Queixada: O “Porco-Selvagem”

Se existe um animal que poucas pessoas sabem que existe é o Queixada, um tipo de porco-selvagem. Com um nome desses não é difícil imaginar por que ele não é tão popular, não é mesmo? Apesar de falta de fama, é um animal bastante interessante e intrigante.

Conheça melhor quem é o Queixada, como vive, onde vive e como se comporta. Uma viagem ao universo dos porcos-selvagens em busca de uma das espécies mais diferenciadas.

Quem é a Queixada?

A Queixada é um animal mamífero que é encontrado em algumas áreas da América do Sul e da América Central. Trata-se de um tipo de porco-selvagem que costuma ser visto em bandos. Para se ter uma ideia, esse animal pode viver com outras dezenas da mesma espécie. Já foram vistos grupos com mais de 100 espécimes de Queixada.

Porém, é importante que se destaque que o Queixada não é mesmo que um Javali ou um Cateto. Geralmente, é bastante confundido com os dois parentes próximos que também são porcos-selvagens. O Porco-Monteiro também não está relacionado ao Queixada de maneira alguma.

Uma curiosidade a respeito do Porco-Monteiro é que ele era um porco doméstico, porém, no Pantanal se tornou um porco-selvagem.

Nome científico

O nome científico da Queixada é Tayassu pecari. Embora se pareçam muito com porcos a distribuição e classificação são bem diferentes. Estes animais são pertencentes a grande família de mamíferos enquanto os porcos são pertencentes a família suiidae. Existem muitas outras denominações para o queixada, pecari, canela-ruiva, porco-do-mato, sabacu, queixo-ruivo, tacuité, taiaçu, taguicati, tajaçu, tiririca, tanhocati e miguel. Morfologicamente falando, o queixada é extremamente semelhante ao caititu.

Não Brinque Com a Queixada

Uma das características mais marcantes da Queixada é o fato de ser um animal bastante agressivo quando se sente confrontado. Em geral não há histórico de ataques de Queixadas de forma gratuita ao ser humano. Porém, até saber o que é considerado um tipo de confronto para esse animal…

Se a Queixada estala os dentes (que são bem ameaçadores) pode apostar que ela está nervosa e pretende atacar. Esse estalar de dentes é uma forma de avisar ao oponente que está pronta para o ataque se for necessário.

Ataque de queixada

Pelas suas reações agressivas eles não são domesticáveis, mas não tem por hábito atacar seres humanos. Estes animais costumam estalar seus dentes buscando assim alertar os intrusos quanto as suas intenções de ataque. O queixada pode chegar a medir 1 metro, sua pelagem varia entre tons de marrom até o preto, seu focinho contém partes brancas. O convívio social entre eles é muito organizado, eles tem um sistema hierárquico muito bem estabelecido.

Aparência, Peso e Tamanho

A Queixada tem um comprimento de mais ou menos 1 metro, a sua pelagem varia entre tons de preto, cinza e marrom. No seu focinho, é possível observar umas partes brancas. O peso de uma Queixada fica em torno de 40kg. A sua cauda é atrofiada.

O visual geral da Queixada é bem de porco-selvagem mesmo e lembra bastante um Javali, até por isso, há tanta confusão de pessoas que pensam que se trata do mesmo animal.

Os queixadas são animais muito fortes e robustos, possuem pernas longas e finas, sua cauda é muito curta. Suas patas anteriores tem 4 dedos e as patas posteriores tem 3 dedos, todos eles com cascos. Em geral, quando eles caminham apenas dois dedos tocam o chão. No Brasil existem duas espécies destes animais, sendo que os queixadas são os de maior porte.

O Que Come a Queixada? Como é sua alimentação?

A alimentação desses animais consiste basicamente em raízes, frutas, alguns pequenos animais (bem ocasionalmente) e brotos de plantas. Podemos observar que é um animal com uma dieta variada e centrada em alimentos fáceis de encontrar.

Além disso, em alguns casos, a Queixada pode chegar até mesmo a se alimentar de carniça e de aves.

Nas florestas tropicais existe abundância de alimentos, muitas frutas, castanhas e sementes que caem de árvores constituindo a principal fonte de alimentos desta espécie, eles também se alimentam de larvas dos besouros, sapos, pequenos invertebrados, filhotes de aves e lagartos São excelentes mastigadores e sendo assim somente as minúsculas sementes escapam das queixadas. Eles são capazes de triturar castanhas e sementes mais duras.

