Preguiça de Hoffmann

Quando pensamos que já vimos de tudo, nos surpreendemos ao ver que nada sabemos ou que sabemos muito pouco sobre o reino animal. E a cada dia um mamífero, uma ave, um réptil e até mesmo um crustáceo entra na lista de animais com risco de extinção. Temos a sorte e a felicidade de saber que a Preguiça de Hoffman não consta nesta triste lista. Esse curioso animal tem características interessantes é um pouco diferente de outros bicho preguiça, e possui hábitos noturnos. Existem somente cinco espécies de preguiça no mundo, sendo três espécies com 3 dedos e duas espécies com 2 dedos.

Animal

Descrição do Animal

A Preguiça de Hoffmann conhecida cientificamente por Choloepus Hoffmanni tem apenas dois dedos com enormes garras, que a auxilia a movimentar-se entre as árvores sem que caia. Dorme durante o dia, e exercita-se e se alimenta preferencialmente durante a noite, sempre pendurada de cabeça para baixo. Seus movimentos são mais limitados quando comparadas às preguiças de três dedos. São excelentes nadadoras, mas vivem preferencialmente nas árvores. Na Taxonomia animal, as preguiças estão classificadas na Super Ordem Xenarthra, assim como os tamanduás e os tatus. Quando está dormindo, até mesmo a sua respiração é preguiçosa, ela chega a realizar somente 13 respirações por minuto.

Características

Características Físicas, Alimentares e Reprodutoras

Possui pelos na cor cinza, e alguns tufos pretos somente na parte da cabeça, focinho fino afunilado, e somente 2 dedos em cada pata. Seus movimentos são limitados por possuir somente 6 vértebras cervicais. Como vivem de barriga pra cima e cabeça para baixo, seus pelos crescem diferente dos outros míopes, animais. São animais enxergam muito pouco, e para alimentar-se, elas confiam em seus sentidos, a pouca visão que possuem, são exclusivas para enxergar com pouca iluminação. Alimentam-se basicamente de frutos e folhas das árvores que vivem, mas completa sua alimentação ingerindo ovos e filhotes de aves, pequenos insetos e lagartas. Sua reprodução é demorada, dura cerca de 330 dias para nascer um filhote.

Preguiça de Hoffmann

Onde se Encontra

Essa preguiça é natural da América Central e América do Sul, vive exclusivamente em árvores, sendo assim, é denominado um animal arborícola. No Brasil é encontrada facilmente na Região Amazônica nas copas das árvores. Dificilmente você verá uma preguiça no chão, isso por que, este mamífero não consegue andar ereto, e se locomove somente se arrastando, sendo assim, no chão torna-se presa fácil para os predadores. Elas só descem ao chão por dois motivos, 1- para trocar de arvore para se alimentar 2- para realizar suas necessidades básicas de higiene ( defecam e urinam à cada 5 ou 7 dias). Não são adeptas a cativeiro, pois não conseguem se acostumar com mudanças de temperatura e podem morrer facilmente.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Médios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *