Animais Selvagens Africa

De todos os continentes do mundo, a Africa com toda a certeza se destaca. Não somente pela sua cultura muito rica, mas também pelos animais e plantas que abriga. A África é um dos continentes mais antigos e assim guarda coisas e histórias surpreendentes.

A África do Sul graças aos defensores da natureza e os conservacionistas, ela continua sendo a mais abençoada em relação a sua fauna abundante.

Os animais mais conhecidos da África e de longe os mais afamados pela classe dos mamíferos de porte grande, são o elefantes, o rinoceronte, o búfalo, o leão e o leopardo. Também tem a girafa, a baleia e o hipopótamo.

Só no Parque Nacional Kruger tem mais de 20 mil búfalos e 10 mil elefantes, pois eles conservam os animais que são totalmente de origem africana, ou seja, os que são encontrados pro toda a África, tem um número maior deles na África do Sul.

O rinoceronte branco também é um animal africano, que estava em extinção, porém já conseguiram preservar esta espécie, assim tendo vários deles tanto no Paruqe Hluhluwe Umfolozi e no Parque Nacional Kruger.

Animais Selvagens

Animais Selvagens

Esse continente maravilhoso é o terceiro mais extenso do mundo, com 30 milhoes de quilômetros quadrados. Não dá para acreditar, não é mesmo? A África também é o segundo continente mais populoso. Mais de 900 milhoes de pessoas são consideradas africanas. Tem também 54 países que são independentes e ainda possui algumas colônias, que pertencem a outros países. Uma das coisas mais fortes na África, infelizmente, é a exploração. Essa prática continua a anos e ainda os países não tomaram consciência de como isso é um atraso de vida. Como o mundo inteiro sabe, a Africa é conhecida mais pela sua pobreza do que pela sua diversidade de cultura, de povos, de dialetos. De todos os países pobres, 30 estão na África. As taxas de analfabetismo, mortalidade infantil, qualidade de vida e outros números são assustadores. As guerras também, infelizmente, fazem parte da realidade e do cenário do continente. É só ver os noticiários para perceber como é a situação do continente africano. A situação da Líbia é um dos casos mais sangrentos da história da Africa.

Animais Africa

Animais Africa

Falando do relevo e do clima do continente podemos afirmar que as rochas e o solo africano é muito antigo. Há muitas planícies e vales. Tem um dos climas mais quentes do mundo, devido a localização bem próxima da linha do equador. Apresenta os seguintes climas: equatorial, tropical, desértico e mediterrâneo. A vegetação da África chama a atenção. Ela é, na maioria das vezes, uma floresta tradicional equatorial. Há também muitas estepes e a vegetação mediterrânea.

Na África se falam muitas línguas diferentes.  Devido também a sua colonização super variada, a África apresenta línguas e dialetos diferentes mesmo em um mesmo país, como é o caso da Nigéria que possui muito dialetos, apesar de ter como idioma oficial o inglês, já que teve colonização britânica. As religiões são basicamente o islamismo, que tem como maior numero de adeptos a Africa Branca, mas que tem uma grande aceitação também entre os povos negros. Há o cristianismo, que foi levada pelo padres missionários em épocas de colonização e ensinada aos negros, naquele tempo escravos. Existem também o animismo que é a maior da Africa. Essa religião tem em cerca de seis seitas que são politeístas. Ela acredita na força do homem e em toda a sua capacidade de conseguir controlar a natureza.

Leão

Leão

Muitas pessoas vêem a Africa apenas como uma grande floresta, porém é um continente bem civilizado e habitado, como já foi citado. Mesmo com tantos animais como o elefante-africano, a girafa, leão, rinoceronte, leopardo, camelo, gorila e tantos outros, a África tem cidades, prédios e tudo o que os outros países possuem. Até mais, em aspectos de fauna e flora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>