Animais Ariscos: Alguns Animais Não Podem Ser Domesticados

Cães, ovelhas, porcos, vacas e cavalos. Todos esses animais e alguns outros têm sido fundamentalmente alterados em sua rotina diária e costumes por seres humanos para tornar nossa vida melhor.

A domesticação alterou fundamentalmente o curso da história humana, remodelando espécies para atender nosso novo estilo de vida agrícola. Mas como tirar uma espécie do meio selvagem e transformá-la em um animal dócil? Por que animais como cães ou cavalos podem ser domesticados, enquanto seus parentes próximos, como raposas e zebras permanecem teimosamente selvagem? Isso tem relação com alguns animais serem ariscos.

O Que é a Domesticação?

A domesticação é quando os seres humanos unem espécies de animais e, através de cruzamentos seletivos, transformam as espécies em algo benéfico para os seres humanos. Historicamente houve três principais razões pelas quais os seres humanos domesticarem. A primeira é a criação de uma fonte de alimento, já que nossos ancestrais selvagens de vacas a transformaram em gado. A segunda é a de aproveitar os animais para o trabalho, que pode ir de transporte ao uso em guerra, sendo os cavalos o exemplo mais óbvio disso, e a  domesticação que cria animais de estimação e companheiros para os seres humanos. Os cães são um grande exemplo disso.

Quando pensamos em domesticação, pensamos tipicamente em animais, mas as plantas também podem sofrer um processo de domesticação bastante radical. Algumas espécies de plantas permanecem praticamente indistinguível de suas formas selvagens. Como animais, plantas domesticadas podem servir a dois propósitos: para a alimentação e para decorar casas.

É fundamental distinguir entre domesticação e domar. Um animal selvagem pode ser domado se for capturado jovem e criado com muito cuidado e carinho humano. Mas esta é estritamente uma característica adquirida, e um único domar faz toda a espécie domesticada.

O Que Seria Um Animal Arisco?

Dizemos que um animal é arisco quando ele não pode ser domesticado pelo homem. Não pode conviver com o homem de forma pacífica. São animais considerados violentos, que no convívio com o homem acabam por atacar ou causar algum mal.

Os animais ariscos mais conhecidos são aqueles que podem ser talvez encantados mas jamais domados: as cobras. Cobras não possuem afeição por seu dono e sempre que se sentirem ameaçadas vão atacar, mesmo que seja a mão que a alimente. Os animais ariscos não costumam viver entre os homens. Dizem que todos os animas selvagens são ariscos e podem atacar a qualquer momento.

Alguns animais considerados domésticos, quando criados entre outros animais bem violentos, podem se tornar ariscos também. Exemplo: os cachorros. Se longe da presença humana, o animal se torna violento porque seus instintos de caça se aguçam, e ele pode tranquilamente atacar um humano. O mesmo vale para gatos, coelhos, ramster e outros animais que sejam dóceis naturalmente mas não estão acostumados com o ambiente humano.

O Que Torna Um Animal Possível Domesticar?

O animal precisa ser capaz de comer coisas diferente e estar disposto a viver com os restos de seres humanos. Se os animais são capazes de comer seres humanos, ele é arisco e pode não ser possível domesticar. Isso também faz com que os carnívoros rigorosas tanto mais difícil de domesticar do que outros animais, como os seres humanos compromete a fornecer uma fonte de alimento pronto de outros animais para comerem.

Os animais precisam crescer rápido, ou pelo menos, mais rápido do que os humanos. Não há muito sentido em tentar domesticar espécies de vida longa como elefantes e tartarugas, pois ele pode levar vários anos antes de serem domesticados, muito mais que os homens.

Os animais devem estar dispostos a se reproduzir em cativeiro. Qualquer criatura que exige uma grande quantidade de território aberto para produzir são candidatos domesticação terríveis e se classificam como ariscos.

Os animais têm de ser naturalmente agradáveis. Um animal risco é imprevisível ou mal-humorado e vai ser perigoso tentar manter o bicho em ambiente fechado em uma pequena área. É possível encontrar alguns animais domesticados sim mesmo sendo considerados ariscos, mas são casos raros. Há relatos de um leão que foi domesticado por biólogos na África e sentem saudades dos seus donos.

Não é só simpatia que tira o animal da classificação dos ariscos, eles precisam ter calma  também. Animais ariscos constantemente tentarão escapar, e pode ser quase impossível controlá-los, mesmo que a fuga seja impossível. Você pode manter um leão em sua casa e ele não te atacar por afinidade com o dono, mas nada impede que ele ataca outra pessoa, pois seus sentidos selvagem se sobressaem.

Os animais que não são ariscos precisam estar dispostos a reconhecer os seres humanos como os seus novos mestres, o que significa que eles devem ter uma hierarquia social flexível. Isso não é possível com cobras, raposas, zebras, tubarões e outros animais. Mas é conseguido com gatos, cachorros, baleias, golfinhos, e outros.

Alguns Animais São e Sempre Serão Ariscos

O mais notável sobre animais ariscos é que alguns animais que parecem quase indistinguíveis de seus colegas domesticados podem revelar-se incuravelmente selvagens. A diferença entre as raposas e os cães não é grande, mas a raposa jamais será domesticada. Porcos domésticos parecem muito com porcos da selva e javalis, mas jamais tente colocar um javali em casa. E mesmo parecendo com cavalos, domar zebras é impossível. A espécie tem se mostrado completamente impossível de domesticar.

O Que Acontece Se Você Tenta Domar Um Animal Arisco?

As espécies domesticadas tornam-se menores e mais burras do que suas parentes selvagens. Animais domesticados gastam pouca ou nenhuma energia na coleta de alimentos, pois sempre têm comida e de qualidade inferior ao que eles poderiam encontrar na natureza. Isso significa que não há nenhuma razão para que os animais cresçam mais do que o necessário.

O tamanho do cérebro de animais domesticados é menor. Isso porque tais animais não estão sob qualquer pressão da sobrevivência real, o que significa que não há seleção para os mais inteligentes, os animais mais aptos.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *