Irara

A irara ou era Barbara é considerado um animal carnívoro, pertencente à família dos mustelídeos e possui aspectos e características semelhante as fuinhas. Habitantes das florestas da América Central e América do Sul essa espécie é quase rara em território brasileiro, sendo vista somente em zoológicos e grades parques do país.

Seu comprimento na idade adulta pode chegar aos 60 cm, tirando sua longa cauda que mede aproximadamente 1 metro. No Brasil é conhecida também como papa mel, já que o mesmo torna-se seu alimento preferido, já nas regiões espanholas assume como identidade o nome de cabeça de cejo, ou seja, cabeça de velho, certamente devido sua cabeça pequena e com pelos curtos, orelhas chatas e pequenas, se assemelhando de fato com características humanas.

Espécie

O corpo da iraras é esquio, as pernas mais compridas e o pescoço alongado, todo seu corpo com coloração cinza ou marrom. Por escalar árvores com grande facilidade, esse animal é considerado muito ágil, principalmente na caça de seu alimento preferido: as frutas mais adocicadas como o mamão e as doces mangas.

Estilo de Vida

As iraras são animais que vivem sozinhos pelas matas e florestas tropicais das Américas, e sempre possuem hábitos noturnos e diurnos, porém com um tempo reservado ao descanso nas horas mais quentes do dia. Contudo em períodos de acasalamento podem ser vistas em casais pelas matas. E como principal característica diferenciada essa espécies deixa marcas e cheiros por onde passa principalmente nas árvores que escala durante seu percurso diário.

Agil

Mesmo adorando caçar frutos e mel em seu território, elas também se alimentam de ratos, aves, esquilos, entre outros vertebrados pequenos, admitindo-lhe um caráter carnívoro, especialmente em épocas de escassez de frutos e alimentos vegetais.

Com garras afiadas é muito difícil o desequilíbrio entre as árvores, e a perca da presa, já que sua cauda a ajuda para prender a mesma com rapidez, para em seguida já devorá-la. Contudo as palmas de suas patas são lisas e podem atrapalhar em certas ocasiões, mas a atenção é sempre marca constante em seu percurso pelas matas, estilo que lhe garante grande inteligência e praticidade.

Reprodução e Filhotes

Na reprodução das iraras os filhotes nascem praticamente cegos, cobertos por pelos escuros, e chegam até a se assemelhar com filhotes de lontras, contudo não sabem nadar, já que não possuem nenhuma adaptação ao ambiente aquático, apenas terrestre.

Após um período de 68 a 90 dias de desenvolvimento dentre da barriga da mãe os filhotes estão prontos para vir ao mundo. Normalmente a cada gestação nascem dois filhotes apenas os quais são protegidos e cuidados pela mãe com maior amor carinho.

Inteligente

Nos primeiros dias de vida os filhotes só podem se alimentar de pequenas frutas e um pouco de mel trazido pela mãe, já que os dentes ainda estão em desenvolvimento e a formação não é completa. Geralmente a fêmea devolve aos filhotes os restos de frutas que já mastigou anteriormente, fazendo como as aves , que utilizam do mesmo processo.

Por: Patrícia Contiero

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>