Abrigo Para Animais e Como Funcionam

Infelizmente a quantidade de animais nas ruas assustam. Basta contar e marcar um dia de seu tempo e notará que em cada rua aparecem mais de 10 animais diferentes por dias em bairros pequenos, sinal de que muitos pets estão sem casa e precisam de ajuda. Uma boa solução são os abrigos para animais. Caso você não saiba o que são estes espaços, segue uma boa explicação abaixo.

O Que São Abrigos Para Animais?

Abrigos para animais são espaços em que os animais domésticos como cachorros, gatos e passarinhos de algumas espécimes podem ser levados em caso de abandono. Como abandono devemos ter duas situações: animais que os donos colocaram nas ruas e os que já nasceram na rua de cruzamento com outros animais abandonados e por isso não possuem lar.

Os abrigos servem para dar um lar e condições de higiene e alimentação adequada para os pequenos seres indefesos, bem como os proteger de pessoas que não são tão amigas dos animais domésticos e tratam com violência os que não podem se defender de uma pedra ou chute.

Algumas pessoas podem pensar que as ruas são locais para animais mas não são seguras. Em sua indefesa ou em alguns casos em que os bichos apresentem problemas nos sentidos muitos morrem atropelados, em acidentes pequenos, o que pode ocorrer ainda pela indefesa dos bichos diante dos carros e motos na rua,sem saber de fato o que são.

Os abrigos servem tanto para estes animais como para aqueles que foram jogados na rua,o que não são poucos. O abandono de animais no Brasil ocorre e em números alarmantes e por diversos motivos: Animais doentes, os donos não querem mais cuidar dos bichos ou ainda falta de vontade de ter animais em casa, o velho arrependimento de colocar um cachorro para casa e depois coloca na rua. Uma maldade comum aos humanos, infelizmente.

Abrigos Para Animais Públicos: As Carrocinhas

Existem dois tipos de abrigos para animais: Os públicos e os privados. Os públicos foram criados pelo incômodo que os animais em excesso na rua causam. Um bom exemplo é fezes e urinas em locais públicos ou na casa das pessoas, que de fato incomodam e é um problema que precisa mesmo de tratos.

Os abrigos públicos tem como função dar um lar temporário para animais que estão nas ruas. Foram criados pela Vigilância Sanitária para impedir doenças com fezes de animais nas ruas e surtos de raiva, o que já foi um grande problema no Brasil por anos. Os locais impediram que animais com raiva contagiassem outros e assim a doença ficou sobre controle. Em parte, resolveu o problema dos animais.

Os carros que coletam os animais, que podem ser cachorros, gatos e outros domésticos, são chamados de carrocinha e não temidos até por quem tem cachorro em casa porque sem coleira os funcionários levam o bicho para o abrigo.

O grande porém dos abrigos públicos é que não há espaço para todos. Logo, alguns serão sacrificados quando não tiver mais locais, gaiolas, para guardar os animais. Infelizmente é uma realidade que deixa bastante gente horrorizada.

Na maior parte dos abrigos brasileiros os animais ficam por cerca de três meses esperando que um dono apareça ou que este seja adotado mas, quando isso não acontece, é preciso liberar espaço e os animais são mortos ou doados para pesquisas médicas em instituições diversas.

Abrigos Públicos Sacrificam Animais

Para os amantes dos bichos de quatro patas, sacrificar animais é uma questão de horror e desrespeito ao animal, para os amantes do bicho é apenas uma relação de oferta e procura: Mais animais chegando e menos espaço para eles. Libera o estoque e coloca mais animais. Simples assim.

Os animais podem ser mortos de diversas formas. O correto seria com uma injeção letal mas já houveram denuncias de diversos níveis de que alguns abrigos os matam com forno e com os animais ainda vivos para começar a cremação. Contudo, o governo libera injeções letais para que os animais adormeçam.

O sacrifício é uma realidade e a melhor forma de fazer com que isso não aconteça é adotando os animais, o que pode ser feito a qualquer momento: Basta ir em um abrigo para animais e levar um para casa. Muitos possuem veterinários renomados que cuidam dos bichinhos pelo tempo em que estes estão por lá e alimentam com ração, há funcionários limpando as gaiolas e cuidam deles no período de permanência, mas não é a mesma coisa que um lar de fato.

Na maior parte dos abrigos os animais não sentem dor, é um processo natural e tranquilo que é feito ao menos uma vez a mês. Um ritual que,como não há espaço para enterrar todos, eles são cremados e suas cinzas jogadas fora em lixo orgânico.

Abrigos Para Animais São a Melhor Forma De Conseguir Um Pet

Para quem gostaria de animais não tem lugar melhor que visitar um abrigo para adotar. Existem diversos cães e gatos esperando para um dono, de todas as idades que são ótimos para sua casa. Alguns podem de fato estar precisando de sua ajuda e como eles não sabem falar, vão precisar de sua compaixão.

A melhor vantagem de ter um animal de abrigo é que estes precisam mais de ajuda e são de graça. Você não precisa pagar horrores para ter o seu melhor amigo e com bom trato todos os animais ficam bonitos. As vezes, uma boa ração é preciso. Muitas pessoas não dão a alimentação adequada ao animal e seus pêlos não ficam vistosos, com uma melhor saúde e quanto bem cuidados quase nunca ficam doentes.

Quem tira um animal de um abrigo além de estar cometendo um ato de humanidade deve também estar ajudando a tirar menos um animal do sacrifício. Não é preciso pagar nada, apenas escolher o seu animal e ai não vai ser problema: São muitos. Por dia, um carro da carrocinha em uma grande cidade pode trazer mais de 20 animais e isso contando que é uma coleta constante, são inúmeros os animais.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • quero adotar um cachorro macho mas precisso ver por foto ou saber a raca ligar p o numero 75 82629582

    Jeferson de Jesus Santos 27 de janeiro de 2014 11:52

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *