Cuidados Especiais Com Animais Na Terceira Idade

Devido à melhoria dos cuidados veterinários e de hábitos alimentares, animais de estimação estão vivendo mais agora do que nunca. Uma conseqüência disso é que os animais, juntamente com os seus proprietários e veterinários, são confrontados com um novo conjunto de condições relacionadas à idade. Nos últimos anos tem havido uma extensa pesquisa sobre os problemas enfrentados pelos animais mais velhos e como seus proprietários e veterinários podem lidar melhor com suas necessidades especiais.

Quando Um Animal De Estimação Pode Ser Considerado Velho?

Isso varia, mas os gatos e cães pequenos são geralmente considerados geriátricos na idade dos sete anos. Cães de raça maiores tendem a ter mais curtos períodos de vida e são considerados geriátricos quando estão com cerca de 6 anos de idade.

Os proprietários tendem a querer pensar da idade de seu animal de estimação em termos humanos. Embora não seja tão simples como “um ano humano = X de cães e gatos”, existem cálculos que podem ajudar a colocar a idade de um animal de estimação em termos humanos. O primeiro ano do gato corresponde a 16 anos humanos, mas depois do primeiro se soma quatro anos de um animal em relação ao humano. Um ano de cachorro corresponde a 7 anos de vida de um homem.

Problemas De Saúde Comuns Aos Animais Idosos

Animais domésticos idosos podem desenvolver muitos dos mesmos problemas observados em pessoas mais velhas, como a câncer, doença cardíaca, problemas nos rins, doenças hepáticas, diabetes, doença articular ou óssea, senilidade e fraqueza.

Como Cuidar De Um Animal Idoso Em Casa

Converse com seu veterinário sobre como cuidar de seu animal de estimação mais velho e como estar preparado para possíveis problemas de saúde relacionados com a idade. Pets idosos requerem maior atenção, incluindo visitas mais frequentes ao veterinário, possíveis mudanças na dieta e, em alguns casos, alterações no  seu ambiente doméstico. Aqui estão algumas considerações básicas quando cuidam de animais mais velho:

Aumente a Frequência De Visitas Ao Veterinário

Animais domésticos idosos devem ter visitas ao veterinário semi-anuais em vez de visitas anuais para que se possa identificar sinais de doença ou outros problemas que podem ser detectados precocemente e tratados. Exames de animais idosos são semelhantes aos de animais mais jovens, mas com maior profundidade, e podem incluir atendimento odontológico, exames de sangue e controle específicos de sinais físicos de doenças que são mais comuns em animais mais velhos.

Cuide Da Alimentação Do Animal

Animais geriátricos muitas vezes precisam de alimentos que são mais facilmente digeridos, e têm diferentes níveis de calorias e ingredientes e nutrientes anti-envelhecimento. São rações especiais que podem suprir suas perdas ao longo do dia, que podem ser maiores que em animais mais novos. Eles devem receber um alimento especial de acordo com a idade e todos os cuidados possíveis.

Nos animais mais velhos é especialmente perigoso dar comida de humanos. Elas são gordurosas demais para eles, por isso é recomendado uma nutrição especial para tais animais como rações de leite que são mais fáceis de serem digeridas, mas não as para filhotes, e sim as voltadas para animais mais velhos.

Controle o Peso Do Animal

O ganho de peso em cães mais velhos aumenta o risco de problemas de saúde, enquanto a perda de peso é uma preocupação maior para os gatos idosos. Os animais devem ser pesados com frequência e se sua dieta é a mesma mas o peso continua subindo, é importante acompanhamento médico para encontrar o problema. O animal pode não estar eliminando os nutrientes de forma adequada e absorvendo de forma espantosa alguns itens de sua alimentação, por isso é essencial um acompanhamento especializado.

Faça Um Controle Especial Dos Parasitas No Animal

O sistema imunológico dos animais de estimação mais velhos não são tão saudáveis quanto os de animais mais jovens. Como resultado, eles não podem combater doenças ou se curar tão rápido como animais mais jovens. Pulgas e carrapatos podem ser fatais em tais animais, por isso é essencial o cuidado constante com o bicho.

Os Animais Mais Velhos Precisam De Exercícios

Tal como acontece com as pessoas mais velhas, manter animais mais velhos movimentando-se através de exercícios adequados ajuda a mantê-los saudáveis e a melhorar a sua mobilidade quando idosos, evitando dores de artrite também, doença comum em pets velhos.

O ideal é tentar manter passeios diários, mas observe se seu animal está suportando a carga. Animais muito idosos podem sentir dores quando forem convocados a passear em longas distâncias e devem cansar rapidamente. Quanto mais velho for o animal, mais curto deve ser seu passeio. Leve consigo água também para que ele possa de nutrir ou passe por uma fonte natural para que o animal possa se refrescar.

Cuide Da Vacinação

A necessidade de vacinação do seu animal de estimação pode mudar com a idade. Converse com seu veterinário sobre um programa de vacinação de seu animal de estimação geriátrico. Ele pode precisar de vitaminas, mais medicamentos para prevenir doenças e mais cuidados constantes.

Observe o Comportamento Do Animal

Animais de estimação podem mostrar sinais de senilidade. Estimulando-os por meio de interações pode ajudar a mantê-los mentalmente ativo. Se alguma alteração no comportamento do seu animal de estimação é notada, por favor, consulte o seu veterinário. Isso pode ser ele não encontrar a vasilha de ração com facilidade, esbarrar em coisas da casa que não costumava fazer, não sentir vontade de brincar e outros pequenos detalhes no comportamento que um dono facilmente irá notar.

Antes de quaisquer sinais clínicos tornarem-se aparentes, alterações comportamentais podem servir como indicadores importantes que algo está errado em um animal mais velho, o que pode ser devido a razões médicas ou outras. Como proprietário do seu animal, você tem um papel fundamental na detecção de sinais precoces de doenças, porque você interage e cuida dele e está familiarizado com o comportamento dele e suas rotinas.

Se o seu animal de estimação está mostrando qualquer mudança no comportamento ou outros sinais de alerta de doenças, consulte seu veterinário e anote tudo o que está mudado no bicho.

Mude o Estilo De Vida Do Animal Se For Necessário

Animais mais velhos podem precisar de mudanças em seu estilo de vida, tais como mudar as áreas de dormir para evitar escadas, passar mais tempo em ambientes fechados. Os animais domésticos com deficiência têm necessidades especiais que podem ser discutidas com o seu veterinário ou você pode mudar em casa mesmo para que ele tenha melhor qualidade de vida.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cuidados

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *