Graxaim

Podendo ser encontrado no Norte da Argentina, no Uruguai, no Paraguai ou no Sul do Brasil, o Graxaim pertence à família dos canídeos sendo mamífero e carnívoro. Aqui no Rio Grande do Sul onde é bastante comum é conhecido como sorro, este é um animal que se parece muito com um cachorro comum podendo medir até um metro de comprimento possui uma bela pelagem que é muito cobiçada por caçadores e como é um bicho que volta e meia tende a se aproximar das casas nas fazendas em busca de alimento se torna comum sua caça quando bate em galinheiros a procura de alimento. Seu lindo pelo muda de cor de acordo com a estação do ano e fica acinzentado no inverno e mais amarelado quando chega o verão.

Graxaim

Inteligência e Hábitos de Vida

Se for falar em animais inteligentes, por certo o sorro ou graxaim vai sempre estar entre os primeiros da lista, afinal não é de graça que existem muitas histórias sobre os animais domésticos ou selvagens, que ainda são contadas por nossos avôs em que o sorro sempre se destaca por sua inteligência privilegiada. Um exemplo desta inteligência é o fato de que quando ele está sendo cassado e não encontra saída tem a capacidade de se fazer de morto e quando passa o perigo sai em grande disparada, pois que é muito veloz. O graxaim é um animal de hábitos noturnos, em geral passa os dias escondido no mato ou em tocas e ao entardecer ele sai em busca de alimento. Normalmente vive só, mas pode ser encontrado aos pares em épocas de reprodução que é mais intensa na primavera sendo que o período de gestação varia de 52 a 59 dias. A fêmea amamenta os filhotes por três meses.

Esperto

Hábitos Alimentares

Apesar de viver no mato os graxains são bichos incríveis e não desprezam as oportunidades que surgem nem que para isso tenha de se aproximar do homem o que faz com tranquilidade e astucia. Quando encontra pescadores acampados no mato, em geral ele não tem medo de se aproximar para aproveitar sobras de comida ou mesmo roubar alguma coisa que esteja ao seu alcance. A sua alimentação é muito variada e inclui ratos silvestres, coelhos, mamíferos de pequeno porte, lagartos e rãs. De modo estranho o sorro gosta de cana de açúcar e melão e não perde a oportunidade de saborear ovos, sejam eles de galinha ou de emas quando os encontra em suas saídas noturnas. Quando com muita fome pode comer até mesmo o couro de arreios na hora do lanchinho ou qualquer tipo de carne que encontre. Vivendo próximo a fazendas, os cordeiros também correm grande risco e com isso tem nos fazendeiros um predador violento.

Caça

Um comentário

  1. Há notícias que argentinos analisaram o ingesta dos tubos digestivos
    de 230 carcaças de GRAXAIM e informaram que 25 % do alimento encontrado era de origem vegetal.
    Vocês podem confirmar esta informação?
    Donegana
    CRMVSP 666
    l

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>