Hospedagem De Animais

E nos momentos em que precisamos viajar, como fazer com os animais de estimação? Quem ama seu bichinho de estimação sofre em ter que deixar, e em muitos casos deixa de viajar, pois o animal não é bem vindo para onde se quer viajar. Sim, existe gente que ama os animais ao ponto de abrir mão de uma viagem para não deixá-lo sozinho.

Viajar Ou Não Viajar: Eis a Questão

Quem tem animal de estimação fica atormentado quando precisa viajar, pois muitas vezes não pode levar seu bichinho, assim é necessário que se providencie um local para ele ficar hospedado. É preciso designar uma pessoa responsável para cuidar do seu animal, para alimentar, brincar  passear, além de verificar se ele está bem durante o período em que você estiver fora.

E Surgem Alternativas

Atualmente encontramos hotel (pet) para hospedar seu bichinho, porém precisamos tomar cuidado na hora de escolher o melhor local, apropriado para deixar seu amiguinho.

Para cães existem hotéis com canil externo e também interno, é muito importante que o animal fique adaptado, e para que ele se adapte mais fácil, é conveniente conhecer o local para que ele se acostume com o ambiente, faça uma averiguação do local veja se é seguro, o seu conforto, se tem gaiolas, mas lembre-se que trancar um animal numa gaiola pode lhe causar estresse e deixá-lo doente.

Além dessas particularidades, o recinto precisa ser higienizado, precisa ter atividades para todos os tamanhos de cachorros e que tenham lazer e distração em todos os dias de sua hospedagem, precisa ter segurança, monitoramento feito por especialistas treinados e por veterinários, que devem estar sempre disponíveis para quaisquer problemas que possam acontecer com eles.

Os gatos não gostam que sua rotina seja alterada, por isso faça uma experiência deixe seu bichinho por meio dia ou uma noite no hotel para se acostumar e não estranhar a presença de outros gatos ou animais, geralmente eles ficam hospedados em gatis, onde simulam o ambiente de sua casa, lá pode ter camas, prateleiras, até janelas com rede de proteção para não fugir, e possa observar a paisagem, também é necessário bolinhas, túneis, brinquedos e caixas, tudo o que for necessário para deixá-los entretidos.

Escolhendo o Melhor Local

É muito importante escolher um local onde seu animal tenha atividades para se divertir, se tem áreas livres onde o animal possa brincar, correr, onde possa passear e tomar banho. Se seu animal está feliz ele vai dormir direito e não ficará com saudades.

Precisamos também ter cuidado com sua saúde, assim verifique com o proprietário se tem casos de doenças graves, viroses, raiva, que possa ser transmitidos para seu animal, lembre-se também da aplicação de vermífugo e de antipulgas, para evitar a contaminação entre os animais.

Se seu animal tem alguma doença avise aos responsáveis e deixe o numero de contato do seu veterinário para qualquer problema, leve também a ração que seu animal está acostumado a comer. Pois quando a ração é trocada podem aparecer doenças como: vômitos, diarreias e problemas intestinais.

Você também pode levar alguma bagagem como sua caminha, uma camiseta do seu dono (com cheiro), ossinhos para roer, biscoitos, bifinhos, snacks, tudo isso com o objetivo de deixar seu animal confortável e sua adaptação será mais fácil.

Você também precisa visitar o hotel ou o lugar de sua hospedagem sem avisar para verificar as condições do local e avaliar se é o local está de acordo com suas necessidades, se é o melhor local para o seu pet, e ele já vai ficando acostumado com o ambiente.

Saiba que um local bonito, com preços elevados não quer dizer que seja um local de qualidade, procure saber como será sua hospedagem, ele ficará em gaiola? Ficará em um quarto? Ficará sozinho? Ou o quarto é coletivo? Ele poderá ficar com seus brinquedos? Ele ficará solto durante o dia? Ficará com outros animais? Os outros animais são mansos? Terá vigilância? Como será o tratamento que ele receberá, nós teremos muitas interrogações sobre sua hospedagem, como é feita a limpeza dos ambientes, quais os produtos que são utilizados, é importante saber tudo isso, pois ele precisa encontrar um ambiente muito parecido com o seu lar.

Os hábitos do animal devem levados em conta, o hotel precisa seguir os hábitos do pet, sua alimentação precisa ser no horário de costume e com a sua ração adequada, dessa forma combine com o responsável do hotel que você vai levar a ração preferida do seu bichinho, se seu animal for idoso ele necessita de alimentação especial ou uma comida diferente, comprove se os animais têm vacinas em dia e se eles estão protegidos com produtos para carrapatos e pulgas.

Mais Alternativas

Você também pode deixar seu animal em casa, consiga uma pessoa que seja responsável pelo seu animal e que fique a sua disposição para lhe fazer companhia, e realizar as tarefas necessárias para seu pet, se você não tiver uma pessoa contrate um Pet sitter (responsável pelo o animal), faça sua escolha pensando no seu animal, no que é melhor para o bicho, onde ele sofrerá menos stress.

Se você escolher deixar seu bichinho em casa, contrate uma pessoa responsável, que tenha tempo disponível para fazer companhia ao seu pet, encontre um pet sitter, este serviço está se tornando popular e já encontramos em vários estados do Brasil.

Lembre-se que animais que ficam longe dos donos podem ficar tristes e podem parar de se alimentar, o que vai motivar várias complicações. Você também pode deixar seu animal na casa de um parente ou de um amigo. Você também pode levar seu animal para viajar com você assim procure um hotel que permita animais, ou alugue um apartamento por temporada.

Levando o Bichinho

Não se esqueça de que seu animal precisa viajar dentro da caixa transportadora.  A caixa transportadora deve ser familiar ao bicho de estimação e é necessário acostumá-lo com ela desde cedo. Para isso, coloque seu animalzinho dentro da caixa alguns dias por semana, junto com os brinquedos favoritos, além de ração e água. Assim, o bicho entende que o lugar é seguro, confortável e evita problemas na hora da viagem. Não é aconselhável alimentar o animalzinho logo antes da viagem ou durante o percurso. Viajar de estômago cheio pode gerar desconforto para seu bichinho.

Com essas dicas você pode viajar mais tranquilo, basta escolher um local sério e responsável para que seu animal fique confortável, se for possível levá-lo, faça, mudar de ares para ele no inicio pode parecer estranho, mas com a sua companhia ele gostará!

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *