Antílope – Tibetano

Entre os muitos animais que a nossa natureza tem, há os antílopes. O Chiru ou antílope tibetano é um dos animais mais encantadores que vive no Tibé, na China e em regiões da Índia.  Esse bovídeo como é conhecido é um mamífero que tem mais ou menos 1,2 metros de altura. Seu pelo normalmente é cinza com manchas marrom e meio vermelhas, mas podem haver variações dependendo da espécie. Existem muitas diferenças entre os machos e as fêmeas, porém as mais visíveis são os chifres. Os machos possuem chifres mais curvados para trás e com um comprimento de mais ou menos 50 cm.

Esse animal é um dos mais ágeis da natureza e tem uma musculatura extremamente desenvolvida, pois como é uma presa mais fácil é adaptado para correr de predadores, os felinos principalmente. Seu nome cientifico, nome dado ao animal quando o descobrem, é Procapra Przewalskii. Infelizmente é uma espécie que já está ameaçada de extinção, pois além dos predadores naturais, caçadores costumam mata-los por diversão e campeonatos. Esse animal adora a região do Lago Qinghai, o maior lago salgado da China. Pois seu revelo mais suave e sua abundancia em comida faz com que a reprodução do antílope tibetano seja mais efetiva.

Existem hoje inúmeras campanhas para que esse animal não desapareça completamente da natureza. Mas essas espécies que conseguem sobreviver tem muitas dificuldades de conseguirem ficar no local, já que tem a ação dos caçadores. É incrível como o homem não consegue nem por um segundo se enxergar como parte da natureza também e destroe tudo que encontra pela frente, sem dó nem piedade. Não para de matar e consumir até não ver o fim. E infelizmente o fim parece estar chegando para essa espécie de antílope.

O governo chinês chegou a lançar inúmeras campanhas de conscientização sobre a importância de preservar a vida desse animal, mas nenhuma teve o sucesso esperado. Essa campanha até fez com que de 200 animais a natureza voltasse a contar com 400 antilopes, mas não há uma continuidade.

Voltando-se para as características do animal, o macho tem os lábios preto a maxilar mais esbranquiçada, o que faz desse mamífero um animal muito interessante. No inverno, por exemplo, sua pelagem muda de cor e passa a ficar mais amarelada. O rabo também é de cor diferente, é preto.  Eles são facilmente assustados por humanos e correm muito rápido com medo de logo se tornarem caça. Por isso o animal é tão estimado em esportes como a caça, por ser um animal de difícil captura.

Esse animal é super dócil e muito inteligente e precisa ser preservado. A consciência do homem perante a natureza precisa muito mudar. E você pode fazer a sua parte.

O Pantholops hodgsonii, mais conhecido como antílope tibetano é pertencente a família dos Bovidae.

Vivem no planalto do Tibet, na região autônoma do Tibet Chinês, província de Xinjiang, província de Qinghai, antigo Nepal ocidental e Índia perto de Ladakh.

O antílope tibetano chega a medir cerca de 1.2 m de altura, chegando a pesar de 25 a 35 kg. Os machos dessa espécie, na fase adulta, possui chifre curvados para traz, medindo cerca de 50 cm de comprimento. É um animal ágil, esperto, alerto, inteligente e dócil.

Alimentam-se de ervas, grama e raízes.

O período de gestação do antílope tibetano dura de 7 a 8 meses, ocorrendo o nascimento entre o mês de maio e julho. A cada reprodução nasce de 1 a 2 filhotes.

Eles vivem de 10 a 15 anos.

É um dos milhares de animais que sofrem ameaças de extinção. Graças os esforços de proteção de antílope, o número deles cresceram nos últimos anos. Porém eles ainda são muitos caçados devido a seu chifre, que custam uma fortuna no tráfico de animais.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Médios

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *