Animais Que Podem Desaparecer

Infelizmente, o fantasma da extinção ainda ronda as várias espécies de animais em todo o mundo. Isso acontece especialmente em razão das mudanças climáticas e do desmatamento desenfreado, onde o homem acaba ocupando o lugar que antes era o animal.

Por mais que se criem políticas para fazer reservas e mais reservas ambientais, os animais demoram muito tempo para se adaptarem, assim como a natureza que demora anos até reconstruir aquilo que foi destruído.

Animais Que Podem Desaparecer

Não são raras as espécies que podem vir a desaparecer para todo o sempre e há aquelas bastante fabulosas e diferentes que fazem parte da lista negra da extinção ao médio e curto prazo. Para saber quais são elas que representam muito bem a grande biodiversidade da Terra e podem sumir em bem pouco tempo.

O Bicho-Preguiça

O bicho preguiça faz parte da mesma família que os tatus, tamanduás e equidnas.  Muitas dessas espécies estão ameaçadas. Uma de suas maiores particularidades é capacidade de girar a cabeça em até 270 graus, gostando ainda de sonecas bem longas. Esses animais costumam caçar em grupo e pegam as presas através de suas garras compridas.

O Ai-Ai

Este animal bastante raro possui uma característica compartilhada com os morcegos, sendo o único mamífero que faz uso do eco dos sons para encontrar suas presas. Constrói ninhos em formato redondo com fendas pequenas para promover a entrada e saída. Em determinadas civilizações o ai-ai é tido como um demônio pequenas que traz consigo a má sorte.

O Solenodonte

Este animal bastante curioso pertence também ao núcleo dos mamíferos, sendo encontrado especialmente em Cuba. Apesar de possui uma aparência inofensiva e simpática, injeta um poderoso veneno em suas presas por meio de seus dentes. Até pouco tempo essa espécie era tido como extinta, porém, em 2003, passou a ser novamente avistada.

O Kiwi

É praticamente impossível observar um kiwi e não reconhecê-lo logo de cara, pois possui um dos perfis mais incomuns de todo o mundo. Ele não tem a capacidade de voar, sendo ainda um pouco mal-humorado, contando com um temperamento bem forte. Tem um olfato bastante desenvolvido, por isso se distingue das demais aves.

Os kiwis ainda possuem uma união bastante duradoura, ficando com o mesmo parceiro por toda a vida, podendo viver cerca de 30 anos juntos.

O Dugong

Este animal que vive na água é um parente do peixe-boi e também dos elefantes. Possui uma cauda característica, e a partir dela foi originário o mito das sereias. Sua principal causa de extinção está relacionada à caça em razão de sua pele, carne, ossos e ainda o óleo.

Eles são animais bastante amigáveis e dóceis.

A Rã Púrpura

Esse animal ganhou esse nome por possuir uma coloração brilhante e violácea. Passa grande parte do ano sob a terra, e se mostra somente durante algumas semanas, nas monções com o intuito de acasalamento. Como fica bastante tempo escondida, fica complicado para os cientistas comprovarem a continuidade da espécie e ainda sua existência.

Esta rã tem sua alimentação voltada para os cupins e possui a capacidade de por cerca de 3000 ovos em uma única vez, no entanto, sobrevivem bem poucos filhotes.

O Tamboril

Este originário das regiões abissais é conhecido em razão de sua estranha saliência na face. A fêmea é maior que o macho, porém, o mais interessante é que ele gruda em sua pretende, que cuida de sua alimentação até que venha a morrer, deixando-a já em processo de fecundação.

Animais que podem desaparecer no Brasil

Cuíca-de-Colete

A cuíca-de-colete pode acabar morrendo em razão de sua imensa preguiça. Com seus lentos movimentos e ficando até 70% do tempo em repouso, este mamífero passou a ser um alvo fácil para os caçadores, sendo uma das espécies mais ameaçadas de extinção em nosso país.

Ele habita o norte dos Estados do Ceará e do Maranhão e como quase sempre frutas. Os indivíduos machos são negros, cujas partes extremas dos membros, possuem tonalidade avermelhada e a lateral possui pelagem dourada. As fêmeas, na maioria das vezes, têm cor pardo-amarelada, passando próximo ao oliva.

Baleia-Azul

Conhecida como o maior animal do mundo, ela pode desaparecer de nosso país justamente em razão de seu porte. Esses animais medem cerca de 30 m, sendo que os machos são menores e mais leves que as fêmeas. Este tamanho todo arrebanhava um rendimento alto à atividade comercial baleeira até a década de 60, quando teve sua proteção feita pela Comissão Internacional Baleeira.

 Mico-Leão-Preto

O mico-leão-preto tem seu habitat compreendido especialmente na Mata Atlântica e, pode sumir num pequeno espaço de tempo. Este mamífero está ameaçado em razão da modificação de seu habitat, especialmente por causa do desmatamento.  Grande parte da população dos indivíduos dessa espécie está concentrada no Morro do Diabo, no Estado de São Paulo, que é regida pelo Instituto Florestal de São Paulo e possui aproximadamente mil animais, que vivem num espaço de mais ou menos 37 mil hectares de floresta.

Bugio-Marrom

Pense sempre antes de adquirir um animal exótico para por de enfeite em sua estante. O desmatamento da Mata Atlântica, que assola grandes porções da vegetal nativa, aliado ao comércio ilegal de animais, no caso o bugio que é comercializado como se fosse bicho de estimação, podem ocasionar no desaparecimento do animal da Mata Atlântica.

Rato-do-Mato

Esse é um rato que não vive escondido atrás dos móveis de sua casa e nem come queijo. Ele é um animal encontrado especialmente em São Lourenço, no Rio Grande do Sul, em São Paulo e no Paraná. Ele se alimenta basicamente de frutos, folhas e vegetais e habita a floresta. Por ter um tamanho grande, medindo aproximadamente 11 cm, somados aos 2,5 de cauda e mais 1 quilo de peso, fica exposto, por isso pode se extinguir com maior facilidade.

As maiores ameaças a sua vida são a destruição de seu habita natural e o desmatamento.

Lambari

Ao contrário dos demais animais, esse é um peixe que anda se escondendo bem do homem, pois já está quase extinto pela invasão de outras espécies. Este peixe é onívoro e não atinge mais de 15 cm de tamanho. Possui o corpo prateado, mas as cores de suas nadadeiras possuem variações, apresentando mais a cor preta, vermelha e amarela.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • E um horror que todos esses anomais estejam desaparecendo eles fazem parte de um ecossistema e cadeias alimentares e se sumirem causaram um grande estrago,isso e culpa do ganancioso homem pois e ele que causa os desequilíbrios ambientais

    Claudia 9 de abril de 2015 9:39

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *