Tosar Cachorro No Verão

Você que tem um cão, já sabe qual a melhor época do ano para fazer a tosa do mesmo e não comprometer sua saúde?

A Chegada Do Verão

O verão já está aí, e para nós, homens e mulheres é uma época de puro divertimento na qual aproveitamos o sol, o calor e nos refrescamos a beira do mar e da piscina. Podemos nos esconder embaixo de um guarda-sol, tiramos e colocamos a roupa quando queremos e ainda temos a virtude de poder viver sob o arcondicionado. Mas e os pets, que sorte tem eles frente às altas temperaturas que se anunciam?

O verão pode não ser a melhor época do ano para os animais, especialmente para os cachorros, pois o ar fica seco, quente e a pelagem pode atrapalhar. Além disso, aqueles animais que possuem focinho curto, os Broncos Cefálicos, sofrem mais ainda.

 

Nessa estação em particular os animais podem desenvolver uma maior dificuldade de respiração.  E determinadas raças têm maior predisposição que outras, tais como: Pequinês, Bulldog, Pug, Lhasa-apso, Shiht-tzu, e ainda muitas outras.

E o problema pode se agravar ainda mais se seu animal possuir aquela linda pelagem longa, em razão dela muitos desconfortos podem se apresentar, por isso, fique muito atento a determinados sintomas:

Batimentos cardíacos acelerados, acima do que pode ser considerado como normal

Respiração ofegante,

Aumento não característico do nível de ansiedade do pet

Desidratação

Lembre-se que, assim como nos seres humanos, a insolação provoca no animal um cansaço e estresse bastante complicado, então tenha muito cuidado ao expô-lo continuamente ao sol.

Tosar Ou Não Tosar o Cão No Verão

Quem tem animais peludos sempre fica em dúvida se deve ou não tosá-lo durante o verão. Mas quem tem animais em casa sabe que quanto mais quente, maior o sofrimento deles, e maior ainda o sofrimento daqueles que possuem pelos em excesso ou longos demais.

Se observarmos bem, com as temperaturas altas os cães ficam sempre pelos cantos, a procura de um lugar mais fresco. Quando encontram, lá ficam esticados, e, de preferência no piso frio, para desfrutar de todo o frescor.

 

Tosar os animais que possuem pelos longos é uma excelente dica para começar o verão, com isso você poderá observar que os cães ficarão até mais alegres e felizes, tendo, inclusive, uma maior disposição para passeios e brincadeiras. Mas, se você já fez a tosa de seu animal em outra época do ano, deve tomar cuidado, e ficar bem atento à pele de seu cão, pois aqueles que possuem pelagem longa são mais sensíveis que outros animais que têm a o pelo curto, a começar pelo tempo de exposição solar.

Os cães com pelos longos, quando tosados se queimam com muito mais facilidade que aqueles que têm pelo curto, para evitar problemas, o melhor é optar por usar filtro solar, desde que seja próprio para o uso em animais. Se apesar dos benefícios, você optar por não tosar seu animal, pode ficar mais sossegado quanto aos problemas de queimaduras solares, mas em contrapartida deverá ter cuidados redobrados com seu cão.

Além dos benefícios que foram expostos ainda há a vantagem da facilitação de visualização de carrapatos e pulgas, tornando a higiene muito mais tranqüila e eficiente.

 

E Quem Fez a Tosa Antes Do Verão

Se você já tosou seu cão durante o inverno, tenha calma, não há problema com isso. Já que os meses se passaram e ele já tem uma camada protetora de pelo suficiente e, se quiser pode tosá-lo novamente, porém, somente a tosa mais higiênica, para deixá-lo mais fresco e assim passar melhor pelo verão.

Com o calor o ideal é que o dono ofereça sempre água limpa e fresca a seu cão e isso não somente em casa, mas ainda durante passeios e pequenas caminhadas: água para o dono e água para o cão, pois ambos precisam de hidratação constante. Já que esse problema, em casos mais graves pode até acarretar a morte do animal.

Mais Sobre a Tosa e o Verão

Na época mais quente do ano costumamos guardar nossos agasalhos e cobertas, pois qualquer contato com lã ou tecido mais quente nos proporciona um profundo desespero. A mesma coisa sente os cães, por isso a tosa é recomendada durante esta estação do ano.

Ocorre que os pelos dos cães não agem da mesma maneira que nossas roupas, sendo um componente único na vida dos mesmos, agindo na regulação de sua temperatura. Em muitas situações, o pelo age tanto para aquecer o cão no inverno quando para resfriá-lo no verão.  Por isso, a tosa não pode ser total, senão pode prejudicar bastante o cão.

 

Antes de partir para a tosa é importante consultar um médico veterinário para se informar qual o grau que é recomendado para aquela raça em especial, que não causará problema nenhum ao cachorro.

Há determinados fatores que devem ser levados em consideração antes de partir para a tosa e devem ser perguntados ao veterinário:

  • A raça do meu cão sofreu alguma modificação através da genética para ter pelagem grossa e longa ou a mesma é natural para ter essa pelagem?
  • Os cachorros que possuem a pelagem longa usam a mesma para fazer a regulação de sua temperatura?
  • É recomendada a tosagem que deixa pelos com tamanho menor que 03 centímetros de comprimento?
  • Expor o animal tosado ao sol pode ocasionar queimaduras na pele do mesmo?

O dono tem que ter em mente que as condições do ambiente que o cachorro vive devem ser determinantes na sua tosa também. Para elucidar, prestem atenção: cachorros que estão em contato contínuo com campos abertos, piscinas, acesso livre a rios e açudes, possuem necessidades diversas do que aquele mesmo cão que vive em um jardim, num apartamento, no asfalto, com conforto e ar condicionado.

Em determinadas raças a tosa é extremamente necessária, especialmente no verão, mas ainda em várias épocas do ano, não somente em razão da higiene, e sim por causa da saúde. Há raças que precisam de tosa aproximadamente de 45 em 45 dias, como é o caso do Lhasa Apso.

Por isso, informe-se sobre a necessidade da tosagem de seu animal e aproveite para deixá-lo sempre saudável e bonito.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *