Diferenças Entre Crocodilo e Jacaré

Crocodilos e jacarés e são membros do grupo Crocodylia réptil, conhecida entre os não estudantes de animais apenas como apenas répteis. São primos de um grupo maior, os répteis, que envolvem ainda as cobras, as lagartixas e outros.  Dentre do grupo dos répteis, as famílias a que pertencem, Crocodylidae e Alligatoridae, respectivamente, diferem.

Crocodilos e Jacarés São Animais Antigos Na Terra

Estes animais são bem impressionantes. Sua linhagem remonta 240 milhões de anos, o que significa que eles sobreviveram aos dinossauros, que possuem apenas 65 milhões de anos de extinção na terra. Idealizados para a vida na água e na terra, tais animais podem nadar até a 32 km/h e 17,6 km/h. Eles estão mais em casa na água e podem prender a respiração por até uma hora sem precisar tomar fôlego, principalmente em situações de tensão como em uma caçada.

É por isso que você apenas seus olhos ou apenas sua sombra dentro de um rio ou lago. Os olhos situados no topo de suas cabeças lhes permitem manter um vigia constante para buscar alimento ou se proteger de animais e caçadores, enquanto suas caudas poderosas rapidamente os impulsiona através da água para nadar rápido e fugir de predadores de sua espécime(que são bem poucos).

Crocodilos e Jacarés Comem De Tudo. Mesmo.

Crocodilos e jacarés são animais bem semelhantes em seu costume alimentar. Ambos são caçadores e vão comer praticamente qualquer coisa que eles podem morder com seus dentes, de peixes e tartarugas na água, de macacos e búfalos se resolverem dar um mergulho. Com dentes especializados apenas em espetar, não se incomodam em mastigar sua comida. Eles engolem pedaços grandes ou todo animal inteiro e vão digerindo. Este tipo de alimentação também é comum entre as cobras.

Como se isso não fosse assustador o suficiente, tais animais possuem sentidos incrivelmente poderosos para detectar a sua presa. Sua visão sobre a água é de alto nível, e graças a pupilas verticais que podem abrir-se de forma extra larga para deixar entrar mais luz, eles também têm uma visão noturna intensa. E mesmo que você não possa ver os seus ouvidos, não se deixe enganar: estas pequenas fendas são sensíveis o suficiente para ouvir descendentes chamando de seus amigos de espécime de dentro de seus ovos. Até mesmo o sentido do olfato é altamente desenvolvido, devido a órgãos especiais em seus focinhos.

Crocodilos Vivem Em Águas Salgadas. Jacarés Não.

Digamos que você está no pântano e um réptil ameaçador e com fome se dirige até você. Seu último desejo é saber se é um crocodilo ou um jacaré ameaçando sua vida naquele instante, mas você pode identificar. Uma maneira de saber se você está prestes a ser comido por um jacaré ou um crocodilo nem passa pela sua mente, mas há diferenças sutis entre os dois animais.

Jacarés e crocodilos não coabitam, ou seja, geralmente não vivem na mesma região. Uma boa pista para saber se é um ou outro é a sua localização. Os jacarés vivem principalmente em pântanos de água doce, lagos e córregos de baixa rotatividade no sudeste dos Estados Unidos, América do Sul e da China. Os crocodilos vivem nos demais espaços como pântanos e rios lentos, mas toleraram águas salgadas como manguezais e estuários na África, América do Norte, América do Sul e Ásia. O único lugar onde você vai encontrar as duas espécies é a ponta sul da Flórida, nos Estados Unidos.

A principal razão para esta separação geográfica tem a ver com a biologia. Os crocodilos têm as suas glândulas de sal bem desenvolvidas na sua língua e expelem grandes quantidades de sal contidas na água que ingerem, permitindo-lhes viver em águas mais salinas sem danos a seu organismo. As mesmas glândulas no jacaré existem, mas não funcionam tão bem, levando-os a se manter a habitats de água doce.

Mandíbulas Marcam a Diferença Entre Crocodilos e Jacarés

Outra forma de identificar o réptil que você está vendo é dar uma boa olhada na forma de sua mandíbula. Crocodilos possuem longos focinhos pontiagudos, em forma de ‘V’, enquanto os jacarés têm focinho mais arredondado, como ‘U’ a letra.

A mandíbula do jacaré é mais forte, projetada para suportar a pressão de reprimir a carapaça dura de suas presas como as tartarugas que são abundantes em seu habitat particular. O maxilar inferior do crocodilo é capaz de exercer um potente soco, sendo ideal para uma ampla variedade de presas, mas não para comer uma tartaruga.

Dentes Diferenciam Jacarés De Crocodilos

Enquanto seus olhos estão focados no queixo, vá em frente e olhe para os dentes do animal também, outro identificador bom. A mandíbula inferior de um crocodilo é ligeiramente menor do que a sua mandíbula superior, por isso os seus dentes inferiores ficam escondidos quando se fecha a boca. Quando um jacaré abre um sorriso de boca fechada, tudo que você pode ver são suas presas apontando para baixo.

Crocodilos têm sorrisos completos, pois ambos os maxilares são aproximadamente do mesmo tamanho. Seus dentes superiores e inferiores se unem para morder a presa de forma eficiente. Embora seus dentes pareçam diferentes, ambas as espécies de crocodilianos têm um número ilimitado de dentes brancos e brilhantes. Ao contrário dos mamíferos que tem uma chance de substituir os seus dentes, crocodilianos podem crescer com um suprimento vitalício de dentes, e sempre que um cai outro nasce.

Pele Também Diferencia Crocodilos De Jacarés.

Outra maneira de diferenciar os dois animais é verificar a sua pele. Ambos os animais, crocodilos e jacarés, têm na pele pequenos buracos chamados órgãos dos sentidos tegumentar ou receptores de pressão dérmicos, que lhes permite localizar presas por reconhecer as pequenas mudanças de pressão na água feitas por outros animais. Os poços, que parecem pequenos pontos, cobrem quase cada centímetro do corpo de um crocodilo, mas apenas as mandíbulas de um jacaré. Assim, é fácil de detectar as diferenças entre crocodilo e pele de um jacaré.

Existem no mundo 23 espécies de crocodilos, e quase a mesma quantidade de jacarés. Há exceções a essas diferenças que citamos acima, mas são casos raros.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Répteis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *