Animais Selvagens Cruzando

Uma das cenas mais curiosas que podem existir hoje sob o conhecimento de todos é, sem dúvida, a dos animais selvagens cruzando, que são vistas com raridade dada a periculosidade da aproximação humana em caso de algumas raças.

Claro que o exotismo humano também é fonte de grande curiosidade, mas, as cerimônias, os trejeitos, os preparos, o antes, o durante e o depois dos animais selvagens cruzando revela muito do comportamento deles e alguns fazem do ato um verdadeiro ritual dos mais interessantes. O mais surreal, revela muito do comportamento humano também. Os Leões, por exemplo, para cruzar fazem um ritual de luta, mordidas na jugular, insistentes arrastares de patas no chão tal qual um touro, brincadeiras, isso, brincadeiras com a fêmea como uma forma de conquista do seu par que deve ser o gerador dos filhos e quem sabe, o futuro rei do bando.

A fêmea, por sua vez, corre afoita de um lado para o outro sem oferecer muita resistência aos anseios do macho que está a lhe rodear o tempo todo. Quem consegue ler o que não é dito de maneira clara, percebe aí muito do comportamento humano. Afinal atrair o interesse da mulher requer alguns rituais que, convenha-se, às vezes, chega a ser mais hediondo do que o de animais selvagens.

Usando um termo chulo que está aquém à nomenclatura biológica, essas são as formas que os animais encontram para cruzar. Isso mesmo, o coito animal que visa prolongar a existência da espécie. Os animais selvagens o fazem, os seres humanos o fazem mas com finalidades diferentes: Os animais selvagens cruzam com o único propósito de preservar a espécie e não por prazer, segundo os cientistas.

Animais Selvagens Cruzando

Animais Selvagens Cruzando

É a forma natural de fazer perdurar uma espécie. Desse ritual só não se encaixa os membros do mundo vegetal. Esses se reproduzem de outra forma, pela via da fotossíntese, onde não há a necessidade de um gameta feminino e um gameta masculino para gerar existência. Descartando esse mundo e o dos animais assexuados, todos os viventes deste planeta cruzam de algum modo.  É o espetáculo da vida tão celebrado por alguns resumido numa reles cruzadinha.

Professores de biologia se acomodaram a chamar o cruzamento de animais selvagens ou de seres humanos de reprodução sexuada. Evento que carece da participação de dois seres de sexos opostos.

Animais Selvagens Cruzando

Animais Selvagens Cruzando

Animais selvagens cruzando, por exemplo, trocaram durante o ato uma série de gametas que possibilitarão o fenômeno da troca genética, os famosos DNAs. São eles, durante o cruzamento, os responsáveis pela geração de um terceiro vivente.

Como biólogos tornaram popular a prática de fazer o cruzamento de animais que estão a beira da extinção, diversas espécies foram salvas do fim graças à reprodução sexuada. Há mitos responsáveis por garantir que fora do seu habitat natural os animais selvagens não conseguem cruzar, uma inverdade comprovada por diversos animais selvagens cruzando dentro de zoológicos em grandes centros urbanos pelo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>