Animais Pré-históricos do Brasil e do Mundo

Entre os temas preferidos nos roteiros de filmes de ficção científica, os animais pré-históricos, além de povoar o imaginário das pessoas também indicam referências fundamentais para estudos de biologia e demais pesquisas que até hoje nos ajudam a compreender melhor a formação e evolução da terra e das civilizações.

São catalogadas como pré-históricos as espécies de animais que habitaram o planeta antes do surgimento da escrita, na sua maioria, foram extintos devido a fatores ambientais, climáticos e também pela evolução natural das espécies. O registro é feito a partir de descoberta de ossadas, transcrições e resgate do histórico de animais que ainda habitam a Terra.

Ossada

Os Primeiros Habitantes

Datam os estudos da área que o Urmetazoan é o animal mais antigo do mundo. Os pesquisadores revelam que a vida animal no planeta iniciou no mar. A estrutura do Urmetazoan é ainda uma incógnita, mas diversas teorias apontam para sua evolução a partir dos choanoflagelados, flagelo do Reino Protista formado por uma célula composto por microvilosidades ao redor do corpo.

Daí à evolução para os primeiros seres vertebrados torna-se difícil o registro exato, porém sabe-se que a história nasceu com os peixes que, no princípio, não tinham mandíbula. Eram os Conodontes, Ostracodermos, Arandaspis e Pikaia. Depois disso vieram os anfíbios e répteis com algumas espécies descendentes presentes até a atualidade.
Com essa análise é mais fácil entender de onde vieram os dinossauros, que marcaram a era povoando o mar, o céu e a terra. Entre eles, três espécies de répteis já extintos considerados antecessores dos dinossauros: ictiossauros, plesiossauros e pterossauros. Eles apresentavam características que foram subdivididas posteriormente entre as categorias de aves, mamíferos e outros.

Atualmente diversas pesquisas encontram sequência devido a importantes descobertas feitas no mundo. O esqueleto do Eustreptospondylus, encontrado na Inglaterra, permitiu que os cientistas traçassem seu perfil: um dinossauro que viveu há cerca de 165 milhões de anos, era carnívoro e bípede, com aproximadamente 5 metros de comprimento.

Evolução

Dinossauros Brasileiros

No Brasil também já foram encontrados diversos fósseis que contribuíram para a evolução dos estudos sobre os animais pré-históricos. O primeiro indício da vida dos dinossauros em terras tupiniquins foi descoberto em 1897, posteriormente analisado como marcas fósseis de pegadas. A confirmação só chegou quase cem anos depois e a região ganhou o nome de Vale dos Dinossauros.

Todavia, estima-se que algumas espécies investigadas no Brasil viveram aqui durante todo o período da sua existência na Terra, há 230 milhões de anos. Ao todo já são registradas 15 espécies de dinossauros brasileiros, culminando com o gigante Titanossauro, que tinha aproximadamente 15 metros de comprimento e 6 metros de altura. Além de enorme, ele também era herbívoro, ou seja, se alimentava apenas de vegetais. Junto a ele foram catalogados outras grandes espécies: Abelissauros, descobertos na região sudeste do país, e Espinossauros, identificados no nordeste.

Ainda, no Rio Grande do Sul, Paraíba, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo também foram descobertos fósseis de animais pré-históricos.

Dinossauro

Por Vivian Fiorio

2 comentários

  1. este site não é muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>