Queixada em seu Habitat

Queixada em seu Habitat

Curiosidades

Os maiores predadores desta espécie são as onças e os homens, que os caçam. Eles são muito vulneráveis à caça por humanos pelo fato de que tendem a confrontar as ameaças quando deveria simplesmente fugir. A gestação de um queixada dura cerca de 160 dias e geralmente nascem dois filhotes.

Como é a Queixada Em Sociedade?

O convívio social desses animais é bastante organizado, existe uma hierarquia estabelecida, o que permite que haja paz entre esses animais. Porém, é importante que fique clara a natureza selvagem desse animal. Não existe possibilidade de se domesticar uma Queixada.

O Nome Queixada

Você deve estar curioso para saber por que o nome pelo qual esse porco-selvagem é conhecido é Queixada. Como já dissemos, a Queixada pode ser bastante agressiva quando se sente ameaçada e quando começa a manifestar que não está de bem, ela age de forma a pronunciar o seu queixo.

Além disso, o animal bate fortemente o queixo, assim foi inevitável lhe chamar de Queixada.

Habitat

O tipo de habitat preferido da Queixada são as florestas úmidas, caatingas, campos e cerrados. É possível encontrar espécimes de Queixada desde o sul do México até o norte da Argentina.

Os queixadas tem por habitat desde Oaxaca no México e a região sul de Veracruz até o norte da Argentina e o sul do Uruguai. Na região norte eles se restringem a floresta tropical úmida, já na América do Sul habitam locais secos e úmidos, inclusive nas florestas tropicais, caatingas e chacos. Esta espécie costuma viver em grandes bandos, geralmente contendo entre 50 e 300 indivíduos.

Os bandos costumam andar em áreas grandes e não demonstram ter apego por territórios. Para acomodar sua forragem os queixadas escavam alguns centímetros da primeira camada de solo e camada humífera, para isso se utilizam de seu focinho como uma espécie de arado. Estes animais não tem por hábito realizar escavações profundas. As florestas de várzea são as preferidas desta espécie. Tem hábitos diurnos.

Queixada com seu filhote

Queixada com seu filhote

A Vida De Uma Queixada

Um animal que é ativo tanto durante o dia quanto durante a noite, uma espécie bastante territorialista. A forma como esse animal demarca o seu território é através de uma glândula odorífera que deixa um odor característico.

Quando está em bandos, a Queixada pode chegar a atacar invasores e predadores.

A Gestação De Queixada

Um dos momentos mais especiais na natureza é a gestação e no caso da Queixada, esse período dura em média 160 dias. Cada gestação pode dar como resultado de 01 a 04 filhotes. Varia bastante de animal para animal.

Espécie Ameaçada

Esse é um animal que vive numa situação de ameaça de extinção, pois o seu habitat vem sendo destruído e dessa forma, é bem difícil encontrar alimentos e um lugar seguro para ter os seus filhotes e perpetuar a espécie.

Para se ter uma ideia do tamanho desse problema, existem algumas regiões em que a Queixada já é extinta. Além do desmatamento e destruição do seu habitat, também existe o problema da caça de Queixadas por fazendeiros.

Como esses animais podem invadir propriedades e causar problemas para as plantações acabam sendo o alvo de vários fazendeiros. Ainda tem a disputa de território e alimentos com o Javali.

Queixada, Carne Exótica

Não fossem já todos os motivos que apresentamos acima para justificar a difícil vida das Queixadas e a sua possibilidade de extinção ainda existe o fator comestível. A carne de Queixada assim como a de outros animais silvestres como os Catetos e Javalis é considerada exótica.

Todo mundo sabe que o que leva a denominação de exótica acaba se tornando um desejo de consumo entre as pessoas que tem dinheiro sobrando. Alguns frigoríficos já foram autorizados no Brasil a trabalhar com carne de Queixada dentre outras espécies.

Restaurantes que oferecem os tais pratos exóticos tem a carne desse animal no cardápio. Dessa forma, o costume de comer essa carne se difunde e esses animais vão se tornando ainda mais raros.

Existe uma fiscalização específica para garantir que esse tipo de comércio de carne de Queixada não passe do ponto e não interfira na natureza, porém, a linha entre o aceitável e o problema é cada vez mais tênue.

Mais uma espécie de porco-selvagem que parece condenada a sumir da nossa vista em pouco tempo. Realmente uma pena, pois se trata de um animal bastante interessante que nos chama a atenção por seu estilo de vida e algumas características bem peculiares. Quem não conhecia a Queixada, ficou sabendo um pouco mais sobre esse animal e também sobre a sua situação difícil.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Mamíferos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • ótimo post sobre o queixada, muito bem explicado, parabéns!

    AdoroComentar 13 de outubro de 2014 22:22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *