Dicas Para Visitar Um Zoológico

Quando se vai a um Zoológico para fazer uma visita, a primeira coisa que passa pela nossa cabeça é observar todos os animais exóticos e ainda todos os selvagens que habitam por lá. Mas, o que muitos não se atentam é o de saber que há muitas outras coisas interessantes para se observar nos zoológicos espalhados ao redor do mundo.

Grande parte dos zoológicos também oferece aos visitantes atividades que proporcionam uma maior educação ambiental, assim como extensas áreas verdes, onde é possível se conhecer melhor a fauna e flora  locais, sendo ainda interessante se fazer atividades variadas de lazer e diversão.

Até bem pouco tempo, os zoológicos eram conhecidos somente como sendo locais onde se fazia a exibição de animais exóticos. Entretanto, de uns anos para cá, esses locais deixaram de ser somente locais de diversão, para se tornarem núcleos de estudo e educação ambiental, cumulados com pesquisa. Hoje os zoológicos passaram a ser bastante conhecidos e ainda respeitados por seu excelente papel na conservação de diversas espécies de animais e plantas, especialmente daquelas em risco de serem extintas.

Dicas Para Visitar Um Zoológico

Dicas Para Visitar Um Zoológico

Caso faça algum tempo que você não vai ao zoológico, poderá observar que até os ambientes onde ficam os animais têm mudado sua estrutura. A tendência atual predispõe para as jaulas dos animais, assim como os tanques e viveiros que eles percam quase que totalmente as grades, assumam um maior espaço e ainda um maior isolamento acústico, fazendo o máximo para reproduzir no local as mesmas características do hábitat natural dos animais.

Essas pequenas mudanças têm como objetivo aumentar o bem-estar dos bichos e ainda diminuir o estresse causado, fazendo com que o visitante se sensibilize com as condições dos animais e ainda com o meio ambiente. Mesmo que as mudanças que vêm sido feitas com o decorrer dos anos, grande parte dos visitantes que passeiam pelos zoológicos, especialmente aqueles que o fazem sem a companhia de educadores, visita os zoológicos exclusivamente por lazer e quase nunca para aprender sobre a fauna e flora locais.

Dicas Para Pais e Educadores

Como educar ou pais de crianças é possível se buscar atividades educativas que são apresentadas pelos responsáveis do zoológico, procurando estimular as crianças a lerem as placas que informam as características dos animais e discutir ideias relacionadas à diversidade de animais no mundo e ainda o respeito ao meio ambiente e aos recursos naturais da Terra.

Dicas Para Pais e Educadores

Dicas Para Pais e Educadores

Para Melhorar Ainda Mais Os Passeios Ao Zoológico Com As Crianças, Basta Ler As Dicas Que Seguem:

Como Se Portar Durante a Visita Ao Zoológico

Não Faça Muito Barulho: o barulho em excesso incomoda os demais visitantes e ainda aos animais que estão lá, por isso, cuide para que seu passeio aconteça de maneira bastante agradável e tranquila.

Não Alimente os Animais: cada pessoa e animal que vive sobre a Terra e até aqueles que vivem dentro dela têm sua dieta própria, então, os bichos do zoológico só podem comer aquilo que os tratadores fornecem, caso contrário podem contrair doenças e até morrer, quando comem comida imprópria.

Cuidado com a Vegetação: não estrague, pise ou remova galhos das árvores, ajude para que as plantas sejam mantidas em seus devidos lugares; do mesmo modo, não colha as espécies de plantas, sementes e frutos, isso não é permitido aos visitantes.

Jogue o lixo no Lixo: lugar de lixo é na lixeira, por isso, tudo que estiver comendo ou tomando, jogue as embalagens dentro do cesto de lixo. Há diversos deles espalhados pelos zoológicos, encontre um!

Estacione em um Local Adequado: antes de chegar ao zoológico, programe-se para saber onde será o embarque e o desembarque dos visitantes, isso pode agilizar bastante sua visita.
Informações: quando quiser saber um pouco mais sobre plantas ou animais, procure os postos de informações ou converse com os Agentes de Visitação; você encontrará sempre alguém a disposição para informar e tirar todas as dúvidas sobre os animais e plantas dos zoológicos. Conheça o Zoológico de São Paulo

Poucas experiências podem ser tão importantes para crianças e adultos quanto uma visitinha ao Zoológico. Observar a diversidade da fauna brasileira cria um poderoso vínculo com a natureza e o meio ambiente.

Aproximadamente apenas 10% da população mundial faz uma visita a algum zoológico ou um aquário por ano. Desde a abertura do Zoológico de São Paulo, em 1958, ele já recebeu algo em torno de 85 milhões de visitantes.

Esse zoológico está localizado em uma área que compreende 824.529 m², sendo que grande parte pertence à Mata Atlântica. O local abrange nascentes do histórico Rio Ipiranga, cujas águas compõem um lago que recebe muitas espécies de, além de algumas migratórias. Da mesma forma que abriga o lago, a mata ainda é composta de uma fauna paralela e de animais nativos que não vivem em cativeiro.

Durante a visita é possível se observar mais de 3.000 animais, divididos entre espécies de aves, mamíferos, anfíbios, répteis e  invertebrados. Esse Zoo promove a conscientização do visitante sobre as variadas formas de vida existentes na Terra.

O Zoológico de São Paulo, através de sua maravilhosa infraestrutura, proporciona facilidades ao trabalho de pesquisadores estrangeiros e nacionais, especialmente no tocante ao domínio da Zoologia, num sentido bem mais amplo, sendo executado por meio de acordos, bolsas de estudos e diversas formas de contratos, com a finalidade de melhorar o tratamento aos animais e plantas e ainda para avançar em pesquisas.

A administração do Zoológico está ciente de sua profunda responsabilidade conservacionista nacional, portanto tornou-se a primeira instituição do Brasil a apoiar e participar em vários programas de preservação e recuperação de espécies brasileiras ameaçadas de extinção, como, por exemplo, o mico-leão, além dos pequenos felídeos neotropicais e também a espécie chamada de arara-de-lear.

Valores Dos Ingressos De Entrada Ao Zoológico De São Paulo

  • Crianças ou adultos com idade acima de 12 anos –  R$ 18,00
  • Crianças com idade entre 05 e 12 anos – R$ 7,00
  • Crianças com até 04 anos – Entrada gratuita
  • Pessoas portadoras de deficiências – Entrada Gratuita
  • Idosos com idade superior a 60 anos, e ainda estudantes e professores da Rede Pública Estadual e também das Redes Municipais de Ensino – valor correspondente a meia entrada: R$ 9,00
Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *