Mimetismo no Mundo Animal

Os animais utilizam a técnica para se proteger na natureza

A natureza é extremamente perigosa. A cada momento, você pode estar sendo observado por um potencial caçador – um outro animal pronto a tirar sua vida num piscar de olhos.

Ou então, o contrário pode acontecer. A caça pode estar cada vez mais próxima. Um único passo em falso e o jantar pode estar perdido.

Para driblar as dificuldades de sobrevivência na natureza, os animais se utilizam dos mais variados artifícios. Alguns animais se valem da grande força, como o Leão. Do tamanho, como um Elefante. Outros ainda, se aproveitam da grande velocidade que possuem, como o Guepardo, que chega a 150 quilômetros por hora.
Animais que não possuem um tamanho que lhes ofereça vantagem, nem uma velocidade assustadora e nem tampouco força, podem se utilizar de um dos mais inteligentes truques naturais. O mimetismo.

Forte

Mimetismo

O mimetismo é a capacidade de assumir semelhança com outros animais, geralmente animais perigosos, para escapar de predadores.

É geralmente confundida com a camuflagem (onde o animal consegue assumir semelhanças com o meio ambiente no qual está inserido, se disfarçando e se protegendo de caçadores) muito utilizada também para se proteger de predadores, mas também há casos de animais que utilizam a camuflagem para garantir sua caça: existem espécies de animais marinhos que se assemelham a pedras e corais e se camuflam no meio deles. Ao passar um peixe de pequeno porte, é devorado pelo que supostamente era uma rocha.

Os animais utilizam bastante a aparência de animais venenosos, pois normalmente os outros animais se mantém afastados de animais com peçonha.

O comportamento foi descoberto em 1862 pelo naturalista britânico Henry Walter Bates, e a descoberta partiu da observação de que duas espécies de mariposas diferentes possuíam muitas semelhanças. A partir daí, observou que na realidade uma espécie imitava as características as outra.

Venenosos

Tipos

Existem tipos diferentes de mimetismo, de acordo com o propósito do animal que está mimetizando outro.

Mimetismo defensivo: ocorre quando o animal assume as características de um animal mais perigoso, para escapar de predadores. É também conhecido como mimetismo de Bates.

Mimetismo agressivo: é o oposto, ou seja, os animais se mimetizam assumindo semelhanças com animais mais inofensivos, a fim de confundir possíveis presas. Um bom exemplo é o caso das aranhas Myrmarachne, que se disfarçam de formigas para parecer inofensivas e atacar suas presas.

Um animal que pratica um mimetismo conhecido de muitas pessoas são as mariposas, que frequentemente possuem desenhos muito semelhantes à olhos em suas asas, podendo ser facilmente confundidas com corujas quando estão entre as árvores.

Além de animais, plantas também praticam mimetismo, como a orquídea.
Como animais que utilizam a técnica podemos utilizar como exemplo insetos, pássaros, tubarões e escaravelhos.

Mariposa

11 comentários

  1. gente hello preciso de animas que se camuflam e porque

  2. eu tambem so nao sei onde achar socorrooooooooooooooooooooooooooo

  3. socoroooooooooooooooooooo so quero saber como os animais se camuflam

  4. por favor eu quero bichos que se camuflam de seus predadores e para atacar suas presas!

  5. que merdaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  6. llllllllllllllllllllleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeegggggggggggggggggggaaaaaaaaaaaaallllllllllllllllllllllllllllll

  7. eu conseguir aha oq eu qeria seus merdas

  8. que porra e essa nao tem nada ai so tem as bostas

  9. achei o que eu queria filhos da puta vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvveaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaado bando de queima rola

  10. nossaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>