Vacinação em Bovinos

Recomendações técnicas da vacinação em bovinos

As vacinas disponíveis para serem aplicadas em bovinos, geralmente são as que previnem brucelose, febre aftosa, clostridioses (gangrena gasosa, carbúnculo sintomático e enterotoxemia hemorrágica), diarreia viral bovina (BVD), rinotraqueíte infecciosa bovina (IBR), diarreia neonatal, botulismo, raiva, tétano, leptospirose e mastite.

O uso das vacinas contra a brucelose, a febre aftosa, a BVD, as clostridiose, IBR, deve ser sistemático, das quais a obrigatória por lei é a febre aftosa. As demais devem ser aplicadas, caso exista evidências de doença em outros animais na região onde os estes animais são criados.

As vacinas contra BVD e IBR, são em geral comercializadas em um frasco único.

A vacina contra clostridioses pode ser comercializada na forma policostridial, ou seja, como um imunizante contra agentes causadores da gangrena gasosa, do carbúnculo, e da enterotoxemia hemorrágica.

Vacinação em Bovinos

Vacinação em Bovinos

Evite transtornos seguindo as instruções a risca

Todas as vacinas devem ser aplicadas corretamente, seguindo as instruções do fabricantes, para que não ocorra perda do produto, tanto com a mão de obra, quanto com o animal.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Vacinas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *