Macaco Uivador

Os Macacos

Há quem acredite que nós humanos somos descendentes dos macacos, devidos a pesquisas e estudos realizados, que afirmam que os macacos foram evoluindo até chegarem à forma humana.

Hipóteses a parte, os macacos são de certa forma bem parecidos na forma como os humanos, como é o caso dos grandes macacos, como o bonobo, chimpanzé, gibão, gorila, orangotango, pois são considerados os animais que mais se aproximam do homem e são pertencentes à família dos hominídeos. Na verdade, existem inúmeras espécies de macaco, cada qual com suas peculiaridades e características.

Descendente

A denominação macaco é destinada a todas as espécies de símios ou primatas antropóides. Essa denominação é usada para referência às espécies de primatas que pertencem ao gênero Macaca. O habitat mais usual dos macacos são os países quentes e a alimentação é à base de frutas e semente. Os macacos são animais em geral sociáveis.

As Espécies

Dentre as várias espécies que constituem a família dos macacos, o macaco uivador é uma espécie bastante curiosa. É conhecido como bugio, guariba, barbado ou macaco uivador. Essa espécie é uma das maiores primatas neotropicais, medindo de 30 a 75 centímetros. A cor de sua pelagem varia entre tons ruivos, ruivo acastanhado, castanho e castanho escuro.

Caracteristicas

Existe uma subespécie, Aloutta guariba clamitans, na qual a pelagem do macho é vermelha alaranjada e as das fêmeas e jovens de cor castanha escura. Possui pêlos mais compridos nos lados da face, o que forma uma barba. A espécie habita a Mata Atlântica, desde o sul da Bahia até o Rio Grande do Sul e chega ao norte da Argentina.

A sobrevivência dessas espécies e das subespécies está ameaçada devido ao desmatamento, pois restringe o ambiente no qual eles vivem, criando espaços isolados para habitação.

Curiosidades

O macaco uivador nasce em todas as estações do ano, após um período gestacional de 140 dias. Quando o filhote nasce, fica agarrado às costas da mãe, durante os primeiros meses de vida.

A espécie alcança a maturidade entre um ano e meio e dois anos. A alimentação dos macacos uivadores é à base de folhas, brotos, flores e caules de trepadeira. A locomoção dessa espécie é vagarosa e é feita com o auxílio de sua cauda. O peso do macaco pode chegar até 9 kg.

Gritos

O nome dessa espécie é característico devido aos gritos que o macaco uivador ecoa. Os gritos são fortes e potentes e é a principal característica dessa espécie. Eles utilizam o grito para localização com os outros bandos de bugios que estão no local e também quando observam a presença de outros grupos se aproximando ou quando percebem a invasão do território por outros indivíduos.

Porém, atrás desses gritos que causam medo em muitas pessoas, escondem-se macacos tímidos, que andam em pequenos grupos.
As espécies e subespécies estão na lista do IBAMA constando que estão em perigo e vulnerabilidade.

Por: Renata Reis

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Primatas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *