Ratazana

Há quem goste. Mas são poucos. A maioria dos criadores de bichos exóticos prefere os rosadinhos ratinhos de laboratório, as chinchilas ou outros espécimes da família dos roedores que engloba mais de cinqüenta variedades. Mas a Ratazana intimida muita gente. Se encontrar dentro de casa ou no quintal um simples camundongo já é ruim, encontrar uma enorme Ratazana é ainda pior.

Roedor

Bicho não tão simpático como alguns parentes seus, a Ratazana chega a atingir até surpreendentes 25 cm de comprimento. A Ratazana tem pelagem amarronzada, orelhas pequenas e entre os dedos tem membranas interdigitais o que lhe possibilita viver bem em regiões alagadas. O rabo é longo, podendo equivaler ao corpo e quase sempre coberto por pelos.

A Ratazana na História

A Ratazana é um animal originário da Ásia que se aproveitou dos porões dos navios para chegar a Europa já no século XVIII e nas Américas no século seguinte. Assim povoou o mundo tendo associados a si alguns famosos surtos epidêmicos.

O mais conhecido problema de saúde envolvendo as Ratazanas foi a peste negra que dizimou entre 20 e 70 milhões de pessoas na Europa da Idade Média; os dados são imprecisos no que se refere a mortandade, mas estima-se que levou um terço da população européia da época. A peste negra foi na verdade um surto de peste bubônica, doença transmitida por uma bactéria que se prolifera através das pulgas das Ratazanas.

De lá para cá, as Ratazanas passaram ser vistas como um animal perigoso e maléfico que carrega a morte consigo. Seres que vivem em colônias nos mais diversos lugares, as Ratazanas proliferam seja nas cidades grandes, seja em locais afastados em torno de fazendas. São onívoras e gostam de lixo, estoques de grãos, locais mal cuidados.

Doenças

Em países desenvolvidos empresas especializadas são contratadas para capturar Ratazanas com armadilhas nos lugares onde não convém se colocar veneno em decorrência da presença de crianças ou animais.

Ratazanas de Estimação

Um grande número de pessoas gosta de manter animais exóticos como bichos de estimação. Em casas especializadas, encontra-se além de cobras e aranhas, Ratazanas de diferentes espécies.

Mas a Ratazana tradicional é o que se conhece como rato marrom, ou rato de esgoto. Para os aficionados por bichos que não se expressam por miados ou latidos, a Ratazana é tida como um animal limpo e divertido. São criadas em gaiolas sendo alimentadas com ração especial, sementes e frutas.

Cuidados

Podem ser adestradas a fazer suas necessidades em caixas de areia e a andar pela casa quando na companhia de seus donos. Segundo alguns, chegam a gostar de estar no colo. Uma Ratazana criada em cativeiro, na boa vida de não correr riscos na rua em busca de comida, pode chegar aos três anos de vida; um a mais do que o normal para a espécie.

Isto é uma peculiaridade da vida moderna sem dúvida, porque para os antigos uma Ratazana é um rato apenas. Um animal cheio de doenças e digno de uma infalível ratoeira… sinal dos tempos ver Ratazana como animal doméstico.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Roedores

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *