10 Dicas Para Cuidar Bem Do Animal De Estimação

Um animal doméstico é como um filho. Ele pode não exigir menos cuidados e bem menos gastos que uma criança (lembre dos estudos, hotelzinho, fraudas e os presentes de aniversário e dias da crianças), mas ainda assim merece toda a atenção possível para ter uma qualidade de vida e poder acompanhar seu dono por muitos anos.

Por mais que seja responsabilidade, cuidar de animais domésticos não é tão difícil como você pensa. Os gastos são relativamente baixos se você conseguir manter seu animal saudável. Você pode também dar qualidade de vida ao animal e ainda proporcionar felicidade, apenas com medidas simples e baratas.

Leve Seu Animal Para Acompanhamento Médico

Você vai sempre ao médico para check up? Se não vai deveria, e deve fazer o mesmo com seu pet. Os animais domésticos podem ter diversas doenças curadas ou prevenidas apenas com uma visita ao veterinário constante. Como eles costumam ser mais resistentes que os humanos, se não houver sinais clínicos, uma visita ao veterinário a cada seis três meses será o suficiente.

A visita ao veterinário pode tanto resolver problemas mais simples, como sinais clínicos de problemas estomacais, inflamações no olho e na pele, como problemas mais sérios, como identificar tumores e outras doenças que podem levar ao óbito do animal. Um dono experiente pode sim cuidar do animal e saber identificar doenças mais graves, mas nada substitui um trato médico de fato.

Dê Ao Animal Um Local Para Ele Dormir Com Conforto 

Isso evita que seu animal suba em alguns objetos e faz com que ele se sinta mais confortável. Todo mundo se sente mais em casa, mais seguro e mais tranquilo quando ganha uma cama para dormir, não é mesmo? Este é bem o caso do seu pet. Os animais com cama própria e seu cantinho com brinquedos também se sente mais seguros, por isso fogem menos.

Cuide Da Higiene Do Animal

Tudo bem, seu pet não vai tomar banho duas vezes por dia ou mais, mas ele precisa de tanto carinho e bons tratos com relação ao banho, tosa e cortar as unhas como você. Sujo, um cão, por exemplo, é bem mais propício a contrair doenças como pulgas, carrapatos, inflamações na pele e pode ficar doente seriamente. Também irá ter mal cheiro e pode se arranhar e se ferir bastante porque está sujo, coçando-se, e arranhando com unhas grandes.

Se for um gato, os banhos podem nem existir porque este animal é auto limpante. Mas se for um cachorro, o melhor é manter os banhos semanais ou de acordo com a necessidade do animal. Se ele se sujar bastante hoje, pode precisar de um banho mais reforçado. Cada pet pede uma higienização diferente, e você deve buscar o melhor método para cada animal.

Cuide Da Alimentação Do Bichinho e Dos Horários Das Refeições

O primeiro passo é buscar a alimentação correta, seja ela natural ou uma ração. Cada animal doméstico pede um tipo de ração e de nutrição diferente de acordo com a idade. Obedeça essa variação para garantir uma melhor nutrição do animal.

Uma alimentação regrada também é importante para certos animais. Alguns conseguem viver muito bem com uma vasilha cheia e sabem comer em horários corretos. Já outros bichos (como algumas raças de cachorro) precisam de um horário, tanto para a sua educação como para refeição.

Leve Seu Bichinho Para Passear Se For Preciso

Gatos odeiam passear, mas cachorros não conseguem viver em ambiente fechado por muito tempo sem se sentirem estressados. Por isso é importante obedecer a necessidade de cada animal e ter um tempo para ele desestressar. Uma hora de passeio com seu cachorro vai mudar bastante a qualidade de vida e evitar que ele destrua alguns objetos da casa por puro estresse. É uma ótima dica para quem ainda está aprendendo a cuidar de pets.

Eduque Seu Animal a Fazer Suas Necessidades Em Apenas Um Local

Seja ele de pequeno, médio e grande porte, e limpe o local. Além do aroma fétido causado por urina e fezes de animais, os moradores da casa podem ficar doentes e os próprios animais podem adoecer por ficar em contato constante com seus dejetos. Por isso uma limpeza a cada vez que o animal fizer suas necessidades é o indicado.

Eduque Seu Animal

Com comandos simples, mostrando onde ele deve comer, suas necessidades e como não destruir seus itens da casa. Muitos animais domésticos podem ser educados com comandos simples e você não gasta nada por isso. Também é importante para a saúde do animal, pois ele pode comer objetos errados e alimentos que não são bons para a sua nutrição.

Avalie Uma Castração

Dependendo do animai doméstico e quantos animais de rua há por perto, será a melhor pedida para você. Pode não ser saudável também para o animal excesso de gravidez, deixando o bicho doente e o processo de engordar e emagrecer. Caso você não sabia, poucas coisas podem impedir seu animal de cruzar se ele estiver no cio, em especial com gatos. Os felinos vizinhos vão dá um jeitinho de entrar na sua casa e pegar seu animal.

Identifique o Seu Animal

Na coleira, com uma joia ou com micro chip. Caso ele perca o caminho de casa ou alguém deixe a porta aberta sem querer, um possível encontro com outro adulto pode resgatar seus animais. É mais seguro e ainda garante a sua volta para casa.

Evite Deixar Seu Animal Sozinho

Se você for viajar, o melhor é deixar seu animal em um hotel ou aos cuidados de um amigo. Ele vai ficar estressado, pode derramar a sua vasilha de alimentos e se recusar a comer o produto e ainda ficar agitado e violento pelo tempo de confinamento. Também não vai ter humanos para brincar, e nem banho e tosa. Isso é crucial para raças peludas. Se o período de viagem por longo, invista em um hotel ou peça para um amigo cuidar do seu animal por um tempo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *