Como Colocar Limites No Cachorro?

Para muitas pessoas o animal de estimação é um grande companheiro, visto por muitos como um membro da família. O carinho e a dedicação com os animais de estimação é muito importante para que os bichinhos se sintam acolhidos e felizes, porém, quando essa atenção passa a ser mimos em excesso pode ser que comecem a surgir problemas de convivência com o pet.

Gostar e dar amor para o seu animal de estimação é fundamental, mas antes de qualquer coisa é essencial dar-lhe limites e boas maneiras. O seu amigo de quatro patas precisa saber se portar diante de visitas em sua casa, por exemplo, para que haja um mínimo de boa convivência. Quem está com dificuldades em colocar limites no seu cachorro vai gostar das dicas a seguir.

Animais Mimados Que Assumem o Controle

Um cachorro mimado demais pode começar a entender que controla as ações do seu dono. É possível saber que a situação saiu de controle quando o dono sai para se divertir sozinho e o pet começa a ter ataques de ansiedade causando transtorno para os vizinhos.

O que muitas pessoas não compreendem que é da natureza do cachorro viver em bandos, isso não se perde por ele ser um animal doméstico e dessa forma o dono é visto como um membro desse grupo.

Para os cães é importante ter um líder, sendo assim uma maneira eficaz de controlar a situação é se mostrar sempre tranquilo e com autoridade. O dono do pet não pode deixar que sua voz demonstre que ele está com medo de dar comandos ou mesmo que não está capacitado para o ser o líder.

Ensinando Boas Maneiras

A melhor forma de garantir que o seu pet tenha boas maneiras consolidadas é ensiná-lo desde cedo. Os animais tendem a memorizar somente os comportamentos que resultam em algo positivo, sendo assim é interessante educar o seu cão através de recompensas como petiscos ou ração.

Também é necessário que as boas maneiras ensinadas ao cão façam parte do seu dia a dia. Um exemplo prático é quando você chegar em casa e encontrar a sua espera um cão agitado esperar ele se acalmar para somente depois lhe dar carinho e atenção. Uma atitude simples que contribui para o processo de aprendizado de boas maneiras pela quebra do ciclo de dominância do animal sob o seu dono.

Ressaltamos que em nenhum caso é aceitável que se tente adestrar o pet com atitudes violentas, pois isso resulta apenas num cão estressado e agressivo. Sem contar que quando você resolve ter um animal de estimação quer um companheiro para dar carinho e não alguém em quem descontar suas frustrações.

A partir do momento que o homem e o animal passam a se entender mutuamente o dia a dia de convivência se torna mais prazeroso o que torna o vínculo de amizade ainda mais forte.

http://www.youtube.com/watch?v=dew1xU5vntM

Não Exagere

Sabemos que você ama o seu cãozinho, algo muito bom, mas não pode deixar que isso se transforme em exageros. Não se deve dividir o seu prato de comida com o cão, deixar que ele durma na sua cama ou mesmo que ele se aninhe no sofá tomando conta. Basicamente pense que nem sempre é possível deixar que o animal durma na sua cama, mas ele não entende porque um dia pode e outro não.

Quando o dono se torna muito permissivo o cão tende a pensar que ele é o líder da situação e não irá mais obedecer os comandos recebidos. Outro ponto importante de observar em relação aos cães é que nas matilhas é sabido que o líder tem acesso a comida antes que os demais então o cão precisa entender que cabe ao dono definir em que momento ele irá se alimentar.

O cão também precisa ter um espaço somente dele no apartamento ou casa para que não fique acostumado a ficar no sofá. Pense que quando você receber uma visita pode ser bem incômodo que o seu cão fique subindo para sentar no sofá junto.

Dicas De Adestramento

Adestrar o seu cão é bem mais fácil com algumas técnicas simples. Confira a seguir algumas dicas que podem fazer toda a diferença.

Liderança – O cão precisa ter bem claro que o líder é você e não ele.

Seja Firme – Não adianta nada ceder sempre que o cão faz uma carinha doce ou de piedade.

Elogios – Elogiar as boas condutas do animal é bem importante, mas é necessário saber que não se deve dizer o quanto ele é lindo quando está roendo o seu estofado, por exemplo. Elogio bom é aquele que tem hora certa para acontecer.

Tom de Voz – Quando for dar um comando com o objetivo de correção de alguma atitude errada é importante que haja uma postura firme de autoridade e um tom de voz que demonstre o seu desapontamento. O cão não entende as palavras que você diz, mas entende quando o tom de voz é positivo ou negativo.

Cuidado Com o Não – Não use muito a palavra ‘não’ para que ele entenda que se trata de uma palavra dita quando ele está realmente fazendo algo errado.

Leve-o Para Passear – Grande parte do sentimento de ansiedade de um cão se deve ao fato de não sair, ou seja, ficar preso dentro de casa. Quando você passa a levar o animal para dar uma volta na quadra, que seja, ele começa a se sentir mais calmo e se torna menos ansioso.

Tenha Uma Rotina – O cão tende a se comportar melhor quando tem uma rotina pré-estabelecida. A dica é ter um horário fixo para lhe dar comida, levar para passear, brincar e também para colocá-lo para dormir.

Ignore – Quando o cão não para de latir e fazer bagunça por atenção o melhor a fazer para impor limites é ignorá-lo. A partir do momento que você o ignora ele entende que está se comportando mal porque não recebe a sua atenção como recompensa. Assim que ele ficar mais calmo seja carinhoso lhe fazendo um cafuné, por exemplo, ele entenderá como uma recompensa pelo bom comportamento.

Dê Amor – Não existe nada que seja mais importante e que crie um vínculo mais forte com o seu cãozinho do que lhe dar amor, tenha um tempo para ele.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • inteligente o conteudo

    Anônimo 8 de abril de 2015 14:28

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *