Cágado Rajado

Os Cágados

Com certeza muitas pessoas já se confundiram com cágados e tartarugas. Isso porque eles são bem parecidos e são répteis da mesma Ordem Testudinata. Porém eles possuem algumas particularidades que os diferenciam das tartarugas propriamente ditas.

Os cágados são da família Chelidae, a qual é composta por 11 subfamílias, das quais existem mais de 40 espécies que habitam a Austrália, América do Sul e Nova Guiné. No nosso país ocorrem 16 espécies de cágados.

Cágado

Os cágados são bastante conhecidos como “Tartarugas de pescoço de cobra”, pois o pescoço deles é mais comprido e estreito que o das tartarugas.

Em alguns, o pescoço tem o mesmo comprimento de sua carapaça. Porém, para proteção da sua cabeça sob a carapaça, ele dobra o pescoço para o lado. Uma outra diferença é que os cágados são bem menores que as tartarugas. Eles têm no máximo 35 cm de comprimento.

O Cágado Rajado

Entre as várias espécies de cágados, há o cágado rajado, característico por ser um cágado de porte médio, medindo pouco mais de 40 cm de comprimento. Possui duas faixas pretas em cada uma de suas faces e outra no mento, que forma um desenho de ferradura. Sua carapaça, ou seja, seu casco é menos oval e convexa do que as outras espécies existentes no sul do Brasil.

Especie

Têm finas e delineadas reticulações nos seus escudos e o plastão é de cor clara, com ausência de manchas. O cágado rajado é um réptil de hábitos diurnos que habita ambientes lóticos de rios com suas margens lodosas ou com rochas.

Ocorrem áreas Uruguaianas, argentinas, paraguaias e os estados do sul do Brasil. Habita nos grandes rios da Bacia do Iguaçu no Paraná e também nas cataratas, abrangendo a região do município de Araucária até Foz do Iguaçu.

Características

A alimentação do cágado rajado é a base de invertebrados aquáticos, peixes, algas, sementes e restos de vegetais. Essa espécie realiza suas atividades durante o dia.

Expõe-se ao sol nas margens rochosas de rios para se aquecer, comportamento comum a todos os répteis que necessitam de calor. O acasalamento acontece dentro da água. Entre outubro e maio acontece a construção de ninhos e eclosão dos ovos, enquanto a reprodução provavelmente ocorre entre novembro e dezembro.

Reprodução

Essa espécie está ameaçada de extinção no Paraná, devido aos reservatórios de usinas hidrelétricas que propiciam a redução de alimentos e alteram a estrutura dos rios.

A pesca também é uma ameaça, pois são comuns as capturas acidentais em redes de espera. O problema das inundações nas hidrelétricas é um grande problema e está extinguindo a espécie.

Segue Abaixo a Tabela com a Classificação do Cágado Rajado:

Taxonomia:

Filo:Cordados
Sub-Filo:Vertebrados
Super-Classe:Tetrápodos
Classe:Répteis
Sub-Classe:Anapsida
Super-Ordem:Quelônios
Ordem:Pleurodira
Família:Chelidae
Gênero:Phrynops
Espécie:Phrynops williamsi (Rhodin & Mittermeier, 1983).
Por: Renata Reis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>