Fotos Muflão

O mamífero selvagem Muflão ou Muflão-europeu (Ovis ammon musimon) é um ovino selvagem que faz parte do gênero Ovis. Basicamente é um tipo de carneiro selvagem que provavelmente é o antepassado dos carneiros modernos e domésticos. A sua cor é de um tom marrom-avermelhado, ele ainda possui uma listra escura na sua lateral e tem áreas brancas na lateral e também em seu ventre.

A diferença entre machos e fêmeas é que os primeiros possuem os chifres que são característicos do Muflão. Esses chifres são recurvados e podem chegar a medir 1,25 metros de comprimento bem como ter 0,70 metros de altura. O peso desses chifres é impressionando ficando entre 40 e 50 kg. A pelagem desse animal é curta e se torna mais espessa durante o inverno. Hoje em dia o Muflão é considerado como um animal bastante raro. Para se ter uma ideia esse é o único espécime capríneo cinergético presente em Portugal.

A Origem do Muflão

O Muflão-europeu teve a sua origem no sudoeste da Ásia onde vivia o Muflão-asiático (Ovis orientalis). Os animais foram levados para as ilhas de Rodes, Córsega, Chipre e Sardenha no Período Neolítico. Acredita-se que nessa fase eles foram usados como animais domesticados e após algum tempo voltaram a ser animais selvagens.

O animal então passou a ter como habitat o interior das montanhas, passados alguns milhares de anos houve a evolução em Muflão-europeu (O. musimon ou O. ammon musimon). Apesar de o Muflão ser um animal raro nas ilhas supracitadas existe em boa quantidade na Europa Central em áreas como Hungria, Romênia, Áustria, Alemanha e também em alguns países da Europa Setentrional como a Finlândia.

Reprodução

A reprodução do Muflão é do tipo poligâmica em que um macho que é dominante pode realizar a sua reprodução com várias fêmeas presentes num grupo que constitui o seu harém. Tem ocasiões em que as fêmeas também podem se acasalar com diversos machos. Essa situação pode acontecer quando existe uma alteração de dominância entre os machos ou então quando as fêmeas acabam saindo de um grupo/harém para ir para outro.

Muflão – Como Ele Está Distribuído

A origem do Muflão se deu no Norte do continente africano e ele está distribuído em áreas mais acidentadas e com montanhas em países da região como Chade, Mauritânia, Marrocos, Sudão, Egito, Mali, Líbia, Tunísia, Argélia, Níger entre outros. A espécie ainda foi levada para a América do Norte na região do estado do Texas e também do Novo México durante a década de 1950.

Além disso, esse animal também foi introduzido no Sul da Europa na região da Espanha durante a década de 1970 bem como na Grande Canária onde se tornou uma relevante ameaça a vegetação endêmica. O muflão tem como os momentos mais ativos do seu dia as primeiras horas da manhã e ainda o fim da tarde. Um espécime que se protege das elevadas temperaturas que podem ser sentidas em regiões áridas. Normalmente o muflão é um animal solitário ou podem viver presentes em grupos pequenos que andam juntos buscando alimentos.

Alimentação

O muflão é um animal que se alimenta de arbustos, ervas e ainda de líquenes que ele raspa das rochas. São animais que podem sobreviver somente com a água presente nos alimentos, contudo, se encontrarem uma quantidade abundante de água se jogam nela para beber e tomar banho.

Conservação do Muflão

Uma espécie que é considerada no nível vulnerável de conservação, dentre as ameaças mais iminentes estão os grandes felinos endêmicos da região e o homem que costuma caçar esses indivíduos por esporte e para alimentação bem como para usar a sua pele. Na África, vivendo livremente, existem entre 5000 e 10000 de muflão. Nos últimos tempos a maior parte dos países que tem muflão passaram a adotar medidas de proteção a espécie bem como criaram parques naturais e áreas protegidas.

A Gestação do Muflão

O muflão chega a maturidade sexual quando tem em torno de 19 meses de idade, porém, existem alguns casos de animais dessa espécie em que a maturidade sexual aflorou bem mais cedo. O período de gestação desse animal dura cerca de 160 dias e normalmente ocorre a gestação de um único filhote por vez.

Esse filhote pesa entre 4 e 5 quilos e a desmamada acontece quando o mesmo tem em torno de 4 meses. Nessa fase ele já está ficando independente da mãe. Em geral o muflão tem apenas uma gestação por ano que pode ocorrer entre a primavera e o começo do inverno, se tiver comida disponível.

O Tamanho e o Peso do Muflão

Existem espécimes de muflão com dimorfismo sexual, normalmente, isso ocorre como os machos que são muito maiores e muito mais pesados que as fêmeas. O muflão é um animal que pode medir entre 80 cm e 1 metro pesando entre 40 e 140 quilos, mas tudo depende do sexo do animal e da época do ano.

Muflão – O Carneiro de Marco Polo

Marco Polo é um dos viajantes mais conhecidos da história, o italiano de Veneza realiza as suas excursões durante o século XIII. Numa das cartas escritas por ele pode-se ler: “Os chifres do muflão são tão grandes que os pastores os usam para armazenar alimento.”. O viajante se impressionou com o tamanho dos chifres do muflão que ficou conhecido como o “carneiro de Marco Polo”.

Os chifres do muflão podem chegar a até 1,20 m e acreditava-se que era uma espécie que logo desapareceria por ser caçada demasiadamente pelo homem. Contudo, ainda é uma espécie que pode ser encontrada em quantidade relativamente razoável em algumas regiões. O muflão gosta de viver numa altitude entre 1.200 a 5.000 metros.

As moitas oferecem para esses animais uma alimentação bastante interessante e durante o período de reprodução os machos entram em difíceis batalhas pela fêmea que desejam. Uma curiosidade é que apenas uma hora depois de nascer o filhote já consegue seguir a mãe pelas encostas. Um animal que tem grande presença com os seus grandes chifres e o seu porte robusto.

O Muflão é um mamífero grande da família dos bovinos. É encontrada no centro e ao leste da União Soviética e da China, nas regiões montanhosas. Vivem em uma altitude entre 1,2 km a cinco km. Seus longos chifres no formato de espiral e arredondados podem  chegar a um tamanho de mais de um metro. Pode chegar a um comprimento de mais de dois metros e pesar cerca de 150 a 160 kg.

Alimenta-se de ervas gramíneas, folhas, galhos, vegetação de arbustos que são muito comuns e regiões de montanhas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Grandes

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *