Cervo do Pantanal

Animal ruminante e pertencente à família dos cervídeos, o cervo do pantanal recebe esse nome justamente por habitar regiões pantanosas e próximas a beiras de florestas e lagos, principalmente na América do Sul, em países como Brasil, Uruguai, Paraguai e Guianas.
Totalmente adepto a regiões de cerrados, o cervo sempre se alimenta de plantas, folhas e leguminosas, estando com freqüência ruminando e aderindo a alimentações em períodos curtos.

Animal

Apesar de andar em bando na maioria das vezes, os cervos dividem-se em pequenos grupos selecionados por eles mesmos, já que a extinção contribui ainda mais para o desaparecimento da espécie; contudo é comum observar esses animais solitários e a procura de uma família.

Causas da Extinção

Pesquisadores, biólogos e especialistas do meio ambiente e proteção levantam dados em constante registro sobre a extinção elevada que marca os cervos do pantanal. Segundo dados e pesquisas obtidas esses animais sofrem atualmente uma imensa devastação devido principalmente a causas de caça ilegal, já que se visa sua pele e sua galhada. Mas também há outros fatores importantes como: a destruição de seu habitat natural para construção de usinas e indústrias locais e infelizmente as doenças introduzidas por animais domésticos, como a brucelose e a febre aftosa.

Assim para tentar diminuir sua extinção, especialmente no Brasil, são criadas propostas de construções de parques e reservas com objetivo de proteção e conservação da espécie, que já se torna rara no pantanal brasileiro. Logicamente necessário também a fiscalização da caça, que contribuiria para menores números de morte.

Dados Biologicos

Com características típicas de mamíferos ruminantes, o cervo do pantanal pode chegar a pesar até mesmo 150 quilos, com pelos castanho-claros ou avermelhados, o animal possui patas e focinho negros, pigmentação que se destaca pelas florestas brasileiras.
As patas também contam com cascos muito resistentes, que em seu interior são adeptos a uma membrana, a mesma responsável por facilitar a caminhada do cervo em áreas alagadas e pântanos.

Caracteristicas

Os dados biológicos e genéticos estão no filo dos chordatas, na classe mammalia, na ordem dos artiodactyla, na família cervidae, gênero blastocerus e espécie B. dichotomus, dados esses de extrema importância para pesquisas e maior controle das taxas de natalidade e mortalidade dos animais.

Gestação

O cervo do pantanal possui uma gestão como a do ser humano, com a duração de noves meses, podendo reproduzir um filhote a cada ano. Assim depois de formada a família eles costumam andar em pequenos grupos para defesa e sobrevivência perante a alimentação. Geralmente a gestação ocorre de maio a outubro, já que deve ser antes da estação mais chuvosa.

Reprodução

Ainda que condenados pela extinção, a espécie não sofre muitos com os predadores, pois somente a onça pintada se adere a sua caça. De acordo com os últimos dados estima-se que a população de cervos compreende entre 400 a 600 animais por todo território brasileiro.

Por: Patrícia Contiero

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>