Animais Onívoros

Entende-se por animais onívoros os quais se alimentam tanto de vegetais quanto de carne, ou seja, são ao mesmo tempo vegetarianos e carnívoros.

Algumas características dos animais onívoros estão presentes tanto em sua estrutura física quanto demais. Exemplos claros dos animais onívoros estão em uma musculatura facial reduzida, com dentes caninos bem agudos e também com a presença de molares.

Os seres humanos em até certo ponto já foram considerados animais onívoros, contudo essa tendência deixou de existir quando pesquisas de fato apontaram serem os seres humanos condicionados a alimentar-se de acordo com sua cultura local, podendo assim escolher entre alimentos vegetais ou com o consumo de carne.

Exemplo desses Animais

Exemplos bem definidos de animais onívoros estão nos lobos, ursos, entre outros animais que revezam suas alimentações de acordo com hábitos vegetativos como também hábitos carnívoros, dependendo logicamente da região onde vive e das condições que o meio oferece para poder se alimentar.

Curiosidades

É interessante observar que quanto aos animais onívoros há sempre novas formas de se adaptar as várias regiões que habita, principalmente pela sua alimentação mista que permite aos mesmos se alimentar a qualquer momento, em várias opções.

Um exemplo muito óbvio e interesse no sistema dos onívoros está no urso, o qual possui dentes bem afiados para se alimentar de carnes, mas também pode se alimentar de pequenas plantas e insetos e larvas.

Mas ainda em composição à sua alimentação predileta consiste na ingestão de mel, sendo forte o resistente para abrir as caixas das abelhas e não serem picados por apresentar uma pele bem resistente.

Sua Alimentação

Outro exemplo de animal onívoro é a tartaruga que por sua vez alimenta-se tanto de peixes, e outros moluscos pequenos como também pode passar a uma dieta a base de algas, entre outros vegetais e frutos, possuindo dentes resistentes para ambas as funções.

Maiores Características

Entre as maiores evidências e característica que definem o tipo de animal onívoro estão grandes conceitos e definições que foram observadas ao longo da história das pesquisas e observações.

As maiores características estão, por exemplo, em não possuir enzimas digestivas, já que engolem o alimento por inteiro.

Há também a evidência do intestino delgado muito curto, com urina bastante concentrada e unhas afiadas para poder alcançar e caçar os alimentos.

Evidências da Especie

Os indícios de um PH estomacal menor que um também é importante, já que essa grande acidez serve exatamente para que os alimentos de carne possam ser melhores digeridos.

Os seres humanos não podem ser considerados totalmente onívoros, pois exatamente essa função de um PH muito alto não remete a realidade, já que nós nos assemelhamos aos herbívoros, com baixo PH e também pela presença de um intestino longo e mais apurado.

Por: Patrícia Contiero

17 comentários

  1. esses animais quem quer ser muito alimentados etc.E tambem BONITOSsssssssssssssssssssssssss

  2. essa ultima foto nao me e nada convencional :P

  3. nao vi nada de bonito

  4. que fofo eles

  5. que feio tiu

  6. que feio não gostei não e mesmo meus fãs

  7. Gostei muito do texto e das fotos expostas. Me ajudou bastante.

  8. as fotos me ajudam bastante:)

  9. Gostei das informações. Continuem a trabalhar para que as pessoas possam ainda mais acessar melhores e completas tanto informações quanto conhecimentos.

  10. esses animais sao feios de doer

  11. eu acho os animais muitos nojentos

  12. Não Achei O Que Eu Queria Msm , Mas Ajudou ! ;D Lindoos Esses Bears :*

  13. Adoreiiii!!!Entrei para uma pesquisa escolar e me interresei muitooo mais!!!!!!!!!!!

  14. Queria ter um!!!!!!!!!;)

  15. eu gostei muito me ajudou muito na meu trabalho da feira de ciências

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>