Tartarua É Mamífero Ou Peixe

As Tartarugas

Fazem parte da ordem testudinata, as tartarugas são répteis e ovíparas. São comumente confundidas com jabutis, que são mais comuns no Brasil e são terrestres, e com cágados que tem como habitat natural a água doce. A principal característica que os faz confundir a primeira vista é a carapuça nas costas do animal, que é composta por uma placa óssea que tem o formato arredondado e é extremamente duro. Há também um plastrão ventral que serve para proteger o corpo do animal. Saem da água apenas para receber a luz solar ou para botar seus ovos na areia. Elas são um dos répteis mais populosos e são mais fáceis de serem encontradas. Dependendo da espécie ela pode ter seu habitat em águas salgadas ou em águas doces.

O temperamento desse animal geralmente é calmo e tranquilo, podendo viver em qualquer tipo de ambiente. Mas as espécies que passam mais tempo no meio terrestre são mais agressivas, pois tem o hábito de defender seus filhotes de predadores constantes. As marinhas são silenciosas e nadam tranquilamente. Mas algumas espécies quando são perturbadas podem morder e são conhecidas pela mordida extremamente dolorosa.

Não são animais que interagem facilmente com os seres humanos, mas mesmo assim são encontradas em casa vivendo como animais domésticos. Precisam de atenção como qualquer animal quando são domesticados e precisam de cuidados constantes. Um dos fatores que não incluem as tartarugas facilmente na lista dos animais domésticos mais comuns é que elas vivem em média cerca de 50 anos, ou seja, os cuidados com esse animal devem ser contínuos por décadas.

Diferenças Dos Cagados E Dos Jabutis

Cagados: é uma espaceia que vive dentro d’água, mas também realiza todas as suas atividades no meio terrestre. Ele não tem o costume de ter seu habitat apenas em água doce e o que difere das tartarugas e dos jabutis é o casco que é mais achatado. As patas também são diferentes, elas possuem dedos com membranas que tem a finalidade de auxiliar o nado do animal. A distinção sexual é feita somente com a análise no plastrão e o pênis do animal macho fica alojado na cauda e só é possível ver no momento do acasalamento.

Jabutis: essa espécie é somente terrestre. É mais fácil de ser encontrada no Brasil e também é uma das mais comuns a serem domesticadas, pois não necessitam de um aquaterrário pelo fato de não se adaptarem ao habitat aquático. São animais gigantes e os cascos são bem maiores quando comparados as tartarugas e aos cagados. Algumas espécies tem o casco com cores mais vivas e alegres e outras possuem os cascos num tom mais fosco. Eles vivem em bandos ou sozinhos e se alimentam de folhas, verduras, frutas e legumes. Há também rações encontradas em lojas veterinárias que ajudam a fortalecer as vitaminas do animal.

Independentemente das espécies citadas acima, a legislação brasileira considera o animal como “animal silvestre” e para fazer a criação das espécies em casa deve-se ter um alvará legalizando o criadouro do animal. São analisados o ambiente em que o animal irá viver e a criação que ele terá, visando a saúde e o bem estar.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Répteis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *