o perigo está no desmatamento da mata, destruimento da floresta, dos seus habitats naturais. Daí em mil novecentos e noventa houve a criação da reserva mamirauá, principal meio de preservar a espécie.
Jéssica Mendes

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Primatas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *