Pintassilgo Português

O pintassilgo português, ou Pintassilgo Europeu, é uma pequena ave muito conhecida pelas pessoas, por ter um canto inconfundível e também por ser uma ave facilmente indentificável aparentemente. Ela possui uma cabeça branca e preta com o rosto vermelho. Suas asas possuem lindas manchas amareladas, o que faz com que ela seja um pássaro muito lindo e colorido. Mesmo quando o pintassilgo está voando é possível identificá-lo. É fácil encontrar um pintassilgo sobrevoando o alto das árvores, postes e telhados na primavera, próximos ao convívio com humanos. No inverno os pintassilgos se juntam em grandes grupos, podendo ter até mais de centenas de indivíduos juntos.

Taxonomia e Classificação

  • Domínio: Eucarya, Unikonta
  • Reino: Animalia, Metazoa, Eumetazoa, Bilateria, Deuterostomata, Chordata
  • Filo: Craniata
  • Subfilo: Vertebrata,
  • Superclasse: Gnathostomata
  • Classe: Archossauromorpha
  • Subclasse: Aves
  • Ordem: Passeriformes
  • Família: Fringilidae
  • Gênero: Carduelis
  • Espécie: Carduelis carduelis

Variações de Carduelis carduelis carduelis e onde são encontradas:

  • Carduelis carduelis balcanica— encontradas principalmente no sudeste da Europa;
  • Carduelis carduelis brevirostris— Podem ser vistas em Crimeia e norte do Cáucaso;
  • Carduelis carduelis britannica— Vivem nas Ilhas Britânicas;
  • Carduelis carduelis carduelis— Espalhadas pela Europa continental e pela Escandinávia.
  • Carduelis carduelis loudoni— Encontrada no sul do Cáucaso e também no Irão;
  • Carduelis carduelis major— Vivem no oeste da Sibéria e Urais;
  • Carduelis carduelis niediecki— Encontrada no sudoeste da Ásia e no nordeste da África;
  • Carduelis carduelis parva— Vivem na Macaronésia (Madeira e Canárias), na Península Ibérica e no noroeste da África;
  • Carduelis carduelis tschusii— Vistas em Córsega, na Sardenha e na Sicília;

Distribuição Geográfica Geral Da Espécie

Original de territórios do mediterrâneo, incluindo todo o norte do paleártico ocidental e alguma parte do oriental. Essa espécie foi introduzida na Austrália pelo homem, também na Nova Zelândia, na América e nas Ilhas do Atlântico, incluindo Açores, cabo Verde e Madeira. Hoje a espécie pode ser encontrada em grande parte dos continentes, sendo considerada cosmopolita.

Pintassilgo Português

Pintassilgo Português

Ela é muito abundante e bem distribuída no território continental todo, porém é mais adaptada a viver no sul. Gosta de diversos ambientes e se adapta muito bem à vida em locais devastados e ocupados por humanos. Prefere viver em parques, jardins, bosques abertos, orlas de praias, estepes, montanhas tropicais, parques urbanos, etc. Não costuma viver em florestas densas e fechadas, prefere lugares abertos e relativamente quentes.

Características do Pintassilgo Português

Este pássaro é relativamente pequeno, possuindo cerca de 12 centímetros de comprimento e chegando a pesar até 20g de massa. Suas cores são chamativas e variadas, como dito acima. Possui asas pretas com uma mancha muito chamativa na cor amarela. Sua cabeça é branca e preta, com a face vermelha chamativa. Não há uma diferença clara entre machos e fêmeas, sendo os dois coloridos e aproximadamente do mesmo tamanho. Porém o bico do macho é um pouco mais comprido que o das fêmeas. O bico é cônico, de coloração marfim, comprido e com uma ponta fina. A cor do ventre é branca e a cauda é bifurcada de cor preta com manchas brancas.

Alimentação do Pintassilgo Português

Sua dieta é composta principalmente de grãos, os adultos. Adora sementes de cardos (o que explica o nome do gênero que abriga as espécies e variações desta ave). Os filhotes são carnívoros e são alimentados pelos pais com insetos e minhocas.

Canto do Pintassilgo Português

O canto desta ave também é uma característica que o distingue e faz com que ele seja de fácil identificação. É um som muito melodioso e suave. Seu canto é o principal motivo de sua captura para a vida em cativeiro, porém é proibida a sua comercialização.

Hábitos e reprodução do Pintassilgo Português

Em épocas de verão e primavera, o pintassilgo costuma viver sozinho ou em pequenos grupos, em busca de alimentação e cuidado com o ninho e com os filhotes. Em outros momentos, como no inverno, é possível encontrar bandos com cerca de 50 a 100 indivíduos, isso acontece normalmente fora da época reprodutiva.

Na época de reprodução, que acontece normalmente entre os meses de março e julho, os pintassilgos foram casais que se separam uns dos outros para reproduzir e cuidar dos ovos. Depois que chegam os filhotes, os casais voltam a se unir para cuidarem juntos dos filhotes e proteger o ninho.

Os pintassilgos costumam fazer o ninho em locais abertos, como bosques abertos ou parques e jardins. São postos de quatro a seis ovos de coloração azulada e preta. Depois de cerca de duas semanas os ovos eclodem e nascem os filhotes. Os pais cuidam do ninho e dos filhotes juntos, com uma rica alimentação composta por pequenos insetos e larvas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Aves

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *