Fotos de Tatu-Galinha

O nome científico é bem complicado, Dasypus Novemcinctus L, mas é bem mais fácil chamá-lo pelo nome vulgar, tatu galinhas, mas não é só esse, essa espécie também é conhecida como: tatu de folha, tatu veado, tatu verdadeiro e tatuetê. Porém, daqui para frente vamos chamá-lo somente de tatu galinha, que pode ser encontrado no Brasil, nos Estados Unidos e no norte da Argentina.

A principal característica desse animal é o fato de ter uma carapaça praticamente nua, com as laterais bem comprimidas, muito convexa, com nove cintas de placas que se movem, além de olhos miúdos, orelhas acentuadas, cabeça e cauda compridas. A cauda ainda tem a ponta fina e é cônica.

Tatu Galinha: Etimologia

Já que vamos chamá-lo somente de tatu galinha é melhor entender de onde vem essa denominação. O nome vulgar está associado ao sabor da sua carne que é muito parecido com aquela de uma galinha. Além desse detalhe, o animal tem patas e penas parecidas com as da galinha. É essa explicação para que o tatu carregue um “galinha” como “sobrenome”.

A Família do Tatu Galinha

O tatu galinha está inserido na família Xenarthra, que tinha o nome de Edentata, o que significa que nessa classificação, esse animal está próximo de tamanduás e preguiças.

Se contabiliza que nos dias atuais existem pelo menos 20 espécies de tatus diferentes, grande quantidade também podemos encontrar de preguiças e tamanduás.

O nome da família, Xenarthra, tem origem do tipo de articulação, que é “pós craniana sem vértebra lombar”. Só animais que fazem parte desse grupo possuem esse tipo de característica. A troca de nome, que antes era Edentata fazia a associação de “sem dentes”, o que não era correto, uma vez que tatus e preguiças, da mesma família, possuem dentes. Somente os tamanduás é que não possuem.

O tatu canastra, por exemplo, chega a ter quase 100 dentes, superando muitos mamíferos menos a baleia.

Tatus no Brasil

Uma boa parte das espécies de tatus que existem no mundo está concentrada nas Américas, no total 20 delas, sendo que 8, podem ser vistas no Brasil.

A principal característica de um tatu, independentemente da espécie que ele faça parte é a região dorsal do corpo que possui “bandas justapostas e móveis”, cuja principal função é protegê-los. A quantidade de bandas pode colocar um tatu em uma espécie ou outra, fazer a diferenciação. O que separa cada uma delas, que são chamadas de “cintas” é a pele, uma fina camada e também o que deixa o corpo mais flexível.

A grande parte dos tatus não possui nada de pelo ou pouquíssimo e tem a barriga nua e macia.

A Alimentação dos Tatus

Em geral, o prato preferido desses animais são os insetos, porém, alguns comem somente os pequenos vertebrados, que são os onívoros, somados a vegetais e muita fruta.

As suas garras afiadas e fortes ajudam na hora de buscar alimento, quando é necessário cavar. Aliás, falando nisso, os tatus vivem sob a terra.

Outra função do corpo que ajuda o tatu na hora de buscar comida é o olfato.

Voltando aos seus pratos preferidos, sem dúvidas, cupins e formigas estão no topo da lista, que inclui ainda: raízes, frutos, pequenos invertebrados, carniça, sementes, ovos de aves, aves pequenas, répteis, anfíbios.

E quem vai em busca do tatu galinha para se alimentar são: filhotes de raposas, onças pardas e pintadas, harpias, furões e felinos pequenos.

As Principais Características do Tatu Galinha

O tamanho médio de um tatu galinha fica entre 39 a 57 centímetros, enquanto a cauda pode medir entre 29 a 45 centímetros. Nas costas podemos contar entre 8 a 11 bandas e considerar o peso médio do tatu variando entre 3,2 e 4,1. As orelhas são pontudas e grandes.

Comportamento e Gestação do Tatu Galinha

Nada melhor do que observar um animal para entender como ele se comporta. No caso do tatu galinha é correto afirmar que se trata de um animal que se adapta a diversos tipos de habitat, que são: Mata Atlântica, cerrados, áreas agrícolas e pastagens. Porém, é mais comum vê-los em lugares como florestas e de preferêncai que tenham um clima úmido e quente.

A boa sorte do tatu galinha é que ele possui um excelente olfato, pois a visão não o ajuda nem um pouco, é muito ruim. Na hora de levantar se apoiam nas patas da frente e como não enxergam bem estão sempre cheirando o ar em volta para identificar perigo ou alimento.

O tatu galinha sabe nadar e por isso, quando precisa vai até a água buscar alimentos. Se trata de um animal que se mantém ativo tanto de dia quanto de noite, porém, no momento mais quente do dia, entre meio-dia prefere ficar escondido do forte calor.

Dependendo do tamanho do território onde se encontram, os tatus galinha dividem a mesma toca, acredita-se que sejam com membros da mesma família. O tamanho das tocas pode variar entre 17 a 20 centímetros de diâmetro e possuem mais de uma entrada. O tamanho interno varia de 0,5 a 6 metros. Um mesmo tatu pode ter mais de uma toca, entre mínimo 4 e no máximo 9.

Para marcar o território, o tatu galinha usam suas glândulas anais, o mesmo fazem quando precisam se defender de um predador. O cheiro é forte e isso faz com que o animal que os ataca escape, quando não, o jeito é correr. O tatu quando se sente ameaçado costuma dar um grande salto no ar e depois corre para escapar.

Gestação do Tatu Galinha

O tatu galinha vive sob a terra, mas na hora de fazer o ninho, o faz sobre o solo, um modo de evitar afogamento.

O tempo de reprodução da espécie está entre agosto e novembro, momento e que macho e fêmea se juntam e dividem a mesma toca. Um macho pode se acasalar com mais de uma fêmea, porém, a fêmea é fiel e só acasala com um único macho.

De um mesmo óvulo podem nascer vários filhotes e todos com o mesmo sexo. Normalmente, a cada gestação nascem 4 filhotes, mas pode acontecer que nasçam menos, 2, por exemplo, ou mais, chegando a 8.

A gestação da fêmea de tatu galinha leva entre 8 a 9 meses e seus filhotes já nascem de olhos abertos e em bem pouco tempo são capazes de anda, mesmo com a carapaça ainda mole, que endurece somente depois de algumas semanas.

A família permanece junta até que o filhote complete 9 meses, porém, o desmamam já no terceiro mês.

O tatu-galinha é um mamífero encontrado em diferentes localizações, eles podem ser encontrados dos Estados Unidos até a Argentina. Essa espécie de tatu recebe esse nome por possuir nos pés pelos semelhantes ao de galinhas.

Em toda gestação a tatu-galinha fêmea sempre dá a luz a quatro filhotes e todos da mesma espécie. Eles são capazes de atravessar rios e lagos sem respirar, andando pelo fundo.


Categoria(s) do artigo:
Pequenos

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • NUNCA TINHA VISTO UM TATU-GALINHA ANTES MUITO LEGAL!!!!!!!

    MARIA HELENA 26 de maio de 2012 19:27

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *