Transportar Animal De Estimação No Avião – Como Funciona?

Viajar é bom e todo mundo gosta, mas e quando você tem um animalzinho em casa que depende do você? O que fazer?

Existem muitas duvidas em relação a esse tipo de situação. Claro que ninguém vai deixar de viajar por causa do cãozinho ou do gato que está em casa. Muitas pessoas procuram familiares ou amigos que possam ir alimentá-los ou até mesmo hospedá-los na sua casa. E outras pessoas também procuram os chamados hotéis caninos, onde os animais ficam numa espécie de Spa enquanto os donos passeiam, porém o serviço cobrado é um pouco caro e acaba não compensando muito.

Animal De Estimação No Avião

Animal De Estimação No Avião

E a ultima alternativa é você levar o animal com você. O transporte aéreo de animais é permitido, mas ele tem regras severas, nacionais e internacionais caso a viagem seja estrangeira. Cada país possui uma regulamentação própria, por isso é preciso estar atento a este tipo de coisa para que não haja transtornos na hora do transporte.

Viagem De Avião

Segundo as normas da Agencia Nacional de Aviação Civil (ANAC), o transporte de pets deve ser cobrado separadamente, e o dono deve fazer a reserva com antecedência. Isso tudo porque o número de vagas para animais a serem transportados é limitado por uma questão de segurança.

  • Algumas empresas não transportam algumas raças, por isso é preciso estar bem atento as normas das companhias.

Independente de a viagem ser nacional ou não, a documentação do animal deve estar em dia de acordo com as normas da ANAC e/ou da companhia aérea.

Para viagens nacionais o dono tem que apresentar um atestado de saúde do animal e a carteira de vacinação do mesmo.

Para viagens internacionais, o animal de estimação precisa passar por uma consulta com um médico veterinário do Ministério da Agricultura. E além disso saber quais são as regras e normas federais para sair com um animal do país, e para chegar com um nele.

Os animais precisam estar em caixas de transporte especiais, e isso incomoda o animal, por ser pequeno e o ambiente ser apertado. Por isso é necessário que o dono acostume o seu bichinho dentro dessa caixa. Para evitar acidentes, antes do embarque é preciso verificar se as grades estão bem fechadas.

Documentos Necessários

De acordo com a legislação e as normas de casa empresa e país, cada animal de estimação só pode embarcar com uma quantidade de documentos exigidos. Veja uma lista de quais são os documentos necessários para cada tipo de animal:

Cães e Gatos

  • ­atestado de sanidade pelo menos 3 dias antes do embarque.
  • Atentado de vacinação contra raiva, pelo menos de um 1 ano antes ou em animais de mais de 4 meses de vida.

Animais Silvestres (Brasileiros)

  • Atestado de sanidade também com um mínimo de 3 dias antes da viagem.
  • Guia de transito animal (esse documento só é retirado em postos de Vigilancia Agropecuária)
  • Autorização do IBAMA/DF

Animais Silvestres Exóticos (Estrangeiros)

  • Autorização do IBAMA
  • Guia de transito.

Independe de ir viajar ou não o seu animal deve estar com as vacinas sempre em dia, para a saúde dele e sua serem completas.

Regras Para o Transporte

Algumas empresas até permitem que os passageiros embarquem com os animais dentro da cabina, eles levam só a caixinha como bagagem de mão. Mas a maioria restringe o lugar ao bichinho somente no compartimento de carga.

­Reservas

As reservas devem ser feitas com bastante antecedência e as taxas varias de 50 a 150 dólares (isso para vôos internacionais). Assim como as malas, os preço é tabelado de acordo com o peso do animal.

Caixa De Transporte

A regra para o tamanho das caixas é a de que ela caiba no espaço que fica entre o banco da frente e o do passageiro, mas ela deve permitir que o animal se vire, deite e fique em pé normalmente. Dentro das caixas também deve ter o tempo todo água e ração.

Restrições Quanto à Idade

Filhotes muito pequenos, ou com pouco tempo de vida ficarão pra trás. Muitas companhias exigem que o animal tenha certa idade para embarcar. O mínimo costuma ser de 8 semanas.

Movimentação

Durante o vôo os passageiros podem retirar os cintos e passear pela cabina, mas os animais devem ficar dentro das caixas o tempo todo. Não é seguro e nem autorizado que o animal sai de dentro da caixa de transporte e se movimente livremente pelo avião. Isso é uma exigência das companhias aéreas, enquanto o avião estiver funcionando.

Certificado De Inspeção Veterinária

É como se fosse um atestado de saúde, só que assinado por um médico veterinário.  Este profissional deve ter registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária, ele serve para atestar que o animal foi examinado, e não apresenta nenhuma doença. Esse atestado tem validade de no máximo 10 dias.

Certificado De Aclimatação

Este é um documento que comprova a regulamentação em casos de extremos de temperatura. Por exemplo, os animais que são de clima quente, não se acostumarão com o clima frio de outros países, e isso pode fragilizar a saúde deles e provocar doenças. Verificando com a empresa é possível saber se esse documento é necessário ou não.

Existem algumas empresas que também pedem para o passageiro um atestado de comida e água, para provar que o animal está bem alimentado. Os funcionários das companhias são altamente treinados para entrar em contato com esses animais. É importante também que no atestado do veterinário esteja escrito a quantidade de tranquilizante que o animal pode receber.

Embora o próprio dono do animal de estimação possa correr atrás dessa documentação para garantir uma viagem tranqüila, existem empresas que cuidam desses detalhes. Elas são especializadas em logísticas e você não tem dor de cabeça nenhuma com toda essa burocracia.

Caso você pretenda levar o seu bichinho em qualquer viagem de avião já deu pra perceber que os preparativos devem ser começados a preparar bem antes caso contrário muita dor de cabeça pode acabar atrapalhando as suas férias.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *