Cão Cuida de Menina Diabética

Uma menina britânica que sofre de diabetes do tipo um vem tendo a ajuda de um cão Labrador que recebeu treinamento para detectar quando a taxa de açúcar no sangue de seres humanos está em queda ou alta e com isso vem ajudando essa menina que tem apenas 6 anos de idade a continuar viva uma vez que esse aviso evita que ela entre em coma por causa da doença.

Primeira Criança a Receber Ajuda de um Cachorro

O Labrador que na realidade é uma cadela de nome Shirley é apenas um dos dez cães que uma entidade beneficente treinou. A entidade é a Câncer & Bio-detection e entre suas atividades faz o trabalho de treinar cães para alertarem os diabéticos quando suas condições se complicam caindo o nível de açúcar no sangue e assim essa cadela faz quatro meses que foi morar com a menina Rebecca Farrar que padece com a diabetes do tipo 1. Na verdade temos conhecimento de inúmeros casos de cães que servem como guia, cães de guarda enfim são muitos os préstimos que esses inteligentes animais prestam aos homens e não é de graça que são considerados como sendo o melhor amigo do homem, entretanto jamais havia tido noticias desse tipo de adestramento para atender diabéticos.

Shirley, a cachorra salvadora da menina com diabetes

Shirley, a cachorra salvadora da menina com diabetes

Como a Cadela Detecta a Alteração

Segundo Rebecca, a cachorra salva a vida dela e é sua melhor amiga. Na realidade é a primeira criança a contar com um animal para detectar sua doença, Shirley é capaz de sentir a mudança de odor que ocorre quando as taxas de açúcar sobem ou caem a níveis perigosos no corpo humano. O cheiro não é sentido pelas pessoas e é o primeiro sinal que o organismo emite antes de outros que são visíveis como é o caso de extrema palidez. A importância de se detectar nos primeiros sintomas pode representar a diferença entre a vida e a morte, pois é muito rápido que essas pessoas entram em coma. O cão cuida da menina diabética e quando sente o odor começa imediatamente a lamber braços e pernas do doente como sinal de alerta e assim o colapso pode ser evitado.

Rebecca e a cadela Shirley

Rebecca e a cadela Shirley

O Alerta

Houve uma ocasião em que Rebecca estava dançando em uma festa quando a cadela começou a lamber seus braços e como ela não deu importância, Shirley foi ao Kit de primeiros socorros que se encontrava embaixo da mesa e trouxe para Rebecca um exame do nível de açúcar, foi quando se deram conta de que tinha algo errado e realmente ao fazer o teste foi constatado o baixo nível de açúcar o que salvou a menina de sofrer um colapso. Quando isso acontece, ela adormece tão profundamente que se torna impossível até mesmo fazê-la ingerir um tablete de açúcar. A entidade que deu a cadela para Rebecca treina cães para detectar qualquer tipo de doença até mesmo câncer. A presença de Shirley junto à menina facilitou em muito a vida de toda a família que hoje vive mais tranquila.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Adestramento

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Olá tenho uma filha que tem diabetes tipo um e achei super interesante a matéria de Rebeca

    GIOVANA 15 de julho de 2010 14:16
  • Oi ! Eu achei super interessante essa nova idéia se é que posso dizer assim, muito,mmuuitooo boaaa !! Além de ser uma maneira muito gostosa de se cuidar néah !! ?? *_* E de cuuidar da vida ! E eu dou todoo o apoidoo para essa idéia !!

    RENATA 29 de maio de 2011 9:31

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *