Primeiros Socorros Para Animais

Em casos de emergências com cães e gatos em casa, o dono deve sempre estar preparado para saber o que fazer e salvar a vida do seu animal. Por mais bem cuidado que o animal seja, calamidades podem acontecer e ter noção dos primeiros socorros para animais é importante.

Você já viu um cão ferido em uma briga ou atropelado por um carro? Talvez você poderia apenas balançar a cabeça e ir embora. Não é porque você não se importava, mas porque você não sabe como se aproximar e examinar o cão ou o que fazer a seguir. É sempre bom estar preparado.

Passo a Passo Em Como Fazer Os Primeiros Socorros Em Animais

Um animal ferido geralmente sente medo e dor, e, ao menos que ele se sinta seguro com a sua presença, pode tentar fugir ou até mesmo morder. Então, é importante usar uma maneira sutil de se aproximar do animal. Aproxime-se do animal doente lentamente, falando em um tom de voz tranquilizador, mas sem tocá-lo.

Pare em frente ao animal. Embora continuando a falar a cada passo, observe os olhos e expressão facial. Se o cachorro ou gato está com os olhos arregalados e rosnando, não tente acariciá-lo. Se o cão está tremendo, com a cabeça baixa e um “sorriso” , este é um cão de estimação, então você pode fazer carinho em sua cabeça e vai ser mais fácil tratar do animal.

Passe uma guia pelo pescoço do cachorro ou gato para impedir que ele saia correndo ainda machucado. Use qualquer material disponível uma corda, uma gravata, um cinto, ou panos rasgados. Se você está sozinho, coloque a coleira em torno de um objeto fixo, como um poste. Puxe o cão contra este objeto e amarre a guia para que o cão não possa mover sua cabeça.

Se possível, coloque o animal sobre uma mesa ou outra superfície elevada. Caso não possa fazer isso, ajoelhe-se na frente do animal. Cheque seus olhos, nariz, corpo com a ponta dos dedos para saber se há algo quebrado e assim você pode saber se pode remover o animal do local ou não. Caso ele sinta dor ao menor toque, não continue e ligue para um profissional.

Se o animal estiver com alguma fratura, tente colocar no braço o pet com o menor deslocamento possível. Se possível coloque ele em uma bandeia, se for pequeno, para depois colocar no braço ou no carro e levar para o veterinário tratar.

Primeiros Socorros Em Caso De Envenenamento De Um Animal

Um dos motivos que mais mata pets são os venenos, que podem ser aplicados intencionalmente ou não. Assim que o animal ingerir ele deve sentir os primeiros sintomas e dependendo da quantidade, pode ser possível salvar a vida do seu animal.

O primeiro passo é fazer compressões em seu estômago para que ele coloque para fora todo o veneno. Caso ele consiga vomitar, dê bastante água usando uma seringa ou forçando ele a ingerir com um copo mesmo, abrindo bem a boca do animal e leve imediatamente ao veterinário para que os anti tóxicos sejam aplicados.

Cuidados Com Um Pet Em Estado Crítico De Saúde

Quem possui animais em casa deve ter a mãos sempre um kit de primeiros socorros em um local de fácil acesso. Muitas empresas oferecem kits de primeiros socorros para animais de estimação a venda. Alternativamente, você pode preparar seu próprio kit. Una em uma pequena bolsa algodão, gaze, atadura almofadas estéreis, esparadrapo, uma tesoura, uma pinça, um limpador antibacteriano, cobertores e toalhas. Mantenha uma bolsa de gelo no freezer para uso quando necessário, mas não se esqueça de embrulhar o pacote de frio em uma toalha antes de usá-la com seu animal doméstico.

Deixe na geladeira o número do seu veterinário, bem como o número do hospital veterinário. Escreva estes números em um fácil de encontrar lugar. Muitas pessoas anexá-los a sua geladeira com um ímã. Mantenha os números no telefone de casa e celular também.

Caso tenha um veterinário já de confiança, mantenha uma cópia dos registros médicos do seu animal em local de fácil acesso. Se o animal precisar visitar um centro veterinário após algum acidente, pode ser mais fácil para os profissionais darem a assistência adequada.

Esteja ciente de que um animal ferido e com dor pode agir de forma imprevisível. Tome precauções para evitar ser mordido ou arranhado. Envolva seu animal ferido em um cobertor grosso ou toalha antes de movê-lo para ajudar a evitar danos a si mesmo.

Se o seu animal está com dor, transporte-o o mais rapidamente possível ao seu veterinário. Não tente dar aspirina, ibuprofeno, ou outros analgésicos para o seu gato sem consultar o seu médico veterinário. Os analgésicos são muitos tóxicos para alguns animais, em especial para os gatos. Seu veterinário será capaz de fornecer o controle da dor de uma forma segura para o animal.

Evite a Necessidade De Primeiros Socorros

Em muitos casos, a necessidade de primeiros socorros pode ser eliminada tomando precauções para evitar situações de emergência. Uma boa pedida é fazer visitas regulares ao veterinário. Muitas vezes esses exames podem detectar problemas de saúde antes que se tornem graves e podem evitar a ocorrência de situações de emergência.

Mantenha sua casa a prova de acidentes para pets. Remover plantas potencialmente tóxicas como lírios de sua casa. Mantenha objetos cortantes como agulhas de costura, anzóis e facas fora do alcance do animal. Mantenha todos os medicamentos, tanto humanos como voltados para ingestão dos animais, em um local seguro. Certifique-se de que todos os produtos químicos de limpeza e outras substâncias estejam armazenados em um local inacessível. Mantenha seu gato longe de chocolate e outros alimentos tóxicos.

Mantenha seu animal seguro e ao sair na rua, use coleira. Ao ar livre os pets são mais propensas a lesões traumáticas, tais como ataques de cães, brigas de gato, lesões de carro e outros acidentes. Tenha certeza de que seu animal possui alguma forma de identificação no caso de acidentes fora de casa e longe do seu alcance. A identificação pode ser uma etiqueta de identificação, um microchip, ou de preferência ambos.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Informações

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *