Isso Que é Vida Boa

O que mais vemos atualmente são animais de estimação sendo mimados por seus donos, e isso não compreende cuidados básicos, mas mimos mesmo, diferentes cuidados como camas especiais, tratamento de massagem, alimentação ultraespecial e muito mais. Assim como acontece com as crianças, os animais também podem ser estragados com grande facilidade.

Os cães e gatos, por mais que sejam mimados, não trarão tanto problema quanto uma criança mimada, por exemplo. Para mimar um animal o passo a passo é bastante simples, dê a ele tratamento estético de qualidade avançada, brinquedos diversos, designer de acessórios e tudo culminado com os mais caros alimentos. Além disso, muitos donos tendem a deixar que o animal se comporte de qualquer jeito, sem treinamento ou disciplina, mas, nesse caso, o problema é certo.

O excesso de mimos pode vir a acarretar inúmeros problemas. Desde a colocar em risco a saúde financeira da família, já que os custos extras com animais de estimação costumam pesar no bolso, até deixarem que os animais tenham dificuldades reais de comportamento, não podendo conviver com outros animais ou pessoas estranhas ao seu círculo.

O Exagero

Muitas pessoas acham ridículo tratar tão bem os animais de estimação, outros acham perfeitamente natural, da mesma forma que se trata alguém a quem se ama. Independente do ponto de vista, vemos que nos dias atuais as pessoas se sentem mais à vontade em ter consigo um animal bem tratado que uma companhia humana, talvez por não ter surpresas desagradáveis com os animais, ou coisa do gênero.

O problema é quando os presentes passam a ser numa quantidade exagerada, como diversas roupas, brinquedos, visitas frequentes ao spa de animal e tudo o mais. Entretanto, você pode perceber que seus mimos estão passando do limite quando:

  1. O armário de seu animal possui mais roupas que o seu e elas custam ao menos o dobro das suas?
  2. Os acessórios de seu animal possuem ouro, cristais ou diamante?
  3. Eles visitam o pet shop ou veterinário por mais vezes do que você vai ao salão?
  4. Seu animal tem quarto especial, e conta com o conforto de uma cama, armário e até TV?
  5. Você já não permite que ele ande por aí, pois o leva num carrinho de bebê?
  6. Seu animal tem apenas roupas de marca?
  7. Seu animal tem conta própria no Twitter, facebook e ainda conta com um blog para comunicação com demais pessoas?

Se você respondeu sim há mais de uma pergunta quer dizer que sua ligação com seu animal está passando do limite aceitável. Este indulgente e privilegiado estilo de vida leva seu animal a entender que é o membro Alfa do clã, e caso ele esteja em fase de crescimento, pode acarretar problemas de agressão e complicações no treinamento.

Comportamento e Disciplina

Se você tem um animal muito amado em casa, e que você faz tudo por ele, pode até ler a listagem acima e entender que o seu animal não está sendo mimado. Entretanto, exagerar nas roupas e presentes não é a forma única de acabar com a personalidade de um animal. A maneira mais habitual é sendo negligente quando em se tratando de comportamento, treinamento e disciplina.

Pense bem, não é normal um cão comer a mesma comida que seu dono, e nem sentar-se no chão enquanto o animal está deitado no sofá e nem deixar que o cão ignore simples comandos, como sentar, deitar, ou coisa do gênero. A menos que seu animal tenha menos de 8 semanas de vida, nenhuma das possibilidades citadas é um comportamento comum para um animal, especialmente se for um cão.

Cuidados Básicos com os Animais

  • Levar o animal ao veterinário para que seja feito nele as doses certas de vacinas, já que há sérias doenças que são transmitidas através dos cães, por exemplo. Da mesma forma que as pessoas necessitam se prevenir contra doenças, também os animais precisam de cuidados para não pegá-las.
  • Cumprir com a tosa daquele excesso de pelos é um cuidado importante para que o mesmo fique liberto do excesso de calor e também de parasitas; sem esquecer de mencionar uma aparência bem melhor. Além dos cuidados citados, as unhas precisam ser cortadas, no caso dos cães, mas isso deve ser feito pelo veterinário, e só se estiverem grandes demais, pois nesse caso podem vir a machucar o animal, nas vezes em que for se coçar. 
  • Escovar os dentes do animal, dar banho ao menos uma vez durante a semana, usando produtos próprios, é uma maneira de cuidar da higiene, e não esquecer de lavar bem os itens que o animal usa para dormir, como cama, travesseiro, coberta e tudo o mais. Todos nós gostamos de ser bem tratados e da mesma forma os animais, de ficarem cheirosos e  limpos.
    É bastante habitual o surgimento de carrapatos e pulgas nos animais, por isso, cuidados especiais são necessários para que fiquem livres desses tipos de parasitas.

Quase sempre os xampus e sabonetes próprios para serem usados nos animais domésticos têm substâncias que são tóxicas e que podem matar os bichos, mas, em determinados casos,  eles devem ser catados diretamente do corpo do cão ou gato. Por se alimentarem do sangue dos animais, esses bichos podem transmitir inúmeras doenças.

Animais Felizes

Os animais que moram conosco ficam o dia todo à espera de carinho e atenção, pois estão habituados a nossa presença e assim que chegamos ficam bem mais alegres. Eles costumam demonstrar seu contentamento quando balançam o rabo, e olham para nós. Por isso, é fundamental dar carinho aos animais, e sempre dispor de tempo para brincar com eles, levá-los passear e tudo o mais. Também é importante que eles tenham ocupação quando deixados sozinhos, então, alguns brinquedos são bem-vindos para que possam passar o tempo.

Além disso, também é preciso cuidar da alimentação dos animais de forma adequada. Atualmente podemos comprar rações que retiram o cheiro ruim das fezes, ou ainda aquelas que adequadas à idade do animal, mais nutritivas e com os ingredientes balanceados. Também é necessário que o animal tenha acesso constante a água fresca e limpa e preferencialmente filtrada.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Divertido

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *