Pacarana

A Pacarana, muitas das vezes conhecida como Paca de Rabo, é uma espécie exclusiva da família Dinomyidae, ou seja, ela compõe de forma solitária tal família.

Ela é um roedor de hábitos noturnos, inclusive ocupa o terceiro lugar na escala de tamanho entre os roedores em todo o mundo, perdendo duas posições para capivara e o casto respectivamente, sendo encontrada somente nas florestas tropicais, como no Amazonas e no Acre nas terras brasileiras, na Colômbia, no Equador, na Venezuela, na Bolívia e também no Peru. Sua dieta alimentar é composta por alguns frutos, folhas e até mesmo raízes, desta forma, resumi-se em uma dieta basicamente vegetal.

Paca de Rabo

Elas atingem um peso máximo médio de 15 Kg (quinze quilogramas) e altura que pode variar de 25 cm (vinte e cinco centímetros) a 30 cm (trinta centímetros). Sua gestação é de 230 (duzentos e trinta) a 283 (duzentos e oitenta e três) dias.

Seu comprimento pode chegar aos 80 cm (oitenta centímetros) mais 20 cm (vinte centímetros) de cauda. A sua coloração é, na maior parte, escurecida com ocorrência de pequenas manchas claras (brancas) espalhadas em todo o dorso, que serve como proteção, confundindo seus predadores ganha maior segurança.

As pacaranas costumam andar em bando não muito numeroso por regiões onde a vegetação é bastante densa. Seus dentes incisivos, em geral, são grandes, os molares se caracterizam por possuírem uma coroa alta, e o fato de não terem raiz permite com que os dentes cresçam de forma continua e se desgastem conforme se alimentam (roem).

Dentes

É considerado um plantígrado que são aqueles animais os quais andam com as plantas dos pés. Suas patas possuem 4 (quatro) dedos com unhas bem afinadas, que faz parte de sua defesa e auxílio na alimentação.

As orelhas são pequenas e curvadas de uma forma rara. Possuem uma abertura profunda no lábio superior, e o rosto assume uma forma acentuada com bigodes cinzentos e longos.

Vale lembrar que não se sabe muito ainda a respeito desses animais e seus hábitos, ou sobre seu comportamento em habitat natural, pois como dito anteriormente além de não serem numerosos, vivem em áreas de difícil acesso, como por exemplo, a floresta amazônica.

E apesar de ser um animal muito amparado por instituições de proteção aos animais ainda sofrem altos riscos de extinguir-se.

Não podemos confundir Pacaranas (significa falsa paca) e Pacas. Apesar de ambos serem roedores e se parecerem muito, daí o motivo de serem conhecidas como paca de rabo, elas são de famílias diferentes.

Especie Diferente

Outro detalhe é a respeito da carne, ao contrário da carne da Paca que é muito apreciada, por isso muito caçada também, a pacarana possui uma carne dita “remosa”, de baixa qualidade.

Devido às características desse animal ela é muito bem vista para criação em cativeiro. Assim será possível uma melhor análise das atividades diárias desse animal, que traria avanças a ciência. Tudo isso sempre sob a supervisão de órgãos como o IBAMA.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>