Elefante Marinho Atleta

Os animais podem ser surpreendentes, muitas vezes nos pegamos maravilhados por uma atitude ou mesmo por descobrir que aquele cãozinho ou gatinho consegue fazer algo extraordinário. Por trás dessas ações sensacionais dos animais está o trabalho de adestramento. A seguir vamos explicar um pouco melhor como funciona esse trabalho.

Um exemplo bem interessante de animal que foi adestrado para fazer coisas incríveis é o elefante marinho atleta. O animal faz exercícios físicos junto com o seu adestrador, com certeza esse resultado foi obtido com muito trabalho, perseverança e carinho. Vamos descobrir mais sobre o trabalho de adestramento, confira o vídeo.

Adestramento – O Que é?

O adestramento consiste basicamente em ensinar o animal a atender a comandos. A base para que o adestramento ocorra da melhor maneira possível é o respeito e a educação que se dedica para com os animais. Em geral quando o adestramento é feito com filhotes se mostra mais eficiente.

Um dos principais segredos em relação a adestramento é a educação do animal, ou seja, a maneira como o adestrador se preocupa em lhe ensinar o básico. Quanto mais cedo é iniciado o aprendizado por parte do animal mais fácil será dele apreender o necessário. Pense da seguinte forma, um cão que está sendo adestrado é quase como uma criança que está indo pata a escola.

A criança faz exercícios para fixar e aprender melhor a falar e a escrever. Conforme a criança cresce e avança nos anos escolares mais conhecimento possui. Os animais, em especial os cães, que são adestrados também tem o conhecimento fixado por meio de prática.

Instinto

Os adestradores profissionais recomendam que o adestramento seja feito sempre de acordo com o instinto dos animais. Não se deve nunca usar de violência na busca de adestrar o animal. Durante algum tempo os adestradores de cães usavam técnicas que se valiam de reforço negativo, ou seja, quando o animal fazia algo errado era castigado.

Hoje em dia se sabe que isso não traz bons resultados e já se usa o reforço positivo que consiste em dar uma recompensa para o cão quando ele cumpre os comandos. Os animais que são bem adestrados obedecem os seus donos por amor, respeito e nunca por medo. Jamais se deve usar a violência para fazer imposições aos animais.

Por Que Adestrar os Animais?

O adestramento é bastante útil em especial para quem tem cães, trata-se de um processo que aproxima o dono e o animal. Quando o cão passa pelo adestramento se torna mais fácil realizar atividades simples com ele como passear sem que ele puxe a guia, por exemplo.

O aprendizado que o adestramento oferece para os cães é muito interessante para diversos tipos de atividades. O dono pode se sentir em mais segurança ao ter um cão adestrado ao seu lado. De várias formas o adestramento é muito positivo e pode contribuir para uma convivência mais afetiva e tranquila.

Linguagem Corporal

Os cães compreendem tudo que é colocado de forma clara para eles em especial no que concerne a linguagem corporal. O adestramento funciona como uma forma de educar os cães por voz de forma que possamos ensinar para cada eles o que significa cada palavra. Os acertos são premiados e os erros são repreendidos através do uso da postura corporal.

Dentre as formas de ‘punição’ estão a expressão facial, gestos, postura do corpo, mas jamais gritos ou violência. Basicamente para que o adestramento ocorra da maneira correta é necessário que o ‘não’ nunca seja acompanhado de qualquer tipo de agrado e que o ‘sim’ seja sempre reforçado para que o entendimento aconteça da melhor maneira.

Ao fazer isso os cães entendem claramente o que estão fazendo certo e o que estão fazendo errado. Os cães tem o desejo de agradar aos seus donos e dessa forma aprendem através do uso da linguagem negativa. Por isso reforçamos que nunca se deve usar o não junto com um agrado, pois isso confunde os animais.

Esqueça o Talvez

Um cão não entende a expressão talvez, ou é sim ou é não. O adestramento permite que sejam ensinados para o cão comandos específicos de maneira que não haja conflito. Por exemplo, um cão que gosta de pular no dono, não tem como ensinar para o animal que num dia pode e no outro não. O que pode acontecer é ensinar que pode pular ou não pode pular, não existe a ideia de talvez possa.

Se ele pular uma vez e você deixar vai querer pular sempre, esse pode ser um grande problema no futuro. Com o adestramento podemos ensinar aos cães comandos como “pula” e “vem no colo”. Usamos esses comandos quando eles puderem pular e vir no colo. Não existe a necessidade de ensinarmos um talvez, eles nem aprenderiam. Quando o dono entende como funciona o entendimento de um cão tudo se torna muito mais simples.

Dicas de Adestramento

Cão Que Pula nas Visitas

Uma das grandes dificuldades que muitas pessoas tem com os seus cães diz respeito ao fato de que os amigos de quatro patas gostam de pular em cima das visitas. Mesmo que o seu cão seja pequeno e as suas visitas não tenham medo não é muito agradável ter um cão que pula em todo mundo.

Os cães que pulam sobre as suas visitas querem na verdade dar e receber atenção de maneira que a melhor forma de inibir esse comportamento é dizer para as suas visitas darem as costas para o animal assim que ele for pular. O cachorro se sentirá ignorado e vai deixar de pular uma vez que entendem que não está agradando.

Cães que Puxam a Guia

Em geral os cães que puxam muito a guia o fazem em especial porque tem muita ansiedade pelo passeio ou então acreditam que são dominantes em relação aos seus donos. Quando o motivo de puxar a guia é a ansiedade o cão para de fazer isso logo após o primeiro quarteirão.

Nos casos em que o cão demora para cansar o melhor é jogar uma bolinha alguns minutos antes de sair para que ele se canse. Os cães são animais de matilha e toda matilha precisa estar organizada. O dono não pode deixar que o cão acredite ser o alfa então quando sair passear deixe-o do lado esquerdo e mantenha sempre uma perna a frente do cão.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Incríveis

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *