As Espécies de Urso Mais Conhecidas

Os Ursos são um dos animais mais queridos de todo o reino animal, talvez por estarem sempre ligados ao imaginário infantil, especialmente pelo uso dos bichos de pelúcia e também de personagens queridos do grande público, como o Zé Colmeia, Catatau, Urso Panda do filme Kung Fu Panda e ainda muitos outros.

Por isso, esses animais fofos são sempre um dos mais visitados em Zoológicos e exposições, mas apesar de serem lindos, ao menos de longe, são selvagens e merecem todo o respeito, não sendo possível se chegar perto deles sem sofrer diversos ferimentos e mesmo chegar até a correr risco de vida.

Ursos – Ficha Técnica   

Os Ursos pertencem à espécie Ursídea, a família dos mamíferos e são chamados de plantígrados (por andar sobre a planta dos pés), também carnívoros (daí o perigo maior para o ser humano, por serem considerados como presas). A maioria deles possui grande porte, e em pé mede mais de dois metros. Havia grande dúvida de enquadrar o Urso Panda na categoria dos Ursídeos, porém, depois de avançadas pesquisas genéticas, ficou verificado que, de fato, eles pertencem a mesma família que os demais ursos.

Todos eles possuem algumas características básicas, tais como:

  • Pelagem espessa
  • Rabo curto
  • Olfato fortemente desenvolvido
  • Unhas retráteis
  • Animais onívoros

Há a presença de ursos em quase todos os continentes, com exceção do Africano, talvez pode causa do tipo de clima. Porém, há alguns relatos de avistamento do Urso Nandi em terras africanas, mas sem comprovação científica do fato.

Muitas dessas espécies de animais já estão em risco de extinção, algumas delas pela caça, que visa retirar dos animais as garras, que são usadas como amuleto de sorte e ainda a vesícula, muito apreciada pela medicina chinesa. Entre as espécies mais ameaçadas está o Panda Gigante, alvo da caça, como já mencionamos, como também da degradação de seu ambiente natural, especialmente as plantações de bambu, seu alimento preferido.

Espécies de Ursos Existentes no Mundo

Urso Negro

É um animal típico da América do Norte, nessa região devem haver cerca de 750 mil ursos dessa espécie, vivendo especialmente no Canadá, principalmente perto dos rios onde há grande quantidade de salmão, um de seus alimentos preferidos, como também no México e nos Estados Unidos. A maioria deles, ao contrário das demais espécies, já se habituou a presença humana e, em algumas cidades, ninguém se surpreende mais ao ver um urso passeando pelas ruas principais.

Uma curiosidade interessante é o fato de que, em 1902, o então presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt, se recusou a sacrificar um filhote da espécie Urso Negro e então, as empresas de brinquedos passaram a produzir os ursos com o nome de Teddy, apelido carinhoso de Roosevelt.

Urso do Sol

Leva este nome por ter manchas amareladas no tórax, sendo também chamado por dois outros nomes, urso do mel e urso malaio. É conhecido como o menor tipo dentre as demais espécies, e assim como as várias outras, também está ameaçada de extinção. Seu habitat mais comum são as florestas localizadas ao Sudoeste da Ásia, nas quais o calor é intenso o ano todo.

Uma das curiosidades mais estranhas dessa espécie é o fato de que esse animal possui sua pele solta do corpo, possuindo a capacidade de se deslizar dentro dela. Dessa forma, quando é capturado, pode surpreender seu atacante e mordê-lo na parte de trás.

Urso Branco

Também chamado de Urso Polar é um dos maiores das espécies, e pela cor de sua pelagem, vive em lugares que tenha pouco sol, especialmente as regiões geladas do polo norte. Este animal pode permanecer por grande tempo nas bordas de um iceberg até que surja uma caça apetitosa, principalmente as focas, que são grandes fontes de proteína, por possuírem quantidade excessiva de gordura.

O Urso Polar precisa se alimentar em bastante quantidade para manter suas funções vitais, cerca de uma foca adulta a cada onze dias. Por ficarem em lugares extremamente frios, esses animais possuem um manto grosso de pelos, seguidos de uma lanugem e ainda uma camada espessa de gordura, tudo para melhor protegê-los do inverno rigoroso.

Urso de Óculos

Esse urso bonitinho possui seu focinho mais curto que das demais espécies, mas antigamente havia muitas mais que tinham a mesma característica, porém, com a extinção, só restou ele, que vive nas Américas. Ele carrega esse nome por possuir manchas ao redor dos olhos, que acabam formando um óculos. Esta espécie animal tem o hábito de ficar por longas horas do dia em cima das árvores, por vezes dormindo e por outras se alimentando. Há situações em que ele só desce das árvores depois de ter consumido todas as frutas maduras da mesma.

Urso Pardo

Também conhecido como urso escuro, pode ser encontrado em diversas partes do mundo, especialmente América do Norte, Ásia e Europa. Possuem o hábito de hibernar, principalmente no inverno onde a comida é escassa e há muita dificuldade por encontrá-la, por isso, cavam uma pequena toca no chão e lá se aninham por vários meses, às vezes até por sete seguidos.

Urso Panda

Os Ursos Panda, chamados de Pandas Gigantes, vivem em florestas de bambu localizadas no centro e oeste da China e estão na lista dos animais mais raros do mundo, pois possuem apenas cerca de mil animais da espécie no planeta. Eles consomem, basicamente, apenas bambu em sua dieta, e como a planta não é nutritiva, precisam comer cerca de 20 quilos por dia e, por isso, gastam muita energia, mastigando por até 14 horas seguidas.

Urso Tibetano

Conhecido como Urso negro do Himalaia, habita parte das florestas da Ásia, e inclui o Japão, ficando bem tanto em clima quente, como frio. É uma das espécies mais violentas de urso, sendo reconhecidos por seu extremo mau humor, inclusive atacando as pessoas que aproximam, causando grandes ferimentos e até a morte.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Mamíferos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *